Matérias | Polícia


FEMINICÍDIO

Assassino conheceu vítima cinco dias antes de jogá-la pela janela

Ele fazia bico em carga e descarga mesmo estando foragido da justiça

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Gabriela conheceu assassino na casa de amiga 
(Foto: Facebook)
Gabriela conheceu assassino na casa de amiga (Foto: Facebook)


A prisão de J.S.L., de 28 anos, ajudará a Polícia Civil a concluir a investigação sobre o assassinato da farmacêutica Gabriela Alves Grecco, de 34 anos, morta ao ser jogada do sétimo andar de um residencial no bairro Cordeiros, em Itajaí, no dia 14 de março. J. foi preso  no sábado, no estado de Tocantins, e deve ser interrogado por videoconferência ainda nesta semana pelo delegado Eduardo Ferraz, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Itajaí.


Segundo o delegado, a polícia já sabe que J. e Gabriela se conheceram poucos dias antes do assassinato. Vítima e assassino tinham amigos em comum dividindo quitinetes no bairro Cordeiros ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Segundo o delegado, a polícia já sabe que J. e Gabriela se conheceram poucos dias antes do assassinato. Vítima e assassino tinham amigos em comum dividindo quitinetes no bairro Cordeiros. J. morava com o primo e uma amiga de Gabriela era vizinha deles. Os dois se conheceram na sexta-feira, dia 11 de março, cinco dias antes do crime.



No sábado passaram o dia bebendo juntos e na terça-feira ele matou a farmacêutica. “A gente ainda não fez o interrogatório formalmente, mas ele falou para parentes e amigos próximos que ele teria ido para a casa dela, permaneceu a noite toda ali usando drogas, em dado momento pela manhã, ela teria entrado em surto e começado a gritar com ele, a brigar. No meio deste surto, ela teria caído, espontaneamente, da sacada do sétimo andar”, narrou o delegado sobre a versão do assassino.

O delegado Eduardo Ferraz não acredita nesta versão e trabalha com a acusação de feminicídio. “A perícia no local já foi finalizada, mas o perito não conseguiu concluir a causa da queda. Vamos trabalhar com outros elementos para elucidar o caso. O interrogatório dele, dos vizinhos, que ouviram a discussão. Em vários momentos, os vizinhos relataram que ouviram a vítima pedindo para ele sair da casa e ele dizendo que não iria sair. A discussão e o fato de ele ter se evadido do local indicam o feminicídio”, explica o delegado.


Logo após jogar Gabriela do sétimo andar, J. fugiu do prédio usando as sacadas dos apartamentos e as caixas dos aparelhos de ar-condicionado para se apoiar até o chão. Ele fugiu do local e chegou a machucar o pé na fuga.

No dia do assassinato, segundo o delegado, J. ainda permaneceu na quitinete onde morava em Cordeiros. Já no dia seguinte, ele foi para o bairro São Pedro, em Navegantes, e ficou na cidade vizinha até quarta-feira da semana passada. “A gente acredita que ele saiu de Santa Catarina na quarta passada.Como é natural do Maranhão, tem parentes lá, e estava foragido do Distrito Federal, ele estava voltando para o Maranhão”, explica o delegado. J. foi preso no sábado dentro de um ônibus de linha na BR 153, na cidade de Guaraí, no Tocantins.


Fazia bicos em Itajaí

Nos cerca de 30 dias que morou na cidade, J. trabalhou com bicos de carga e descarga. O trabalho não era registrado e ele se apresentava com o seu nome verdadeiro. “Ele se apresentava com o seu nome mesmo, mas se fosse abordado ele usava um documento falso, que inclusive foi apreendido com ele no momento da prisão”, explicou.

Com o interrogatório de J., o delegado pretende finalizar o inquérito policial. Ainda não há confirmação se J. ficará no Distrito Federal ou se será julgado e ficará em Santa Catarina.  Ele estava foragido desde fevereiro deste ano do presídio da Papuda, no Distrito Federal. Ele sumiu após ganhar o benefício de uma saída temporária de sete dias e não retornar mais. Ele cumpria pena por tráfico de drogas.

O delegado confirma que J. tinha várias passagens policiais, mas que a condenação dele atual era por tráfico de drogas. Sobre a afirmação do delegado Anderson Alves, da polícia do Tocantins, de que J. faria parte de uma facção criminosa, o delegado catarinense Eduardo Ferraz diz que desconhece essa informação. Caso o acusado esteja mesmo participando de uma organização criminosa, segundo o delegado Ferraz, isso não acontecia em território catarinense.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Clique aqui para fazer o seu cadastro.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Entre em contato com a redação ❯
WhatsAPP DIARINHO

Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






100.28.227.63

Últimas notícias

Pena: Barra cede o empate ao Cianorte e sai do G4

Série D

Pena: Barra cede o empate ao Cianorte e sai do G4

Domingo tem passeio ciclístico

itajaí

Domingo tem passeio ciclístico

Casal que morreu em acidente de moto na Jorge Lacerda trabalhava em Itajaí

ILHOTA

Casal que morreu em acidente de moto na Jorge Lacerda trabalhava em Itajaí

Internacional recebe o São Paulo em Criciúma

Brasileirão

Internacional recebe o São Paulo em Criciúma

Vereadores liberam a votação de novo Plano Diretor de BC em ano eleitoral

Após quebra-pau

Vereadores liberam a votação de novo Plano Diretor de BC em ano eleitoral

Marcílio bate o Nação e sobe pra terceiro no Catarinense

Sub-20

Marcílio bate o Nação e sobe pra terceiro no Catarinense

Equipe de Navegantes participa do Catarinense de badminton

Estreia

Equipe de Navegantes participa do Catarinense de badminton

Mulher é estuprada, torturada e vira refém de bandidão

PORTO BELO 

Mulher é estuprada, torturada e vira refém de bandidão

Space Soul é entregue com vista panorâmica de Itajaí

Novo condomínio da Procave

Space Soul é entregue com vista panorâmica de Itajaí

EQI está com vagas abertas para o mercado financeiro; saiba como se candidatar

Contrata-se

EQI está com vagas abertas para o mercado financeiro; saiba como se candidatar



Colunistas

Vergonheira sem fim

JotaCê

Vergonheira sem fim

Coluna Esplanada

Vai ter petróleo

Diário do Investidor

O dinheiro te serve ou você serve o dinheiro?

Poder, obsessão e assassinato

Via Streaming

Poder, obsessão e assassinato

Ideal Mente

Você tem fome de quê?

Como o tempo de trabalho rural pode beneficiar sua aposentadoria

Direito na mão

Como o tempo de trabalho rural pode beneficiar sua aposentadoria

O busão voltou

Show de Bola

O busão voltou

Explosão na oficina de motos, catarinense no leilão do Neymar e mais: o que bombou nas redes do DIARINHO

Na Rede

Explosão na oficina de motos, catarinense no leilão do Neymar e mais: o que bombou nas redes do DIARINHO

Niver da Candice

Coluna do Ton

Niver da Candice

Cansado das mesmas coisas na empresa, é hora de mudar?

Mundo Corporativo

Cansado das mesmas coisas na empresa, é hora de mudar?

Colégio Catarinense 4

Histórias que eu conto

Colégio Catarinense 4

Coluna Exitus na Política

O CHARME DA POLÍTICA: IGUALDADE E LIBERDADE [1]

Felizes para sempre

Jackie Rosa

Felizes para sempre

Associativismo comunitário em Itajaí: o começo

Coluna Fato&Comentário

Associativismo comunitário em Itajaí: o começo

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Níver da Margot

Gente & Notícia

Níver da Margot

“O mar, quando quebra na praia”

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo



TV DIARINHO


Os motociclistas Jessica Aline, de 37 anos, e Rafael Augusto, de 33, são as vítimas fatais do acidente ...





Especiais

“Faltou escala para mostrar as chuvas no mapa”, diz chefe do Inmet em Porto Alegre

RIO GRANDE DO SUL

“Faltou escala para mostrar as chuvas no mapa”, diz chefe do Inmet em Porto Alegre

JBS e FriGol teriam comprado gado ilegal criado na terra indígena Apyterewa

ONG DENUNCIA

JBS e FriGol teriam comprado gado ilegal criado na terra indígena Apyterewa

Passeio verde, arte e vida urbana: mergulho em São Paulo

NA ESTRADA

Passeio verde, arte e vida urbana: mergulho em São Paulo

No Rio Grande do Sul, indígenas temem deixar suas casas pela inundação e perder território

TRAGÉDIA

No Rio Grande do Sul, indígenas temem deixar suas casas pela inundação e perder território

Escolas cívico-militares avançam nos estados

Sem apoio federal

Escolas cívico-militares avançam nos estados



Blogs

Paulista de Star 2024 será neste fim de semana no YCSA

A bordo do esporte

Paulista de Star 2024 será neste fim de semana no YCSA

A + bela catarinense

Blog da Jackie

A + bela catarinense

David, faz B.O contra Juliana Pavan

Blog do JC

David, faz B.O contra Juliana Pavan

A pílula da felicidade

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

“Este muro imaginário de [BC] rica e [Camboriú] pobre que tem que acabar”

LEONEL PAVAN

“Este muro imaginário de [BC] rica e [Camboriú] pobre que tem que acabar”

"No momento que eu implanto o pronto-socorro dentro de uma das alas do Ruth, eu resolvo atender o ser humano e não comprovante de residência e título de eleitor”

Edson Piriquito

"No momento que eu implanto o pronto-socorro dentro de uma das alas do Ruth, eu resolvo atender o ser humano e não comprovante de residência e título de eleitor”

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”

Marisa Zanoni Fernandes

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem”  (Vilfredo)

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)



Hoje nas bancas

Capa de hoje
Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação