Matérias | Geral


ESCOLAS ESTADUAIS

Alunos não conseguem vagas perto de casa

Mães criticam o “sorteio de vagas”, implantado para direcionar as matrículas para alunos em colégios da rede estadual

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Rede estadual segue critério de zoneamento no plano de matrícula (Foto: Arquivo)


A busca por matrículas nas redes municipal e estadual em Itajaí gera novas reclamações de mães de alunos que não conseguiram garantir vagas nas escolas mais perto de onde moram. A alternativa seria esperar por eventuais desistências ou abertura de novas vagas.


A auxiliar de serviços gerais Eulália Amélia de Freitas, de 44 anos, criticou a realização de matrículas por sorteio na escola Estadual Henrique da Silva Fontes, no bairro São João. Eulália mora no bairro São Vicente e diz que o colégio fica bem perto da casa dela.

Ela buscava vaga pra filha, de 15 anos, que completou o ensino Fundamental na escola Aníbal César e, agora, vai pro 1ª ano do ensino Médio. Eulália disse que a filha não foi sorteada por ter boas notas.

“Meu coração ficou muito triste porque eu moro muito perto da escola, onde minha filha não pode estudar”, lamentou. A opção foi buscar matricula no colégio Elfrida Cristino da Silva, que ficaria um pouco mais distante.

A coordenadora Regional de Educação, Cleonice Berejuk, esclarece que a modalidade de sorteio é adotada em unidades onde a oferta de vagas é menor que a demanda. Ela explica que o processo leva em conta o critério de zoneamento, priorizando alunos que moram até três quilômetros da unidade escolar.

O segundo critério, após atendidos os alunos que moram perto da escola, é a proximidade do colégio com o local de trabalho dos pais. “Primeiro se atende o zoneamento, depois, se houver sobra de vagas, a gente vai atendendo os demais alunos”, informa. Ela frisou que o critério de nota, como alegado pela mãe da aluna, não é usado pra matrícula.

Continua depois da publicidade



Cleonice destaca que as regras estão no edital de matrícula. O sorteio ocorre a partir da pré-matrícula feita on-line, onde os pais fazem o cadastro do aluno e escolhem a escola onde têm interesse que o filho estude. A efetivação da matrícula vai depender da comprovação de residência dentro do zoneamento.

“O pai já vai ciente de que, se ele não mora naquela região onde a escola está localizada, provavelmente, ele não terá direito à vaga, a não ser que sobre”, ressalta a coordenadora. Quando as vagas são insuficientes pra atender a procura, é feito sorteio, eletronicamente, também adotado pra evitar filas.

Continua depois da publicidade



Conforme a secretaria Estadual de Educação, neste ano, houve sorteio em 40 escolas de 12 regiões do estado. Na regional de Itajaí, foram 11 colégios com sorteio, sendo cinco, em Itajaí; três, em Navegantes; dois, em Itapema; e um, em Camboriú. A lista dos sorteados já foi divulgada nas escolas e pode ser consultada no site Matrícula Online.

O sorteado que não apresentou os documentos pra confirmar a matrícula até sexta-feira, dia 26, perde a vaga. Quem não foi sorteado deve se inscrever em outra escola da rede estadual, no período de 1º a 3 de dezembro. Haverá um segundo período pra vagas remanescentes de 26 a 28 de janeiro.

Autista na lista

No bairro Espinheiros, a professora Kamila Severino, 31, não conseguiu vaga para a filha de cinco  anos, que é autista e irá pro 1º ano do ensino fundamental em 2022. Nas duas escolas da rede municipal, mais perto de casa, a menina ficou com o nome na lista de espera.

A escola Básica José Fernandes Potter seria a ideal para os pais, que poderiam levar a filha a pé para a unidade. Enquanto a família aguarda por uma vaga remanescente perto de casa, Kamila conta que conseguiu matrícula na escola do bairro Ressacada.

Se a filha for estudar mesmo no local, a professora destaca que pode ser preciso pagar uma van pro transporte escolar. “Meu pedido é que novas turmas sejam abertas no bairro Espinheiros, visto que a comunidade está crescendo”, apela.

A secretaria de Educação informou que, após as matrículas finalizadas, será feito um levantamento para ver a possibilidade de encaixe dos alunos da lista de espera nas escolas municipais da localidade. Esgotando essa possibilidade, os pais terão duas opções: seguir na rede municipal em unidades de outro bairro; ou migrar para a rede estadual.

Conforme a secretaria, os Espinheiros tem muitas vagas em aberto na escola Estadual Básica Raul Bayer Laus, que poderia atender os alunos. Tratativas já foram feitas com a coordenação da rede estadual para que o apoio seja prestado.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





44.192.114.32

TV DIARINHO


Confira os destaques desta segunda-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 04/07/2022

Publicado 04/07/2022 21:18



Especiais

Cordeiros

Professora Rita de Cássia ensinou matemática a diferentes gerações de itajaienses

SUPERAÇÃO

Deficiência nunca impediu Jailton de fazer o que quis; até elevador em casa ele construiu

Centro de Itajaí

Bravacinas se transforma em referência em vacinação humanizada

Itajaí

Itajaí mantém protagonismo na pesca industrial

A riqueza vem pelo mar

Polo náutico reúne players mundiais do mercado de luxo



Blogs

A bordo do esporte

Brasil realiza único evento de automobilismo do mundo de Ayrton Senna

Blog da Ale Francoise

Chá de sabugueiro!

Blog do JC

Salve o Ribeiro!

Blog do Ton

Consultório médico, em Balneário Camboriú tem pegada chic, mas sem excessos

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Blog Doutor Multas

A Desentupidora mais próxima de você! Desentupidora de emergência 24h SP

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Willian Cardoso, o Panda

"Saquarema provavelmente vai ser meu último mundial, aí eu vou estar focado no brasileiro”

Renata Teixeira Pinto Viana

"Não se indica cigarro eletrônico para alguém que queira parar de fumar"

Governador de Santa Catarina

"É importante destacar que as obras só avançam por conta dessa decisão de colocar recursos dos catarinenses nas rodovias federais”

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação