Matérias | Geral


MATA ATLÂNTICA

Operação levanta áreas desmatadas e mira nos infratores ambientais

MP e polícia Ambiental vão fiscalizar, até o fim do mês, áreas com 272 alertas de desmatamento em SC

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Ação faz parte de operação nacional, em 17 estados, pela proteção da floresta (foto: joão batista)

O ministério Público de Santa Catarina e a polícia Militar Ambiental iniciaram uma operação que seguirá, até o fim do mês, com ações de fiscalização pra levantar áreas de Mata Atlântica com desmatamento ilegal no estado. A iniciativa faz parte da operação Mata Atlântica de Pé, com atividades em 17 estados, onde há remanescentes da floresta. O projeto é coordenado, nacionalmente, pelo ministério Público do Paraná.

Essa é a quarta edição da operação. Em Santa Catarina, serão fiscalizadas áreas equivalentes a dois mil campos de futebol com alertas de desmatamento. A expectativa é ampliar o número de fiscalizações e autuações, com o uso ainda maior dos meios remotos de fiscalização, como imagens por satélites. O levantamento tem apoio da fundação SOS Mata Atlântica e da plataforma Mapbiomas Alerta, que monitora áreas desmatadas com tecnologias que geram imagens de alta resolução. 

Segundo a coordenadora do centro de Apoio ao Meio Ambiente do MPSC, promotora Luciana Cardoso Pilati Polli, até o dia 30 de setembro deverão ser concluídas as fiscalizações de 272 alertas de desmatamentos produzidos por imagens de satélite. Ela ressalta que as ações de proteção da floresta têm impacto não só na fauna e flora, mas também no cotidiano das pessoas.



“A Mata Atlântica é responsável pela preservação e pela proteção dos nossos recursos hídricos, incluindo o abastecimento de água à população, a regulação das temperaturas, da umidade e das chuvas. É um dos principais instrumentos de enfrentamento da crise hídrica”, lembra.

O comandante da PM Ambiental, coronel Paulo Sérgio Souza, destaca o uso de imagens áreas no combate ao desmatamento. “A PMA faz uso de drones e de tecnologias de geoprocessamento para identificação destas áreas. Nosso maior objetivo, com essa ação, é verificar possíveis irregularidades relacionadas à supressão de vegetação, aplicando as medidas previstas na legislação ambiental”, comentou.

A partir da identificação de áreas desmatadas, uma segunda etapa da operação fará a identificação dos proprietários, em conjunto com órgãos ambientais, e a situação das áreas, com eventuais licenças ambientais, histórico e cruzamento de banco de dados. A terceira fase envolve a fiscalização e a autuação, com adoção de medidas administrativas. Na última etapa, são adotadas medidas extrajudiciais ou judiciais pela recuperação de danos e responsabilização dos infratores.


SC é o quarto estado que mais desmata floresta

Conforme o Atlas da Mata Atlântica deste ano, entre 2019 e 2020, a floresta sofreu uma redução de 130 quilômetros quadrados. Em 10 dos 17 estados que compõem a mata, o desmatamento se intensificou, com aumento de 400% em São Paulo e no Espírito Santo, e índice de mais de 100% no Rio de Janeiro e no Mato Grosso do Sul.

Santa Catarina está entre os quatros estados que mais desmatam, em lista liderada por Minas Gerais, Bahia e Paraná. Diante da drástica redução da vegetação nativa, registrada ano a ano, os especialistas alertam para a necessidade de não apenas zerar o desmatamento, mas também tornar a restauração do bioma uma prioridade na agenda ambiental.

No ano passado, a operação Mata Atlântica em Pé constatou desmatamento irregular de 6.306 hectares de floresta, com aplicação de R$ 32,5 milhões em multas aos infratores. Minas Gerais e Paraná foram os estados com maiores áreas desmatadas. Em relação a 2019, a fiscalização teve aumento de 15% de áreas e as multas foram 29% maiores.

A Mata Atlântica ocupa 13% do território nacional e abriga diversos ecossistemas como restingas, manguezais, campos de altitude, brejos interioranos e encraves florestais. É um dos biomas que apresentam a maior diversidade de espécies de fauna e flora, com alguns trechos declarados como patrimônio Natural Mundial pela ONU. Santa Catarina tem cerca de 23% de remanescente de Mata Atlântica, a terceira maior cobertura do país.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.223.3.251

Últimas notícias

ITAJAÍ 

Caminhão derruba poste e arrebenta fiação de avenidas 

Marejada

Festa celebra a cultura portuguesa e a alegria peixeira

Ivo Silveira

Fiasco: goteiras paralisam partida entre Itajaí Vôlei e Bluvôlei

ITAJAÍ

Rede de academia promete devolver dinheiro recebido

EXPOCENTRO BC

Megafeirão terá mais de mil veículos à venda; premiação é voo de helicóptero

ITAJAÍ

Incêndio detona subprefeitura de Cordeiros; ninguém se feriu

Futsal

Camboriú disputa Taça Brasil de futsal sub-16

TRISTEZA

Vigilante de Camboriú morre vítima de infarto

Vôlei

Brasil vence Porto Rico e ficar perto da classificação no Mundial

Attack Fight

Lutador de Itajaí participa de evento nacional de muay thai



Colunistas

Coluna Esplanada

Senac (DF), de novo

JotaCê

“Prefeito saiu com a crista alta e voltou com o rabo entre as pernas,” diz Paulinho

Clique diário

Vista privilegiada de Itajaí

Canal 1

A Carrascodependência é uma realidade na Globo dos dias atuais

Vinicius Lummertz

SC do futuro: 2º turno deve privilegiar propostas

Gente & Notícia

Hoje tem Miss Brasil

Direito na mão

11 direitos da pessoa com câncer

Coluna do Janio

Cara de Marcílio Dias!

Coluna Exitus na Política

A cara no espelho

Coluna do Ton

Reis da make

Na Rede

Se liga no que foi destaque nas redes sociais do DIARINHO nesta semana

Via Streaming

“O Psicopata Americano”

Coluna Fato&Comentário

Aprender português com quem sabia

Jackie Rosa

Show de Armando

Artigos

Marco do sesquicentenário do município destruído

Instituto Ion | Informando e Inovando

Um ano de Informando e Inovando

Coluna Tema Livre

Cuidado com os candidatos



TV DIARINHO


- Bolsonaro deve vir a BC durante campanha ao segundo turno - É hoje: começa a temporada de festas ...



Podcast

Minuto DIARINHO - 06/10/2022

Publicado 06/10/2022 16:09



Especiais

Brasil

Atingidos por agrotóxicos não conseguem reparação na Justiça, aponta dossiê inédito

OLHO NO CARRINHO

Leite fake: espessantes, gordura vegetal e soro confundem consumidores em busca de preço

Fique ligado

Confira as orientações, regras e serviços para o dia da eleição

ENTREVISTA

“Já atingimos ponto de não retorno” em algumas regiões da Amazônia, diz pesquisadora

ELEIÇÕES 2022

Partidos em Santa Catarina receberam quase R$ 194 milhões



Blogs

A bordo do esporte

Brasil ganha cinco medalhas na vela nos Jogos Sul-Americanos

Blog do JC

Marejada

Blog do Ton

Zezé Di Camargo & Luciano aterrissam em outubro no Expocentro BC

Blog Doutor Multas

5 golpes comuns que você deve ficar atento ao comprar um carro

Blog da Jackie

Spring Party

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Jorge Boeira

“A saúde de Santa Catarina está esperando vaga na UTI”

Esperidião Amin

"Eu não quero colocar o Bolsonaro dentro da minha gaiola - que é o que alguns querem, ser o dono do Bolsonaro. Já foram até repreendidos por isso”

Décio Nery de Lima

"Vou retomar os investimentos que o Bolsonaro negou para Santa Catarina”

Jorginho Mello

"O candidato do presidente Bolsonaro é o Jorginho Mello”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação