Matérias | Política


Obras nas BRs

Governo federal corta quase R$ 40 milhões de rodovias catarinenses

Só a BR 470, no trecho de Navegantes, perdeu R$ 25 milhões. Ministro alegou que corte de verba não deve comprometer obras

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Ministro de Infraestrutura explicou que adequação de verba não compromete andamento de obras (Foto: João Batista/Arquivo)


Após o governo estadual destinar recursos de Santa Catarina para bancar obras nas rodovias federais catarinenses, o governo federal cortou quase R$ 40 milhões que estavam destinados para obras nas BRs 470 e 163. A retirada de recursos está em portaria publicada na semana passada pelo Ministério da Economia, que promove corte de mais de R$ 727 milhões em diversas áreas. 


Em Santa Catarina, o governo federal anulou R$ 25 milhões previstos para a BR-470, no trecho entre Navegantes e Rio do Sul, e R$ 14,6 milhões para a BR-163, na região oeste do estado. O corte gerou críticas de entidades como a Fiesc e de parlamentares catarinenses no Senado e na Assembleia Legislativa.

Para 2022, também está prevista uma redução de R$ 12 milhões no orçamento que afeta cinco rodovias federais catarinenses, com impacto de quase R$ 5,1 milhões na BR-470. O corte está no relatório preliminar do projeto de orçamento anual, em discussão no Congresso Nacional.

A proposta do governo federal era de R$ 205 milhões para investimentos nas rodovias federais no estado no ano que vem, valor que cairia pra R$ 193 milhões com a retirada de recursos pelo relator do projeto, deputado federal Hugo Leal (PSD).

Ainda na segunda-feira, o senador Esperidião Amin (PP), se manifestou na comissão Mista do Orçamento contra o corte de verbas trazido pela portaria. Ele lembrou as negociações da bancada catarinense com o governo federal na destinação de recursos do estado para complementar os investimentos nas rodovias federais.

O senador criticou que a portaria foi publicada de maneira “disfarçada” e que o corte na BR-163 fere as regras orçamentárias por retirar mais de 30% do total para a rodovia em 2021. Amin prometeu questionar o relator do orçamento sobre o que considerou ser uma arbitrariedade e uma “manobra sorrateira” depois que projetos já haviam recomposto recursos para BRs.

Continua depois da publicidade



“Politicamente é uma desconsideração com Santa Catarina. Mas do ponto de vista legal, uma exorbitância grave à legislação que versa sobre programação e execução do orçamento federal. Isso tudo se refere a 2021”, comentou. O Fórum Parlamentar Catarinense também vai tentar reverter os cortes.

A retirada de recursos vai na contramão das reivindicações da Fiesc, que faz campanha justamente para cobrar investimentos federais para conclusão das duplicações da BRs 470 e 280, restauração da BR-163 e melhorias na BR-101, a fim de resolver os gargalos no trânsito em pontos críticos, como em Itajaí e em Balneário Camboriú.

Continua depois da publicidade



Segundo o ministro, os recursos foram readequados para manutenção. Vice-líder do governo federal no Congresso, o senador catarinense Jorginho Mello (PL) informou que conversou pessoalmente com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, sobre a “confusão” da retirada de recursos. O que teria ocorrido seria uma readequação no orçamento nas rodovias federais catarinenses.

“O ministro Tarcísio afirmou que a adequação é algo normal e que os recursos foram destinados para a manutenção das rodovias, já que para a construção os projetos já dispõem de recursos suficientes para 2021”, comentou o senador.

Em vídeo gravado com Jorginho, o ministro destaca que as BR-470 e 163 têm recursos “sobrando” para os projetos de duplicação e restauração. “Tiramos parte dos recursos da construção para manutenção, uma atividade absolutamente normal para que a gente tenha a otimização do orçamento que foi disponibilizado no ano”, disse.

O ministro ainda ressaltou que a adequação não compromete a continuidade das obras nas duas rodovias. “Porque essas duas obras têm recursos suficientes para a sua execução”, completou.

Pegou mal na Assembleia

O vídeo com os esclarecimentos do ministro foi exibido pelo deputado estadual e líder do PL na Assembleia Legislativa, Ivan Naatz. Apesar das explicações, ele afirmou que seguirá acompanhando a situação para que o estado não seja prejudicado na redução de recursos para rodovias em 2022.

Outros deputados criticaram na sessão de terça-feira o corte de recursos, considerando a medida um desrespeito com o estado. A deputada Paulinha (sem partido) sugeriu que os parlamentares assinem um apelo ao presidente da República para que a decisão seja revertida.

Os deputados Ricardo Alba (PSL), Pedro Baldissera (PT) e Valdir Cobalchini (MDB) também lamentaram a retirada de recursos no “apagar das luzes” de 2021. “Enquanto o estado passa R$ 465 mi para as rodovias federais, a União retira mais R$ 39,6 mi. Isso é inaceitável, não dá para se conformar e achar que é normal”, disse Cobalchini.

Em setembro, o governador Carlos Moisés assinou acordo com o ministro Tarcísio de Freitas repassando R$ 465 milhões dos cofres estaduais para quatro rodovias federais catarinenses: BRs 470, 280, 163 e 285. Do total, R$ 300 milhões foram destinados para a BR-470, visando garantir a conclusão da duplicação da rodovia nos lotes entre Navegantes e Gaspar, os mais avançados do projeto.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





44.192.114.32

TV DIARINHO


Confira os destaques desta segunda-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 04/07/2022

Publicado 04/07/2022 21:18



Especiais

Cordeiros

Professora Rita de Cássia ensinou matemática a diferentes gerações de itajaienses

SUPERAÇÃO

Deficiência nunca impediu Jailton de fazer o que quis; até elevador em casa ele construiu

Centro de Itajaí

Bravacinas se transforma em referência em vacinação humanizada

Itajaí

Itajaí mantém protagonismo na pesca industrial

A riqueza vem pelo mar

Polo náutico reúne players mundiais do mercado de luxo



Blogs

A bordo do esporte

Brasil realiza único evento de automobilismo do mundo de Ayrton Senna

Blog da Ale Francoise

Chá de sabugueiro!

Blog do JC

Salve o Ribeiro!

Blog do Ton

Consultório médico, em Balneário Camboriú tem pegada chic, mas sem excessos

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Blog Doutor Multas

A Desentupidora mais próxima de você! Desentupidora de emergência 24h SP

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Willian Cardoso, o Panda

"Saquarema provavelmente vai ser meu último mundial, aí eu vou estar focado no brasileiro”

Renata Teixeira Pinto Viana

"Não se indica cigarro eletrônico para alguém que queira parar de fumar"

Governador de Santa Catarina

"É importante destacar que as obras só avançam por conta dessa decisão de colocar recursos dos catarinenses nas rodovias federais”

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação