Matérias | Geral


Itajaí

Calçadão da Central pode ter o nome de Aducci Corrêa

Grupo de 11 vereadores apresentou projeto para que o calçadão homenageie o “rei do jogo do bicho”

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

É esse trecho, entre as avenidas Atlântica e Brasil, que os vereadores querem por o nome do contraventor
É esse trecho, entre as avenidas Atlântica e Brasil, que os vereadores querem por o nome do contraventor
miniatura galeria
miniatura galeria


O falecido Aducci Corrêa, que morreu há cerca de um mês aos 86 anos, tá pra virar nome de rua em Balneário Camboriú. E não é de qualquer rua. Projeto apresentado por um grupo de vereadores quer que o calçadão da avenida Central, que fica no trecho entre as avenidas Brasil e Atlântica, passe a ter o nome do primeiro bicheiro da região. A ideia não agradou lideranças do comércio local. O projeto foi apresentado em 7 de dezembro. A proposta, que tem 11 assinaturas, é encabeçada pelo presidente da câmara, Roberto Souza Júnior (PMDB). Há ainda parlamentares do PP, PR, PSB e PPS. “Fica denominada como Calçadão Aducci Correa o trecho de ligação entre a avenida Brasil e a avenida Atlântica no bairro Centro”, diz o texto da proposta. Na justificativa do projeto, os vereadores afirmam que tem a intenção de “homenagear honrosamente” Aducci Corrêa. O argumento é que ele ajudou a construir a sede da entidade Amor para Down e que foi um empreendedor na cidade. “Veio para Balneário Camboriú em 1958 iniciar seus empreendimentos”, afirmam ainda os vereadores, sem deixar claro, no documento, que tipo de empreendimento Aducci estreou na cidade. Aducci atuou com a jogatina na região desde a década de 70. As polícias Civil e Militar “estouraram” várias vezes suas bancas de jogo de bicho e ele chegou a ser levado para depoimento na delegacia, por conta da atuação na contravenção. Foi com o jogo do bicho que enriqueceu e comprou imóveis em Itajaí e Balneário Camboriú. Inclusive construiu uma mansão na praia de Laranjeiras, em área de preservação ambiental, segundo o ministério Público. O DIARINHO procurou ontem o vereador Roberto Souza Júnior, presidente da câmara de Vereadores de Balneário Camboriú. No gabinete da presidência, a reportagem foi informada que ele estava em reunião e que o recado seria repassado. Ele não atendeu as ligações feitas no celular funcional da câmara e até o fechamento desta página não respondeu ao e-mail da redação. Comércio não quer “Acho um tanto constrangedor. Ainda mais para nós, que pregamos a legalidade e somos contra os comércios ilegais”. A opinião é de Eliane Colla, presidenta da câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Balneário Camboriú. Para Eliane, os vereadores devem conversar e fazer uma consulta com que quem tem negócios no calçadão. “É preciso ouvir o que a população pensa. Na minha opinião tem que ser muito bem pesquisado. Eu acho que não deve mudar assim”, afirma. Hélio Dagnoni, presidente do sindicato do Comércio Varejista de Balneário Camboriú, tem opinião parecida. Ele acredita que um novo nome vai atrapalhar quem se referencia pela avenida Central para se mover pela cidade. “A Central é um marco divisório do centro. De um lado ficam as ruas com números ímpares e do outro as de números pares. Se mudar vai confundir, inclusive pro pessoal da entrega”, acredita. O chefão do Sincomércio diz que vez por outra tomava um café com Aducci Corrêa no calçadão. O bicheiro, segundo ele, tinha imóveis por lá. “Acredito que o seu Aducci merecia uma homenagem maior que o calçadão”, elogia. “Que esses vereadores botem o nome da Cosip de Aducci Corrêa”, brinca, comentando o reajuste da taxa de iluminação pública aprovado recentemente pela câmara de Veradores. Policial que atuou na repressão à jogatina também quer homenagem O que também chama a atenção é que entre os proponentes da mudança de Central para Aducci Corrêa está um policial civil aposentado. O vereador Nilson Probst (PMDB) atuou, inclusive, no setor de jogos e diversões da delegacia Regional de Balneário Camboriú, departamento que atua na repressão ao jogo de bicho. Por e-mail, Nilson disse que conheceu Aducci há alguns anos e que ele era empresário em Balneário Camboriú. Perguntado sobre que tipo de atividade empresarial o bicheiro tocava, Nilson respondeu: “Ele era proprietário de diversas salas comerciais, terrenos e outros imóveis na cidade”. O DIARINHO também perguntou se o fato do homenageado ser dono de inúmeras bancas do jogo do bicho não macularia o projeto de mudança de nome do calçadão. “Desde que o conheci presenciei ele ajudando diversas entidades com apenas uma exigência: não citarem que ele foi o autor da colaboração”, argumentou. Segundo ainda Nilson, a sede da ONG Amor pra Down, bancada por Aducci, custou mais de R$ 1 milhão. “Ele apenas solicitou que o prédio levasse o nome da sua mãe”, completou. Na época, o pedido foi aceito prontamente. O nome da sede é Dona Lindinha




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Clique aqui para fazer o seu cadastro.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Entre em contato com a redação ❯
WhatsAPP DIARINHO

Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.238.121.7

Últimas notícias

Atriz Shelley Duvall morre aos 75 anos 

ADEUS

Atriz Shelley Duvall morre aos 75 anos 

Brasileira morre durante combate a incêndio nos Estados Unidos

HEROÍNA

Brasileira morre durante combate a incêndio nos Estados Unidos

Mulheres são agredidas pelo marido e pelo irmão em Itajaí

VIOLÊNCIA

Mulheres são agredidas pelo marido e pelo irmão em Itajaí

Acidente entre moto e carro na BR 101 causa filas de 7km em Itajaí

TRÂNSITO

Acidente entre moto e carro na BR 101 causa filas de 7km em Itajaí

Mulheres vítimas de violência têm nova turma de defesa pessoal em Penha; veja como participar

Penha

Mulheres vítimas de violência têm nova turma de defesa pessoal em Penha; veja como participar

“Vendas se fazem com pessoas. A vida é um relacionamento que se constrói com pessoas...”, ensina  Francisco Graciola 

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

“Vendas se fazem com pessoas. A vida é um relacionamento que se constrói com pessoas...”, ensina  Francisco Graciola 

Grupo de curso “pré-militar” é denunciado por fraudes e uso irregular de escolas públicas

SANTA CATARINA 

Grupo de curso “pré-militar” é denunciado por fraudes e uso irregular de escolas públicas

Pão de forma pode te fazer reprovar no teste de bafômetro, mostra estudo

Essa massa tá diferente

Pão de forma pode te fazer reprovar no teste de bafômetro, mostra estudo

Zeca Pagodinho é a estrela da agenda

FOCA NO FINDE

Zeca Pagodinho é a estrela da agenda

Férias têm atividades gratuitas no Bravamall

Alô, criançada!

Férias têm atividades gratuitas no Bravamall



Colunistas

Juliana Pavan homenageia CH

JotaCê

Juliana Pavan homenageia CH

Coluna Esplanada

Paper no rolo

Saudade: um olhar da psicologia do luto

Ideal Mente

Saudade: um olhar da psicologia do luto

Registro aéreo

Foto do Dia

Registro aéreo

Tema: pedir aumento de salário, dicas para um assunto delicado

Mundo Corporativo

Tema: pedir aumento de salário, dicas para um assunto delicado

Família Bellini em festa

Gente & Notícia

Família Bellini em festa

Entraram pra história

Show de Bola

Entraram pra história

Aposentadoria por redução da capacidade para o trabalho

Direito na mão

Aposentadoria por redução da capacidade para o trabalho

Coluna Exitus na Política

A socidedade no corpo humano [6]

Falas do pastor, CNHs free e morte de professora bombaram nas redes

Na Rede

Falas do pastor, CNHs free e morte de professora bombaram nas redes

Viva a Marina

Coluna do Ton

Viva a Marina

Vento terral ou “rapa-canela”: o frio em Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Vento terral ou “rapa-canela”: o frio em Itajaí

Fundos imobiliários: oportunidades em fundos de tijolo e de papel

Diário do Investidor

Fundos imobiliários: oportunidades em fundos de tijolo e de papel

Tati Cechinel e a filha Yasmin

Jackie Rosa

Tati Cechinel e a filha Yasmin

Histórias que eu conto

Colégio Catarinense 7 – final

Luta por direitos

Via Streaming

Luta por direitos

Artigos

Nos 164 anos de Itajaí, as pontes são para o futuro



TV DIARINHO


🥹✅ Prefeito e servidoras de Penha choram ao conseguir liberação para obras do parque linear. As obras ...





Especiais

Governo apreende 50 antenas Starlink em garimpos ilegais na terra Yanomami

Elon Musk

Governo apreende 50 antenas Starlink em garimpos ilegais na terra Yanomami

Após “PL do Estupro”, políticos bolsonaristas têm novos projetos que ameaçam aborto legal

LEGISLATIVO

Após “PL do Estupro”, políticos bolsonaristas têm novos projetos que ameaçam aborto legal

Urupema: destino do papagaio-charão e de milhares de turistas que querem inverno de verdade

NA ESTRADA

Urupema: destino do papagaio-charão e de milhares de turistas que querem inverno de verdade

 Marcha para Jesus se tornou um terreno político em disputa

BRASIL

Marcha para Jesus se tornou um terreno político em disputa

Confira 10 dicas para curtir Itajaí no feriado

15 de junho

Confira 10 dicas para curtir Itajaí no feriado



Blogs

Venceu

Blog do JC

Venceu

Bate-Papo sobre Esporte & Sustentabilidade

A bordo do esporte

Bate-Papo sobre Esporte & Sustentabilidade

Arquiteta Jordana Battisti, de Balneário Camboriú, apresenta o Café Bistrô Chá da Alice na CASACOR/SC - Itapema

Blog do Ton

Arquiteta Jordana Battisti, de Balneário Camboriú, apresenta o Café Bistrô Chá da Alice na CASACOR/SC - Itapema

Jojo e Gaultier juntinhos

Blog da Jackie

Jojo e Gaultier juntinhos

Gerenciamento do Envelhecimento

Blog da Ale Francoise

Gerenciamento do Envelhecimento

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

"Nós já éramos PL antes do Bolsonaro entrar no PL. Nós não somos aproveitadores que entramos agora”

Carlos Humberto

"Nós já éramos PL antes do Bolsonaro entrar no PL. Nós não somos aproveitadores que entramos agora”

"O prefeito foi sete vezes a Dubai, em um ano, mas não se tem notícia de ter se reunido em um bairro de Balneário Camboriú”

Claudir Maciel

"O prefeito foi sete vezes a Dubai, em um ano, mas não se tem notícia de ter se reunido em um bairro de Balneário Camboriú”

"Eu digo que Camboriú não é uma bola para sair chutando. Muito menos cemitério de elefantes"

John Lenon Teodoro

"Eu digo que Camboriú não é uma bola para sair chutando. Muito menos cemitério de elefantes"

"Houve um racha de parte do União Brasil com parte do MDB”

Márcio Dedé

"Houve um racha de parte do União Brasil com parte do MDB”



Hoje nas bancas

Capa de hoje
Folheie o jornal aqui ❯








Newsletter

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação