Matérias | Geral


Itajaí

A melhor forma de elaborar leis de zoneamento em Itajaí

A priorização da ação política pode fragilizar todo o processo de construção do Plano Diretor peixeiro

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Diante de tantas irregularidades, de procedimentos feitos na frieza e obscuridade de gabinetes, o DIARINHO resolveu ouvir especialistas que exponham de que forma devemos pensar as leis de zoneamento que serão tentáculos do futuro Plano Diretor, que deverá guiar Itajaí pelos próximos anos.

O geógrafo e oceanógrafo Marcus Polette é rápido ao dizer o que é essencial pra dar qualidade a essa escolha. “A participação das pessoas é muito importante. Elas têm que dizer se querem espigões na Beira-rio ou na praia Brava. Elas precisam expor a estética, a funcionalidade da cidade, os meios de chegar, a circulação, enfim, decidir o futuro da cidade e de seus moradores”, avalia Polette.

A técnica de especialistas, segundo o professor, também deve se sobrepor aos engomados políticos que coordenam estruturas essenciais ao planejamento e execução de obras fundamentais pro município ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


O geógrafo e oceanógrafo Marcus Polette é rápido ao dizer o que é essencial pra dar qualidade a essa escolha. “A participação das pessoas é muito importante. Elas têm que dizer se querem espigões na Beira-rio ou na praia Brava. Elas precisam expor a estética, a funcionalidade da cidade, os meios de chegar, a circulação, enfim, decidir o futuro da cidade e de seus moradores”, avalia Polette.

A técnica de especialistas, segundo o professor, também deve se sobrepor aos engomados políticos que coordenam estruturas essenciais ao planejamento e execução de obras fundamentais pro município. Pra Polette, Itajaí precisa criar o instituto de Planejamento Urbano, que seria gerido por técnicos e não políticos dos mais variados tipos. “Enquanto não tivermos esse instituto em Itajaí, ao meu ver, essa cidade corre grandes riscos futuros, pois as coisas seguiram acontecendo da mesma maneira atual”, acredita o doutor em gestão costeira da Univali.



O sociólogo Sérgio Saturnino, também professor na Univali, é outro que bate na tecla de que precisamos de um povão mais participativo na tomada de decisões. O mestre em Sociologia não gosta de muita política envolvida no processo de formação de leis de zoneamento. “A política em demasia fragiliza todo o processo de construção dessas leis. Nunca você pode ter uma participação maior de políticos do que da sociedade, pois as pessoas é que precisam debater o que querem para amanhã e para os próximos anos, senão, que validade tem?”, questiona.

Não esqueçam do meio ambiente

Pra fechar, a presidente da ONG UniBrava, Cláudia Severo, acredita que o meio ambiente deva estar no ponto central das discussões, que devem obrigatoriamente ter o respaldo da população. Segundo Cláudia, as pessoas têm o direito a cidades sustentáveis. “Assim como o direito à moradia, ao saneamento ambiental, à infraestrutura urbana, ao transporte e aos serviços públicos, pra esta e outras gerações”, enumera.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.222.218.145

TV DIARINHO






Especiais

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

violência

Brasil tem um assassinato de pessoa trans a cada três dias

Programa diferente

Na Estrada: Escapada pra Curitiba num finde de verão

Presidente do STM

Acampamentos golpistas “foram tolerados por orientação” militar

Agropecuária

Bancada adota ‘discurso tóxico’ em anúncios nas redes sociais



Blogs

A bordo do esporte

Volta da Ilha das Cabras abre temporada de regatas em São Paulo

Blog do JC

Lula e o genocídio

Gente & Notícia

Churrasco On Fire, da dupla Fernando e Sorocaba, chega a Massaranduba

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog da Jackie

O ‘sim’ de Ângela e Dolor

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação