Matérias | Geral


Caso Santo Lar

Ação do Procon de Itajaí reúne 135 clientes lesados pela loja

Cerca de R$ 200 mil foram bloqueados da conta da empresa. Vítimas ainda podem entrar na ação, mas precisam constituir advogado

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Inquérito policial ouviu empresário e vítimas e será concluído nesta semana (foto: João Batista)

A ação civil pública do Procon de Itajaí contra a loja Santo Lar, denunciada por falta de entrega de produtos e de devolução de valores, já conta com 135 clientes habilitados. As pessoas lesadas pela empresa são de vários estados. Em Santa Catarina, ao menos outras quatro ações individuais correm contra a loja e o sócio da empresa, Danilo Franchini dos Santos. Os clientes cobram indenização por danos morais e materiais.

O advogado Rogério Cavallazzi, de Florianópolis, representa um grupo de 36 pessoas que estão na ação coletiva do Procon. A maioria dos clientes é morador de cidades de Minas Gerais, Paraíba, Sergipe e Bahia. Ele informa que a justiça penhorou cerca de R$ 200 mil da conta da empresa. Esse valor já serviria pra pagar o prejuízo das pessoas que estão na ação, mas ainda é incerto o total de clientes lesados pela empresa.

O advogado comenta que muitas pessoas prejudicadas não sabem como proceder ou preferiram não denunciar devido ao valor pequeno da compra. A Santo Lar trabalhava com vendas on-line de diversos produtos, entre móveis e eletroeletrônicos. Grande parte dos clientes pagou via pix ou boleto, mas nunca recebeu as mercadorias. Em uma das ações na justiça, um cliente do Rio de Janeiro busca reverter prejuízo de quase R$ 42 mil.



As vítimas estão espalhadas em, pelo menos, dez estados. Rogério orienta que os clientes devem constituir um advogado e entrar na ação do Procon de Itajaí. Ele frisa que é só com advogado que a habilitação pode ser feita, considerando a natureza do processo, cujo valor da causa é de R$ 500 mil.

A formalização da denúncia junto aos Procons em cada cidade é indicada, mas não obrigatória pra habilitação no processo. A justiça já determinou o bloqueio de bens e do site da loja, que está fora do ar. Segundo Rogério, foi localizado um imóvel da empresa em Maringá, no Paraná, mas o bem está com alienação junto à Caixa Econômica Federal. A justiça tenta localizar outros valores que sejam oriundas das operações da loja.

Os clientes lesados pela empresa se mobilizaram em grupos de WhatsApp e Telegram, onde trocam informações sobre o andamento do caso. Um dos maiores grupos está no Telegram, que contava com 724 membros até a segunda-feira. O link de acesso é https://t.me/joinchat/Xi21s2Mx9yxlYTBh.


Rogério observa que os grupos servem como ferramentas, mas muitas informações, que circulam, podem não ser confiáveis. “Eles mais desinformam do que informam”, alerta. “A orientação é ficar de olho nas orientações do Procon”, completa.

Para quem já entrou na justiça, o advogado ressalta que é preciso esperar o andamento da justiça. “O processo vai entrar numa outra fase a partir do momento que encerrar as investigações da polícia”, informa. De acordo com o procurador do Procon de Itajaí, Salésio Pedrini, nova vítimas podem se habilitar no processo, mas ele observa que o ressarcimento deve priorizar as primeiras pessoas que ingressaram.

Inquérito será concluído

O delegado Fábio Osório, da 1ª delegacia de polícia, que conduz o inquérito policial contra a empresa em Itajaí, informou que a investigação deve ser encerrada nesta semana. O empresário e as vítimas foram ouvidas no inquérito.

“O representante da Santo Lar exerceu o direito ao silêncio. Ainda nesta semana o procedimento será concluído e remetido à apreciação do Poder Judiciário”, disse. Segundo Fábio, mais de dez vítimas já foram ouvidas. “As quais confirmaram, em suas declarações, as imputações a Santo Lar referentes à obtenção de vantagens indevidas”, comentou. O inquérito apura a prática de crime de estelionato, que prevê pena de um a cinco anos de prisão, além de multa.


Ações contra empresas de contêiner e aquecedores

O Procon de Itajaí abriu ações contra outras duas empresas denunciadas por calotes em clientes, a AMJ Aquecedores e a Compre Construção Sustentável, com queixas desde o ano passado. As reclamações envolvem a falta de entrega de produtos, descumprimento de prazos e falta de devolução de valores pagos. Os casos também foram encaminhados pra polícia Civil.

A Compre Construção vinha sendo denunciada ainda quando a empresa tinha o nome de Compre Container. Segundo o Procon, havia cinco empresas registradas no mesmo endereço na rodovia Jorge Lacerda, no bairro Espinheiros, ligadas aos mesmos sócios. Fiscais do órgão bateram no local, onde, agora, estaria funcionando uma loja de carros.

O Procon ajuizou uma ação civil pública contra as empresas e todos os sócios. A justiça deferiu o pedido e bloqueou os  valores e bens dos sócios, os proibiu de abrir novas empresas ou formar sociedade, também suspendeu a CNH e cancelou o passaporte deles. As medidas são pra garantir futuros ressarcimentos às vítimas e evitar novos golpes. A empresa vendia projetos de casa em container. Clientes chegaram a pagar até 70% do contrato, mas não receberam a construção.


Os clientes da AMJ Aquecedores, na rua Heitor Liberato, bairro São Judas, também não receberam os produtos. Em outubro do ano passado, o dono da empresa chegou a quebrar um expositor e xingar clientes que cobravam explicações. A AMJ e a Compre Construção já haviam sido notificadas pelo Procon pra resolver os problemas, mas a situação persistiu e o caso segue agora na justiça e na polícia.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.223.3.251

Últimas notícias

BALNEÁRIO

Crianças ganham entrada de graça no Oceanic Aquarium em outubro

Violência

Atirador abre fogo contra dois irmãos no meio da rua

ORGULHO

Empresária de Itajaí é eleita Miss Brasil Plus Size

Economia

Porto sofre fuga de importadores e risco de paralisação é real, alertam empresários

Luto

Morre o promotor de Justiça Flávio Duarte de Souza, aos 55 anos

Pré-pago

Marejada tem cartão de consumo exclusivo pra fazer comprinhas na festa

Denúncia

Comerciante de Navegantes diz que sofre perseguição da PM

Luto

Prefeitura de Brusque publica nota de pesar pela morte de Henrich Passold

Educação 

Universidade e institutos federais de SC sofrem novo corte de verbas do governo federal 

Duplicação 

BR 470 tem novo corte de verbas do governo federal nas obras de duplicação 



Colunistas

Coluna Esplanada

Senac (DF), de novo

JotaCê

“Prefeito saiu com a crista alta e voltou com o rabo entre as pernas,” diz Paulinho

Clique diário

Vista privilegiada de Itajaí

Canal 1

A Carrascodependência é uma realidade na Globo dos dias atuais

Vinicius Lummertz

SC do futuro: 2º turno deve privilegiar propostas

Gente & Notícia

Hoje tem Miss Brasil

Direito na mão

11 direitos da pessoa com câncer

Coluna do Janio

Cara de Marcílio Dias!

Coluna Exitus na Política

A cara no espelho

Coluna do Ton

Reis da make

Na Rede

Se liga no que foi destaque nas redes sociais do DIARINHO nesta semana

Via Streaming

“O Psicopata Americano”

Coluna Fato&Comentário

Aprender português com quem sabia

Jackie Rosa

Show de Armando

Artigos

Marco do sesquicentenário do município destruído

Instituto Ion | Informando e Inovando

Um ano de Informando e Inovando

Coluna Tema Livre

Cuidado com os candidatos



TV DIARINHO


- Bolsonaro deve vir a BC durante campanha ao segundo turno - É hoje: começa a temporada de festas ...





Especiais

Brasil

Atingidos por agrotóxicos não conseguem reparação na Justiça, aponta dossiê inédito

OLHO NO CARRINHO

Leite fake: espessantes, gordura vegetal e soro confundem consumidores em busca de preço

Fique ligado

Confira as orientações, regras e serviços para o dia da eleição

ENTREVISTA

“Já atingimos ponto de não retorno” em algumas regiões da Amazônia, diz pesquisadora

ELEIÇÕES 2022

Partidos em Santa Catarina receberam quase R$ 194 milhões



Blogs

A bordo do esporte

Circuito Paulista de Kart planeja próxima temporada no Speed Park

Blog do JC

Calculadora fervendo

Blog do Ton

Zezé Di Camargo & Luciano aterrissam em outubro no Expocentro BC

Blog Doutor Multas

5 golpes comuns que você deve ficar atento ao comprar um carro

Blog da Jackie

Spring Party

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Jorge Boeira

“A saúde de Santa Catarina está esperando vaga na UTI”

Esperidião Amin

"Eu não quero colocar o Bolsonaro dentro da minha gaiola - que é o que alguns querem, ser o dono do Bolsonaro. Já foram até repreendidos por isso”

Décio Nery de Lima

"Vou retomar os investimentos que o Bolsonaro negou para Santa Catarina”

Jorginho Mello

"O candidato do presidente Bolsonaro é o Jorginho Mello”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação