Matérias | Geral


Itajaí

CPI aponta fraude em licitação

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A dívida milionária começou porque o ex-prefeito Evandro dos Navegantes (PSDB) deixou de fazer os recolhimentos ao INSS exigidos por lei. O não pagamento teria sido indicado pela empresa Pública Consultoria e Desenvolvimento Profissional, de Blumenau, contratada pela prefeitura. Por conta da dívida, a prefeitura não consegue mais fazer convênios com os governos federal e estadual para repasse de verbas.

Os problemas, de acordo com o vereador Maurício Brockveld (PROS), relator da CPI, começam com a contratação da empresa de consultoria. “Os processos licitatórios referentes aos anos de 2009 a 2010 não foram localizados nos registros da prefeitura de Penha, somente o contrato, com a empresa Pública Consultoria e Desenvolvimento Profissional”, aponta o parlamentar no relatório.

Já as licitações que ocorreram nos anos seguintes, apresentam sempre as mesmas concorrentes, com a vitória da Pública e a inabilitação das demais. ´

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Os problemas, de acordo com o vereador Maurício Brockveld (PROS), relator da CPI, começam com a contratação da empresa de consultoria. “Os processos licitatórios referentes aos anos de 2009 a 2010 não foram localizados nos registros da prefeitura de Penha, somente o contrato, com a empresa Pública Consultoria e Desenvolvimento Profissional”, aponta o parlamentar no relatório.

Já as licitações que ocorreram nos anos seguintes, apresentam sempre as mesmas concorrentes, com a vitória da Pública e a inabilitação das demais. ´



Além disso, o processo de licitação feito por carta convite, modalidade simplificada para contratos de até R$ 80 mil. A Pública venceu todos com valores próximos de R$ 79 mil e depois recebeu mais R$ 25% de aditivos, concedidos pelo ex-prefeito Evandro dos Navegantes.

“Os fatos vem a corroborar a hipótese de que o certame licitatório foi meramente a instrumentalização formal da contratação direta pretendida entre as partes, demonstrando conduta fraudulenta, articuladas nas licitações montadas em favoritismos e conveniências”, aponta o relator.

A CPI volta a se reunir somente no próximo dia 22 de janeiro. Nessa data, os membros da comissão pretendem começar a ouvir representantes da empresa de consultoria, o ex-prefeito e outros ex-gestores da prefeitura ligados ao contrato com a Pública.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.192.15.251

TV DIARINHO


Uma mulher, de identidade ainda não informada, morreu em um incêndio em Itajaí. O fogo começou por volta ...





Especiais

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica

PLANEJAMENTO URBANO

Camboriú vai investir mais de R$ 60 milhões em mobilidade



Blogs

Blog do JC

Mudou

A bordo do esporte

Thiago Pereira e Swim Floripa levam Troféu José Finkel para Floripa

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação