Matérias | Geral


Sem água

Caminhões-pipa socorrem moradores do Gravatá

Previsão é de mais 48 horas para restabelecer abastecimento no bairro

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Até o final de terça-feira somente um fio de água chegava nas torneiras (foto: Franciele Marcon)

Para diminuir o sofrimento dos moradores do bairro Gravatá, em Navegantes, que estão sem água da rede desde o dia 20 de dezembro, a prefeitura passou a distribuir água com caminhões-pipa de forma gratuita desde segunda-feira.

Segundo o secretário Valério de Campos, da Secretaria de Saneamento Básico de Navegantes (Sesan), o serviço opera com capacidade máxima, mas não está dando conta de abastecer o bairro. “Estamos produzindo o máximo da capacidade possível do nosso Sistema de Abastecimento de Água (SAA Navegantes), já revisamos nossos motores e bombas, aumentamos a capacidade de produção, fizemos operações de macrodistribuição, reforços de rede, contratamos uma ETA com capacidade de 50 l/s ou 180 mil litros por hora, especificamente a serem injetados no bairro Gravatá, mas as chuvas atrasaram a montagem”, justifica Valério.

A ETA entrou em funcionamento com capacidade reduzida, operando com 20 l/s ou 72 mil litros/hora. “Nas próximas 24 horas vamos produzir cerca de 1.728.000 litros, que serão injetados diretamente ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Segundo o secretário Valério de Campos, da Secretaria de Saneamento Básico de Navegantes (Sesan), o serviço opera com capacidade máxima, mas não está dando conta de abastecer o bairro. “Estamos produzindo o máximo da capacidade possível do nosso Sistema de Abastecimento de Água (SAA Navegantes), já revisamos nossos motores e bombas, aumentamos a capacidade de produção, fizemos operações de macrodistribuição, reforços de rede, contratamos uma ETA com capacidade de 50 l/s ou 180 mil litros por hora, especificamente a serem injetados no bairro Gravatá, mas as chuvas atrasaram a montagem”, justifica Valério.

A ETA entrou em funcionamento com capacidade reduzida, operando com 20 l/s ou 72 mil litros/hora. “Nas próximas 24 horas vamos produzir cerca de 1.728.000 litros, que serão injetados diretamente no sistema Gravatá”, explicou, por volta das 21h de segunda-feira.



O secretário segue pedindo que os moradores economizem água. “Solicitamos às pessoas do bairro Gravatá que façam uso racional da água, enquanto a situação não se normalizar. Nossa expectativa é que isto aconteça nas próximas 35/48 horas”, informou Valério.

Até às 18h desta terça-feira, as casas do bairro seguiam sem água, com apenas um fio do líquido nas torneiras. A água era tão fraquinha que não tinha pressão suficiente para subir para os reservatórios das casas. Desde a semana de Natal, o DIARINHO tem noticiado a falta de abastecimento de água no Gravatá. O consumo da alta temporada de verão, quando a cidade recebe inúmeros turistas, estaria causando a escassez nas torneiras.

Construção de reservatório


Para resolver definitivamente o problema crônico da falta de água no bairro Gravatá, a prefeitura promete construir um reservatório de aço vitrificado, com capacidade de 3 milhões de litros, e uma adutora de 350 mm.

Os dois equipamentos já foram contratados e empenhados. O investimento é R$ 10,5 milhões, com obras iniciando ainda em  janeiro e com prazo de execução de cinco meses.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






34.239.154.201

TV DIARINHO


Leilão de carros apreendidos em Santa Catarina deve ser mais agilizado com parceria entre Detran e Tribunal ...





Especiais

MEIO AMBIENTE

Ibama proíbe pulverização aérea de agrotóxico letal a abelhas, o tiametoxam

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica



Blogs

A bordo do esporte

Inaê Sailing Team segue entre os primeiros da Copa Mitsubishi

Blog do JC

Não sabe de nada...

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação