Matérias | Geral


Itajaí

Mudança nos salários da segurança é sancionada

Governador incorporou indenização aos salários de policiais, bombeiros e do IGP

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Uma reivindicação antiga dos servidores estaduais da segurança pública foi atendida pelo governador Carlos Moisés (PSL) ao sancionar projeto de lei aprovado na assembleia Legislativa que regulariza o pagamento da indenização por Regime Especial de Serviço Ativo. O adicional é voltado pra funcionários de carreira expostos a atividades de risco, mas a forma como o pagamento era feito foi considerada inconstitucional pelo supremo Tribunal Federal (STF) para policiais civis, em decisão recente.

Com a nova lei, o valor deixa de ser um “penduricalho” e passará a ser incorporado ao salário. A mudança ainda foi estendida para policiais militares e civis, bombeiros militares e servidores do instituto Geral de Perícias (IGP) para igualar o direito em todas as categorias da segurança. As indenizações correspondem a quase 20% do salário dos trabalhadores.

No ato de sanção da lei, na quarta-feira, o governador destacou que a regularização do pagamento respeita a legislação federal que proíbe reajustes aos servidores até 2021 devido à pandemia. “Esse ato traz segurança jurídica aos policiais civis e militares, bombeiros e servidores do IGP. Traz também uma garantia para esses profissionais em caso de afastamentos”, discursou.



Para os servidores do IGP, a incorporação da indenização ao salário passará a valer só partir de janeiro de 2022 pra não caracterizar aumento salarial restrito atualmente. Hoje, 500 dos quase 700 servidores do órgão já recebem o valor por via judicial. Algumas associações, como a dos peritos oficiais e dos papiloscopistas entraram na justiça e conseguiram decisão favorável.

A mudança vai atender mais de 20 mil servidores da segurança. Segundo o governo do estado, o impacto mensal, incluindo as indenizações e os benefícios que recaem sobre elas, é de R$ 8,1 milhões, sendo R$ 42,1 milhões a serem desembolsados nesse ano. Com a inclusão dos servidores do IGP, a partir de 2020, o montante vai passar pra R$ 141 milhões ao ano.

Com a incorporação ao salário, a indenização será incluída nos cálculos de férias e 13º salário, enquanto que do valor também será retido à contribuição da previdência. Apesar de a mudança corrigir perdas salariais e evitar a derrota na justiça de quem buscava obter o benefício, a legislação ainda poderá ser alvo de contestação pela associação dos Praças de Santa Catarina (Aprasc).


Isso porque, na nova carreira, o servidor militar que chegar à reserva vai perder o benefício. Para manter a indenização, ele terá que escolher o plano antigo de carreira e subir na hierarquia ao alcançar a reserva. A entidade discute esse ponto pra que o direito seja igual pra todos.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.212.99.248

Últimas notícias

Trânsito

Nova ligação de água interdita rua 3030 em BC

Itajaí

Justiça afasta dois veterinários acusados de maus tratos no canil municipal 

Pra ficar milionário

Mega acumula e prêmio chega a R$ 160 milhões

Penha

Prefeito sugere mudar o nome da Ilha Feia e causa polêmica nas redes

Estreia

Flamengo enfrenta Al-Hilal na semifinal do Mundial

DIVISA SC E PR

Trânsito na Serra volta a ser liberado em 4 faixas

Crimes contra o meio ambiente

Despacho revoga “boiada” que ameaçava prescrever milhares de multas ambientais

INVESTIMENTOS

Águas de Penha investe em tecnologia 24 horas no sistema de distribuição de água

NOVIDADE

Ética Imóveis lança site exclusivo com lançamentos imobiliários

ITAJAÍ

Consultório médico é advertido após funcionária se arriscar pra limpar vidraça



Colunistas

Coluna do Janio

Sequência positiva

Coluna Esplanada

Turma da roleta

Direito na mão

Como saber quando tenho que aumentar as contribuições ao INSS para uma boa aposentadoria futura?

JotaCê

“Interventor” sob suspeita

Coluna Exitus na Política

Chiclete mascado embaixo do banco

Na Rede

Se liga no que foi destaque no DIARINHO nesta semana

Coluna do Ton

Seis Aninhos

Gente & Notícia

FÉRIAS

Foto do Dia

Olha a multidão!

Canal 1

Para ex-diretora da Globo, drama do humor também passa pela renovação

Via Streaming

“Falando a real” aborda terapia e luto

Jackie Rosa

Niver do Armandinho

Clique diário

O pôr do sol!

Artigos

Escultura Santa Ceia de Ervin C. Teichmann, prevista para a Igreja Matriz, está sendo oferecida a Itajaí pelo filho do escultor

Vinicius Lummertz

Turismo, para um Feliz Ano Novo

Coluna Fato&Comentário

Menino Jesus, São Nicolau, velho pom-pom e Papai Noel



TV DIARINHO


CHEIO DE MOSQUITO: Um terreno abandonado virou alvo de denúncias e reclamações dos moradores da Murta ...





Especiais

Economia

Paixão Nacional Indústria da cerveja representa 2% do PIB e emprega 2,7 milhões de trabalhadores

Em frente à Univali

Bar Manias chega à maioridade atendendo ao fiel público universitário

Pesquisa de preço

Atacadões apostam em diversidade de marcas e descontos pra venda de cerveja

MESMA VIBE

Cinco atrações de Alicante que têm tudo a ver com Itajaí

Cinturão verde ameaçado

Inundações colocam em risco produção de hortaliças em Itajaí



Blogs

A bordo do esporte

Marco Zero de Recife (PE) foi palco da largada da Globe 40

Blog do JC

Racha

Blog da Ale Francoise

Benefícios do chá de funcho

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Volnei Morastoni

“Não sei quem inventou que eu tava com câncer. Eu tive um problema de estafa física e mental”

David Fernandes “LaBarrica”

"Meu sonho é ser prefeito de Balneário Camboriú”

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação