Matérias | Geral


COMPLEXO PORTUÁRIO

CTIL Logística vence o arrendamento dos berços públicos do porto de Itajaí

Superintendência homologou resultado após retomada da licitação que havia sido suspensa pela justiça

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Proposta vencedora foi de R$ 1,2 milhão por arrendamento transitório de seis meses (foto: João Batista)


A empresa CTIL Logística venceu a licitação do contrato de arrendamento transitório da chamada área B do Porto de Itajaí, que envolve os berços 3 e 4 do cais público. O resultado foi homologado pela Superintendência do Porto na terça-feira, após a retomada do processo de contratação e diante da decisão da justiça de suspender a liminar que havia barrado o andamento do edital.

A licitação tinha sido interrompida na fase final, depois que a justiça atendeu pedido de impugnação da empresa SC Portos, que defendia a anulação do edital. Em decisão no dia 20, a justiça ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


A licitação tinha sido interrompida na fase final, depois que a justiça atendeu pedido de impugnação da empresa SC Portos, que defendia a anulação do edital. Em decisão no dia 20, a justiça suspendeu a liminar. O despacho considerou a decisão da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e concluiu não haver ilegalidade que justificasse a anulação da licitação.

Pelo entendimento da agência, que também retirou a suspensão do processo, a administração do porto pode destinar a exploração de uma área pra fins de regularização temporária enquanto estiver em andamento o processo de concessão. Já na segunda-feira, a superintendência do porto retomou o arrendamento da área B e reabriu os prazos do edital.



O porto recebeu cinco propostas. O maior valor foi ofertado pela CTIL Logística, de R$ 1.250.937,59. A segunda colocada, HPO Agronegócios, com proposta de R$ 1,1 milhão, teve prazo pra apresentar uma contraproposta e cobrir o lance da primeira colocada, mas manifestou que não tinha interesse. Assim, o processo foi concluído com a homologação da CTIL Logística.

O resultado considerou que o lance vencedor ficou acima do mínimo estipulado, que era de R$ 1 milhão, sendo a proposta “viável e adequada” ao planejamento da superintendência. A decisão foi publicada na terça-feira, com prazo de cinco dias úteis pra que a vencedora apresente as documentações, que serão encaminhadas pra Antaq. A assinatura do contrato depende de autorização da agência.

O arrendamento é provisório por seis meses. O contrato não pode ser renovado, mas após o prazo o porto pode fazer um novo processo, se achar necessário. Segundo o superintendente do porto, Fábio da Veiga, a expectativa é que a documentação da empresa seja enviada à Antaq na semana que vem. O contrato, se autorizado, valerá a partir de 30 dias após a assinatura.


Fábio analisa que o arrendamento dos berços públicos trará mais dinheiro para o porto. Ele informa que, nos últimos 12 meses, o porto recebeu, em média, R$ 279 mil por mês pela movimentação de cargas gerais na área B. Carros, aço, fertilizantes, açúcar e celulose são produtos mais comuns movimentados no local. Para garantir a proposta de R$ 1,2 milhão mensal pra operar a área, Fábio destaca que a empresa deverá receber ao menos quatro navios por mês.

O superintendente explica que haverá espaço pra contêineres da APM no cais público, conforme a necessidade, com o porto não deixando de atender as demandas de cargas contêinerizadas, seu principal foco de atuação. Nesse caso, a remuneração pelo uso da área pública será para a futura arrendatária do local. O edital de arrendamento também prevê que a atracação de navios de cruzeiros siga no cais público.

Novo contrato com a APM será assinado em breve

A CTIL Logística também havia vencido a licitação do arrendamento pra área A do porto, referente aos berços 1 e 2, explorados atualmente pela APM Terminals. Decisão da Antaq, porém, apontou fragilidades no edital que comprometeriam a continuidade das operações no porto durante a troca de empresas. A agência não viu, contudo, qualquer ilegalidade no processo e deixou nas mãos do porto a decisão final..

Considerando o prazo curto pra firmar um novo contrato até o fim do ano e o risco de interrupção da chegada de navios para a troca de arrendatárias, a superintendência do porto aceitou a proposta da APM Terminals de R$ 2,3 milhões e anunciou a manutenção da empresa pro arrendamento transitório até a futura concessão.


De acordo com Fábio da Veiga, as tratativas com a APM estão em andamento pra que a assinatura do contrato seja feita o mais rapidamente possível. O novo arrendamento valerá a partir de 1º de janeiro de 2023, com período inicial de seis meses.

 




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.197.198.214

Últimas notícias

Verão

Itajaí libera mesas e cadeiras de bares nas praias, mas cobrança é proibida

ITAJAÍ

Praia do Atalaia será palco de torneio solidário de surfe

THIAGO SILVA

Capitão da seleção brasileira tem iate fabricado em Itajaí

Porto de Itajaí

Prefeito Volnei considera vetar a renovação com a APM Terminals

Novas caras

Marcílio Dias confirma sete contratações para o Catarinense

ITAJAÍ

Morre o João dono da antiga banca LoJoão

Serra de Guaratuba

Tráfego na BR 376 é liberado em uma pista

Liga Nacional

Handebol Itajaí perde com gol irregular; equipe quer anulação do jogo

NATAL 2022

Vaticano fará carreata iluminada com Papai Noel em quatro cidades de Santa Catarina

Vazamentos

Índices de perdas da Águas de Camboriú chega a 17,9% nos últimos meses



Colunistas

JotaCê

Zanatta e Boulos juntos em Brasília

Coluna Esplanada

Desafino no backstage

Gente & Notícia

Marina Itajaí é Bandeira Azul

Canal 1

Humorístico da Band tinha tudo para dar errado. E deu

Clique diário

Pé na areia

Direito na mão

Quem pode pedir a revisão da vida toda?

Foto do Dia

Dia de chuva

Coluna do Janio

Apresentação do Marinheiro

Coluna Exitus na Política

A liberdade do tempo

Na Rede

Confira o que bombou nas redes sociais do DIARINHO

Via Streaming

“Rainha de Katwe”

Jackie Rosa

Mulherada reunida

Vinicius Lummertz

SC do futuro: nas BRs, 2023 pode ser pior do que 2022

Coluna do Ton

Mãe & Filha

Coluna Fato&Comentário

Alvim Sandri: "História de vida", aos 99 anos

Artigos

Não queremos viver numa pátria dominada pela bandidagem



TV DIARINHO


Confira as principais notícias desta quarta-feira no DIARINHO: - Homem que matou amigo durante churrasco ...





Especiais

Pesquisa de preços

Bora conferir as pechinchas da semana pra garantir o churrasco do jogo do Brasil

OLHO NA DOSE

Pesquisa de preço mostra onde bebidas quentes são mais baratas

Na Estrada com o DIARINHO

Maravilhas naturais fazem de Bombinhas o Caribe catarinense

Itajaí

Do imóvel popular ao de altíssimo padrão são as apostas da Lotisa

Alto padrão

Procave agrega valor e exclusividade



Blogs

A bordo do esporte

Adeus ao juiz de vela Dionysio Sulzbeck

Blog do JC

Quadrangular 71 anos

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Os poderes da Spirulina!

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo

Marcelo Sodré

"A hora que entrar o contrato de arrendamento essa agonia se dissipa. As empresas vêm pra fazer o porto continuar crescendo”

James Winter

“Só vai haver desemprego e demissão em massa se não tiver carga aqui no Porto de Itajaí”

Décio Lima

"Hoje, de R$ 97 bilhões que são arrecadados pelo governo federal em Santa Catarina, apenas R$ 7 bilhões voltam”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação