Matérias | Geral


Itajaí

CPI conclui que houve favorecimento

MP e TCE devem analisar a partir dessa semana o relatório da CPI do Transporte de Itajaí que aponta supostas irregularidades

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]



ministério Público e o tribunal de Contas do Estado (TCE) devem analisar a partir dessa semana o relatório da comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da câmara de Vereadores de Itajaí que apontou indícios de irregularidades na contratação emergencial do transporte coletivo a partir de 2017. O documento já foi apresentado em sessão no plenário e entregue pra procuradoria do legislativo encaminhar aos órgãos de controle na sexta-feira passada.

O relatório da CPI traz um balanço do que apurou desde 2019 e apresenta conclusões do contrato entre a prefeitura e a empresa Transpiedade. A empresa tocou o serviço após a saída da Coletivo Itajaí, em 2017 até agosto desse ano, quando encerrou o último contrato. Em chamamento emergencial, a empresa foi escolhida no final de outubro, retomando novamente o serviço em Itajaí.

O documento da comissão levanta suspeitas com relação às seguidas renovações na contratação emergencial, aos pagamentos de subsídios pela prefeitura, às trocas de servidores responsáveis pela fiscalização do contrato, às supostas vantagens que teriam favorecido a empresa e à demora do município em lançar a licitação definitiva do serviço.



Concluída em plena campanha das eleições municipais, a CPI foi presidida pelo vereador Fernando Pegorini (PSL), com relatoria do vereador Otto Luiz Quintino Junior (Republicanos). A comissão ainda foi composta pelo secretário Edson Lapa (PL) e pelos membros Marcelo Werner (PSC) e Fabrício Marinho (Cidadania). Pegorini afirma que não há  motivação política nas conclusões, pois a comissão teve vereadores da oposição e da situação.

“É importante frisar que não tem como se discutir aqui política nesse momento, uma vez que os cinco membros, sejam da oposição e da situação, assinaram o relatório final concordando com as conclusões do relator”, afirma. O vereador ressalta que o trabalho de investigação começou no ano passado e só terminou agora em razão da pandemia, que obrigou a suspensão das audiências, retomadas em agosto após a baixa nos casos de coronavírus.

Segundo Pegorini, apesar de os trabalhos do MP e do TCE também terem sido afetados pela pandemia, ele tem expectativa de que o relatório caminhe dentro dos órgãos e seja base pra abertura de procedimentos investigatórios. “Acredito que, nesse ano, já se tenha resultados”, comenta.


O procurador geral de Itajaí, Gaspar Laus, informou que ainda não teve acesso ao relatório, também encaminhado pela câmara à prefeitura. Ele destacou que o documento não se trata de um julgamento e tem que ser aprovado. “Após sermos devidamente notificados, o município fará sua manifestação”, observa.

Troca de servidores

As saídas das comissões de transporte dos servidores Marcelo Zimmer, fiscal de contrato, e Robson Testoni, contador da secretaria de Fazenda, também demonstraram indícios de irregularidades, segundo a CPI. Marcelo não teria concordado com cláusula que previa um repasse fixo de R$ 340 mil à empresa em 2018. Outra regra ainda previa que o contrato prevalecesse no caso de divergências com a planilha da agência Nacional de Transporte Público (ANTP), que define critérios pra cálculo das tarifas.

Já Robson teria saído após a empresa se negar a apresentar balanços contábeis pra conferência de informações, sem que houvesse qualquer punição pela procuradoria do município, conforme previa o contrato.

Após a saída de Marcelo, Euclides Rovani, de Curitiba (PR), foi contratado como diretor pelo município. A contratação é questionada pela CPI por ele ter sido alvo de investigação do MP em Guarapuava (PR), em processo que apurou fraude de licitação no transporte público daquela cidade, envolvendo também o dono da Transpiedade. 


Dispensa de licitação

No entendimento da CPI, as seguidas renovações do serviço – foram cinco, além do primeiro contrato – não pareceram a medida jurídica adequada. O relatório levou em conta a dispensa de licitação, já em investigação pelo ministério Público, os reajustes a cada renovação e que contratos emergenciais não podem ser prorrogados após 180 dias. Na prática, o município firmava um novo contrato a cada período. “Que é, na essência, uma prorrogação do primeiro de forma mascarada”, concluiu a comissão.

A CPI também apontou demora no edital de licitação do transporte público. A elaboração começou em 2017, com estudo contratado com o LabTrans, da UFSC, que também não foi entregue no prazo e passou por três aditivos. Concluído no final de 2019, o estudo foi apresentado esse ano, mas o edital, previsto pra ser lançado em outubro, ainda não saiu.

Ainda conforme a comissão, um imóvel foi cedido pra Transpiedade instalar a sede em Itajaí, em endereço da CNG Contabilidade, de Celso Nunes Goulart, pai do então chefe de gabinete do prefeito e ex-secretário de Planejamento, Celso Nunes Goulart Junior. Segundo o relatório, o uso do endereço foi a “solução” pra garantir a qualificação da empresa, já que ela não tinha qualquer endereço fiscal na cidade.


Em seu depoimento à CPI, Celso Nunes Goulart Junior relatou que não conhecia a empresa, nem seu dono e que não recebeu qualquer tipo de compensação pela cessão de endereço. Já para a comissão, tal “ato de bondade” conferiu uma vantagem à empresa.

Outro fato levantado pela CPI envolve a contratação pela Transpiedade do escritório de advocacia Duarte de Medeiros. Em ao menos duas vezes os custos do serviço do escritório teriam sido incluídos nas planilhas do transporte pra solicitação do reequilíbrio financeiro do contrato.

Na CPI, o dono da Transpiedade disse que o escritório foi contratado pra defender os interesses da empresa junto ao sindicato dos Motoristas de Itajaí, que respondeu à comissão não ter tratado de nenhum assunto com o escritório. Diante das alegações, a CPI pede que o MP aprofunde essa investigação.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.212.99.248

Últimas notícias

Itajaí

Justiça afasta dois veterinários acusados de maus tratos no canil municipal 

Pra ficar milionário

Mega acumula e prêmio chega a R$ 160 milhões

Penha

Prefeito sugere mudar o nome da Ilha Feia e causa polêmica nas redes

Estreia

Flamengo enfrenta Al-Hilal na semifinal do Mundial

DIVISA SC E PR

Trânsito na Serra volta a ser liberado em 4 faixas

Crimes contra o meio ambiente

Despacho revoga “boiada” que ameaçava prescrever milhares de multas ambientais

INVESTIMENTOS

Águas de Penha investe em tecnologia 24 horas no sistema de distribuição de água

NOVIDADE

Ética Imóveis lança site exclusivo com lançamentos imobiliários

ITAJAÍ

Consultório médico é advertido após funcionária se arriscar pra limpar vidraça

Tráfico de drogas

Polícia apreende carro de luxo e R$ 3 milhões



Colunistas

Coluna do Janio

Sequência positiva

Coluna Esplanada

Turma da roleta

Direito na mão

Como saber quando tenho que aumentar as contribuições ao INSS para uma boa aposentadoria futura?

JotaCê

“Interventor” sob suspeita

Coluna Exitus na Política

Chiclete mascado embaixo do banco

Na Rede

Se liga no que foi destaque no DIARINHO nesta semana

Coluna do Ton

Seis Aninhos

Gente & Notícia

FÉRIAS

Foto do Dia

Olha a multidão!

Canal 1

Para ex-diretora da Globo, drama do humor também passa pela renovação

Via Streaming

“Falando a real” aborda terapia e luto

Jackie Rosa

Niver do Armandinho

Clique diário

O pôr do sol!

Artigos

Escultura Santa Ceia de Ervin C. Teichmann, prevista para a Igreja Matriz, está sendo oferecida a Itajaí pelo filho do escultor

Vinicius Lummertz

Turismo, para um Feliz Ano Novo

Coluna Fato&Comentário

Menino Jesus, São Nicolau, velho pom-pom e Papai Noel



TV DIARINHO


CHEIO DE MOSQUITO: Um terreno abandonado virou alvo de denúncias e reclamações dos moradores da Murta ...





Especiais

Economia

Paixão Nacional Indústria da cerveja representa 2% do PIB e emprega 2,7 milhões de trabalhadores

Em frente à Univali

Bar Manias chega à maioridade atendendo ao fiel público universitário

Pesquisa de preço

Atacadões apostam em diversidade de marcas e descontos pra venda de cerveja

MESMA VIBE

Cinco atrações de Alicante que têm tudo a ver com Itajaí

Cinturão verde ameaçado

Inundações colocam em risco produção de hortaliças em Itajaí



Blogs

A bordo do esporte

Marco Zero de Recife (PE) foi palco da largada da Globe 40

Blog do JC

Racha

Blog da Ale Francoise

Benefícios do chá de funcho

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Volnei Morastoni

“Não sei quem inventou que eu tava com câncer. Eu tive um problema de estafa física e mental”

David Fernandes “LaBarrica”

"Meu sonho é ser prefeito de Balneário Camboriú”

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação