Matérias | Política


Baixaria

Reunião da CPI das Máscaras foi marcada por ofensas na câmara

Presidente da comissão, Bruno da Saúde, foi xingado de “vassalo”, “malandro” e “palhaço” pela vereadora Anna Carolina

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Vereadora Anna criticou suspensão das reuniões da CPI após presidente receber ofício da prefeitura (Foto: Davi Spuldaro/Divulgação CVI)

A reunião da comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga a compra de máscaras pela prefeitura de Itajaí, foi marcada por um bafão na câmara de Vereadores nessa semana. Devido à votação que suspendeu as reuniões da CPI, a vereadora Anna Carolina Martins (PSDB) ficou pistola com o presidente da comissão, Bruno da Saúde (MDB), que foi xingado de “vassalo”, “malandro” e “palhaço” pela parlamentar.

Em vídeo gravado ao fim da reunião na segunda-feira e que circula pelas redes sociais, Bruno é acusado pela vereadora, que é integrante da comissão e autora do pedido pra abertura da CPI, por supostamente o vereador estar retardando os trabalhos da comissão. O episódio ainda repercutiu na sessão de terça-feira, quando os dois parlamentares se manifestaram em plenário.

Na segunda-feira, durante a segunda reunião do grupo, a CPI aprovou a suspensão dos trabalhos por três dias, após recebimento de um ofício da procuradoria-geral do município. A prefeitura, alvo da investigação, questiona os requisitos de admissibilidade da comissão, sobre qual seria o fato específico a ser investigado pelo grupo.



Com a suspensão, a próxima reunião ficou agendada pra segunda-feira, dia 20. Até lá, a procuradoria da câmara ficou de analisar a legalidade da CPI e os apontamentos feitos pela prefeitura, “a fim de garantir a segurança jurídica do processo e resguardar a validade dos atos e documentos da comissão”, segundo informou o legislativo.

A CPI é ainda é formada pelas vereadoras Christiane Stuart (PSC), relatora, Hilda Deola (PDT), secretária, e pelo vereador Osmar Teixeira (SD), membro. Anna e Osmar foram os integrantes que votaram contra a suspensão das reuniões.

Anna Carolina não concordou com a suspensão e disparou contra o presidente da CPI, o chamando de “vassalo” ao fim a reunião na segunda-feira. “Malandro é isso que tu és, e tu vais é pra Justiça. Estás parando uma Casa com dinheiro público e não estás fazendo por medinho. Volta pra trabalhar na prefeitura. Sai daqui porque aqui você não representa ninguém, palhaço”, detonou.


Bruno da Saúde se manifestou nas redes no mesmo dia sobre a polêmica. Ele explicou que, como presidente da CPI, colocou em votação pra que a comissão encaminhasse o questionamento da prefeitura à procuradoria da câmara, que responderia ao município sobre qual é o fato determinado na investigação.

“Isso foi deliberado, foi votado pelos vereadores, com dois votos contrários e três votos favoráveis, e também a suspensão dos trabalhos da CPI nesse período de três dias, pra que quem está sendo investigado saiba o porquê”, disse, ressaltando que a CPI não está anulada. “É uma questão jurídica. Nós precisamos ter segurança jurídica pra continuar a investigação”, frisou.

O vereador se comprometeu com a apuração da CPI e comentou sobre os ataques sofridos. “Quero colocar aqui que fui xingado, teve quebra de decoro parlamentar dentro dessa reunião e que medidas serão tomadas”, adiantou.

CPI investiga compra de máscaras

CPI vai apurar a suspeita de superfaturamento


A CPI das máscaras deve apurar a suspeita de superfaturamento de máscaras descartáveis contra a covid-19 compradas pela prefeitura. Em um contrato de R$ 12 milhões foram adquiridas 10 milhões de máscaras, em preço unitário que seria acima do valor de mercado. No total, 10 contratos feitos durante a pandemia devem ser investigados.

Solicitada pela vereadora Anna Carolina, a abertura da CPI foi analisada com parecer favorável da procuradoria da câmara e aprovada pelos vereadores. “[O pedido de criação] tem embasamento legal e possui objeto certo e definido de investigação, o que torna injustificado atrasar o trabalho da CPI por conta do ofício enviado à presidência da CPI pela prefeitura de Itajaí”, esclareceu a vereadora.

Ela defendeu que a comissão não avança desde a implantação, há quase um mês. “O município busca atrasar o andamento dos trabalhos, não respondendo dentro do prazo determinado os requerimentos da comissão ou enviando respostas parciais”, diz nota da parlamentar. A compra das máscaras também está sendo investigada pelo Ministério Público.

Polêmica voltou à sessão


Bruno relatou ataques nas redes sociais

A suspensão da CPI voltou à tona na câmara na sessão de terça-feira. Bruno relatou que ataques com mentiras se estenderam contra a família dele nas redes sociais. “A minha história é e sempre será de muito trabalho, não será uma mentira, alguns ataques em redes sociais e desrespeito que irão apagar tudo que construí ao longo da minha trajetória”, escreveu em uma postagem.

Anna Carolina manteve as críticas contra o presidente da comissão, que estaria “tapando o sol com a peneira” por ser do mesmo partido do prefeito. “A CPI é pra investigar a prefeitura de Itajaí. A procuradoria é o advogado do prefeito, da prefeitura. Por que que a gente tem que pedir penico pra eles?”, questionou. “Aqui é uma casa pra defender os direitos das pessoas, não pra proteger o prefeito, a prefeitura de Itajaí ou qualquer um que esteja envolvido”, disse.

Bruno pediu respeito à sua atuação, mas foi rebatido pela vereadora. “Quem tem medo e não tem culhão, quem faz a vontade da prefeitura, não deveria nem se meter numa CPI”, disse. “Eu vou falar alto e eu vou falar o que eu achar que tenho que dizer, porque eu não tenho amarra política nenhuma”, completou, ao final da manifestação.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.238.199.4

Últimas notícias

Solidariedade 

Mãe pede ajuda para alimentar os filhos

Flagra 

Homem com drogas  é preso em BC por pichação

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Aplicativo de estacionamento rotativo de BC passa por atualizações

PORTO BELO

7º edição do Festival de Camarão vai rolar em Porto Belo 

Prisão 

Traficante é preso com pedras de crack após perseguição

PENHA

Mãe arranca parte da orelha de funcionária de abrigo

Bora participar 

Passeio ciclístico de BC será neste domingo

BARRA VELHA

Sequestrador é emboscado com tiros no portão de casa; ele está entre a vida e a morte 

LUTO

Morre o ex-atleta olímpico Celso Scarpini

DESCONTAÇO

Últimos dias de ingressos a R$ 89,90 no Parque Beto Carrero



Colunistas

JotaCê

Véio da Havan interesseiro?!

Jackie Rosa

Show de Armando

Na Rede

Confira as notícias que foram destaque nas redes do DIARINHO

Canal 1

Na Globo a leitura de horário para novelas segue outro padrão

Clique diário

Pesca solitária

Coluna Esplanada

STF eleitoreiro

Direito na mão

Erros no cálculo da aposentadoria: é possível corrigir?

Gente & Notícia

Moeda exclusiva de BC

Coluna do Janio

Aposta alta

Coluna Exitus na Política

O gênero da política

Coluna do Ton

Fiori

Via Streaming

“Estrelas Além do Tempo”

Coluna Fato&Comentário

Arnaldo Brandão: centenário do escritor de Itajaí

Vinicius Lummertz

SC: propostas para o debate sobre o futuro

Artigos

Marco do sesquicentenário do município destruído

Instituto Ion | Informando e Inovando

Um ano de Informando e Inovando

Coluna Tema Livre

Cuidado com os candidatos



TV DIARINHO


Entrevistão com Jorginho Mello Candidato à Governador de Santa Catarina pelo Partido Liberal





Especiais

Cidade histórica

São Chico tem o charme de 518 anos

Preços baixos

Atacarejos se multiplicam em Itajaí e disputam consumidor mais exigente

Balneário Camboriú

Construtora e morador disputam área histórica aos pés da roda-gigante

Bancada negacionista

Médicos que defenderam tratamento ineficaz contra a covid disputam a eleição

Morte misteriosa

Corpo do ‘índio do buraco’ passa por exames em Brasília



Blogs

A bordo do esporte

Brasileira disputa final do IQFoil Games na Itália

Blog do JC

Que se danem os anões!

Blog do Ton

Zezé Di Camargo & Luciano aterrissam em outubro no Expocentro BC

Blog Doutor Multas

5 golpes comuns que você deve ficar atento ao comprar um carro

Blog da Jackie

Spring Party

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Jorginho Mello

"O candidato do presidente Bolsonaro é o Jorginho Mello”

Odair Tramontin

“O Partido Novo defende a privatização de tudo que for possível”

Jorge Bornhausen

“As urnas são absolutamente seguras. Até hoje ninguém descobriu fraude. É história de quem está pensando que pode perder”

Simone Tebet

"Sou candidata à presidência da República porque eu ainda tenho a capacidade de me indignar e não aceito que um Brasil tão rico tenha um povo tão pobre”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação