Matérias | Geral


Obras de esgoto

Problemas no trânsito e falta de água em colégio

Pais de alunos do Melvin Jones, em Cordeiros, relatam que foram avisados "pra levar água de casa para a escola"

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]



Estudantes e pais de alunos do colégio Melvin Jones, no bairro Cordeiros, em Itajaí, denunciaram que obras de implantação da rede de esgoto no entorno da unidade teriam provocado falta de água na escola nesta semana. As queixas também tratam dos transtornos das obras no trânsito, prejudicando o acesso à escola, sem orientação de agentes da Codetran.

Famílias relataram que a escola orientou os pais a mandarem os alunos com garrafas de água de casa devido ao desabastecimento no colégio.

O problema estaria ocorrendo há dias, persistindo ao menos desde a semana passada. A direção do colégio rebateu as queixas, afirmando que as denúncias não procedem.



O conferente Murilo Ramirez, 29 anos, relatou que os pais foram avisados num grupo de WhatsApp. “Disseram que era trazer água de casa”, comentou. Na quinta-feira, quando levava as filhas de sete e nove anos para escola, Murilo disse que já seriam três dias sem água na escola.

As filhas do morador mostraram as garrafas de água trazidas de casa. Uma delas comentou que, mesmo quando a água da escola volta, chega amarelada nas torneiras. De acordo com Murilo, não há previsão de o problema ser resolvido.

“Se continuar assim, vai ficar bem complicado”, comentou. A auxiliar de produção Tatiane Maria, 25, também tem dois filhos na escola, de sete e nove anos. Ela confirmou o aviso recebido pelos pais pra levar água de casa. Ela disse que a situação tá assim há uma semana. “A gente tem que comprar e levar pra escola”, relatou.


Problema pontual

A diretora do colégio, Maria Aparecida da Silva Coutinho, disse que houve falta de água apenas na quarta-feira, e apenas por duas horas, devido a um problema da bomba hidráulica que leva água pra cisterna e não em razão das obras na rua. Segundo ela, o reparo interno foi feito no mesmo dia, com o abastecimento voltando ao normal em seguida.

Sobre a orientação aos pais, ela explicou que o aviso não tem a ver com a falta de água, mas por medida de higienização. A orientação, conforme esclareceu, foi para os alunos trazerem garrafas de casa e abastecer nos bebedouros da escola.

A diretora explicou que a medida seria pra evitar que a água fosse coletada em copos descartáveis e pra que os alunos não bebessem água diretamente da torneira, atendendo protocolo sanitário contra a covid-19 e prevenindo riscos de contaminação.

Na quinta-feira, Maria fez questão de mostrar que água estava chegando normal e limpa nos bebedouros, bem como nas pias dos banheiros e nos sanitários, e também foi usada na cozinha na preparação de alimentos. O reservatório da escola tem cerca de 30 mil litros e abastece quase 1500 alunos, além dos funcionários.


O Semasa afirma que o problema na escola não teve a ver com rede de abastecimento

O Semasa informou que uma equipe esteve na escola, foi identificado o problema interno, na cisterna, sem relação com a rede de abastecimento da autarquia. As obras no entorno do colégio envolvem as ruas Sebastião Romeu Soares, em frente à escola, e as laterais Hamilton Pimentel, Cosme Busarello e Nilson Cordeiro.

Na esquina da Sebastião Romeu Soares com a Hamilton Pimentel estão sendo feitas as escavações pra colocação da rede coletora de esgoto, que faz parte do projeto de ampliação do sistema. A escavação é aberta em quatro metros de profundidade.

Um funcionário da empresa explicou que, apesar das dificuldades no trabalho, a distribuição de água pra escola não é prejudicada. Uma mangueira mantém o fornecimento da rede até a escola.


Segundo o Semasa, no momento, falta apenas colocar as tubulações de esgoto na rua Hamilton Pimentel até a Eurípides Amorim Leal, onde será construída a estação elevatória. A empreiteira responsável pediu uma nova prorrogação de prazo pra concluir o trabalho.

Trânsito sem orientação

As obras da rede de esgoto prejudicam o acesso ao colégio Melvin Jones, à creche Neusa Reis Cesário Pereira e a posto de saúde Nova Esperança. O trecho da rua Sebastião Romeu Soares em frente à escola está interditado pra veículos, com placas de sinalização.

Na hora de entrada e saída de alunos, adultos e crianças a pé ou de bicicleta dividem espaço com funcionários, máquinas e materiais da obra. Alguns pais também param de carro pra deixar os filhos no colégio. 

Moradores reclamaram da falta de orientação de agentes de trânsito pra organizar a entrada na escola e reduzir os transtornos. A direção do colégio explicou que não há ingerência nas obras mas que chama os guardas municipais pra dar apoio na saída dos alunos à tarde.

No início da tarde de quinta-feira, quando a reportagem esteve no local, não havia agentes ou guardas no trecho. O Semasa informou que vai solicitar o apoio da Codetran para organizar o trânsito, principalmente no horário de entrada e saída das aulas.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.235.65.220

Últimas notícias

O maior do ano

Prêmio acumulado da Mega vai pagar R$ 300 milhões

BALNEÁRIO

Prefeito Fabrício Oliveira se filia ao PL de Jair Bolsonaro

Pirâmide financeira

Representante fake da Lamborghini é alvo da PF

ELEIÇÕES 2022

Luci Choinacki busca o retorno à Assembleia Legislativa

Série B

Chape recebe o Bahia em jogo encarado como decisão

Jogão

São Paulo decide o título da Sul-Americana na Argentina

Artes Marciais

Lutador de Itajaí busca apoio para mundial

Copa Santa Catarina

TJD nega pedido do Marinheiro e partida é mantida para segunda-feira

Cidade Nova

Capivara acuada ataca morador em Itajaí

Deputada estadual

Ciça Müller quer batalhar por escola integral



Colunistas

JotaCê

Vereadora chama secretaria de demagoga

Coluna Fato&Comentário

Aprender português com quem sabia

Coluna Esplanada

Nogueira acredita

Vinicius Lummertz

SC do futuro: o voto responsável no domingo

Canal 1

Existem diferenças naturais entre a Pantanal do passado e a de agora

Clique diário

Essência da cidade

Gente & Notícia

No clima das festas de outubro

Direito na mão

INSS convoca segurados para novo “pente-fino”: aposentadorias, auxílios e benefícios por incapacidade estão na mira de corte

Coluna Exitus na Política

A órbita eleitoral

Jackie Rosa

Show de Armando

Na Rede

Confira as notícias que foram destaque nas redes do DIARINHO

Coluna do Janio

Aposta alta

Coluna do Ton

Fiori

Via Streaming

“Estrelas Além do Tempo”

Artigos

Marco do sesquicentenário do município destruído

Instituto Ion | Informando e Inovando

Um ano de Informando e Inovando

Coluna Tema Livre

Cuidado com os candidatos



TV DIARINHO


Entrevistão com Jorge Boeira - Candidato à Governador de Santa Catarina pelo PDT





Especiais

ENTREVISTA

“Já atingimos ponto de não retorno” em algumas regiões da Amazônia, diz pesquisadora

ELEIÇÕES 2022

Partidos em Santa Catarina receberam quase R$ 194 milhões

ELEIÇÕES 2022

Confira quanto cada candidato da região recebeu do fundão eleitoral

Pesquisa DIARINHO

Preço da carne pode variar até 145%

Cidade histórica

São Chico tem o charme de 518 anos



Blogs

Blog do JC

Prefeito pop star Fabrício Oliveira no PL

A bordo do esporte

Circuito Paulista de Verão marcado pelo equilíbrio no Speed Park

Blog do Ton

Zezé Di Camargo & Luciano aterrissam em outubro no Expocentro BC

Blog Doutor Multas

5 golpes comuns que você deve ficar atento ao comprar um carro

Blog da Jackie

Spring Party

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Jorge Boeira

“A saúde de Santa Catarina está esperando vaga na UTI”

Esperidião Amin

"Eu não quero colocar o Bolsonaro dentro da minha gaiola - que é o que alguns querem, ser o dono do Bolsonaro. Já foram até repreendidos por isso”

Décio Nery de Lima

"Vou retomar os investimentos que o Bolsonaro negou para Santa Catarina”

Jorginho Mello

"O candidato do presidente Bolsonaro é o Jorginho Mello”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação