Matérias | Geral


Itajaí

46 dimenores já fugiram do CIP de Itajaí em 2011

Estrutura do centro de internamento não dá conta de segurar a rapaziada trancafiada por ordem da dona justa

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]


O número é de assustar. Já foram 46 adolescentes que fugiram este ano do centro de Atendimento Socio-educativo Provisório (Casep), antigo centro de Internamento Provisório (CIP) de Itajaí. Se levarmos em consideração que já estamos na 45ª semana do ano, é mais de um dimenor envolvido com o mundo do crime que toda semana siscapole daquele local, que fica na rua das Hortênsias, no popular bairro Cidade Nova, periferia da cidade.


Os últimos dois rapazes fugiram do Casep na quinta-feira da semana passada. Ajudaram a jogar as estatísticas ainda mais pra cima. Pelos relatórios da polícia Militar, com mais esta fuga subiram ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Os últimos dois rapazes fugiram do Casep na quinta-feira da semana passada. Ajudaram a jogar as estatísticas ainda mais pra cima. Pelos relatórios da polícia Militar, com mais esta fuga subiram para 12 os registros de ocorrência este ano relacionados às escapulidas dos internos do antigo CIP. Este número já supera a quantidade de ocorrências de todo o ano passado, quando em 10 ocasiões rolaram escapadas do centro.



Mas não é só o número que assusta. A frequência com que rolam as fugas também reforça a infeliz estatística do Casep. Só no dia 19 de março, 16 internos fugiram pouco antes do meio-dia. Cinco deles foram recapturados horas mais tarde. No mesmo dia, à noitinha, três dos que haviam fugido de manhã siscafederam novamente.

Junho foi o mês com maior número de ocorrências de fuga do centro. A PM peixeira gerou três boletins num intervalo de 12 dias durante aquele período. Ao longo do mês das festas juninas, quatro internos siscapuliram e um deles foi recapturado pela PM. Apenas nos meses de fevereiro, maio e julho não rolaram fugas por lá.


A estatística da PM revela ainda que quatro das 12 evasões rolaram pouco depois ou próximo do meio-dia. “Eles se aproveitam porque o pessoal está envolvido com o almoço ou outras atividades”, explica a sargento Sandra Kaísa.


Estrutura facilita as fugas

O que a polícia costuma classificar como evasão ou fuga, a coordenadora do Casep, Helen Pizzato, prefere chamar de “tentativa de liberação” por parte dimenores. O sucessivo número de escapulidas, interpreta, seria em parte fruto de uma concepção equivocada plantada pela mídia na cabeça da molecada internada. “O pessoal acha que isso aqui é uma prisão. São adolescentes, não bandidos-mirins”, lasca, numa alfinetada à expressão que o DIARINHO costuma usar.

Pra chefona do Casep, as fugas têm ainda a ver com uma característica do público internado. “Eles têm família lá fora, namoradas, pai, mãe e alguns até filhos. Estão na fase de plena energia. Não vão querer ficar aqui dentro”, argumenta.

Helen admite que a estrutura do centro facilita a fugida da pirralhada mais corajosa. “Os muros são baixos e fracos. Outro dia conseguiram quebrar o muro com uma garrafa de dois litros de água congelada”, revela.

O Casep de Itajaí tem uma estrutura pra abrigar 29 adolescentes. Atualmente, tem 26. Todos foram encaminhados pra lá por determinação da dona justa por terem praticado algum crime. Como a lei brazuca não permite punição pra dimenores igual à dada aos adultos, a rapaziada acaba indo pros Caseps. Mas, discursa Helen, o local tá longe de ser uma prisão pros jovens infratores da região. “A mídia confunde com prisão”, volta a reclamar a coordenadora do centro.


Delegado diz que tá preocupado com fugas

O dotô Fabrício Loch, da delegacia da Criança e do Adolescente de Itajaí, diz que o problema das fugas do Casep é de conhecimento da polícia Civil peixeira. Ele já manifestou aos seus superiores sua preocupação com as constantes escapadelas daquele local, afirma. “Isso nos deixa em alerta, pois é um lugar onde eles deveriam ficar internados. O problema é que a administração não depende da polícia Civil”, faz questão de dizer.

Pro delegado, que conversou por telefone com o DIARINHO, apesar do esforço do Casep em tentar recuperar os adolescentes infratores de Itajaí e região, o trampo desenvolvido por lá é incapaz de solucionar o perrengue. “É um trabalho essencialmente de ressocialização. Creio que dificilmente esses adolescentes vão se reabilitar num órgão. É preciso educar desde o início”, opina.


Local tá mais pra internato do que pra prisão de dimenores

O DIARINHO teve acesso às instalações do Casep do bairro Cidade Nova. Esqueça a ideia de um ambiente pesado, frio e maligno. O lugar está mais para uma escola de regras rígidas do que uma prisão para adolescentes. São funcionários da ong Associação Opção de Vida, contratada pelo governo do estado, quem toca o centro.

Internado por determinação judicial, o dimenor chega ao Casep e vai ocupar uma das quatro alas que tem lá: A, B, C ou a de ressocialização. Isso depende do comportamento. Os mais problemáticos - ou perigosos, como se queira chamar - vão direto pra A ou B. Nas outras duas ficam os rapazinhos em estágio final de recuperação.

Com arrego, aos sábados, os internos da ala de ressocialização têm o direito de passar o finde com os familiares. Todos, no entanto, têm o direito de se comunicar com a família por telefone durante as segundas-feiras.

Têm hora pra levantar e dormir

Os hóspedes do Casep têm hora pra levantar, almoçar, se recolher e dormir. Acordam às 7h da matina, tomam o café da manhã e seguem para as atividades pedagógicas. Uma fessora do centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) leciona disciplinas básicas como matemática e português durante meio período e, na outra metade do dia, trampa como pedagoga. Um fessor de educação física também dá aulas pra garotada às terças e quintas-feiras. Dez educadores, no total, trabalham dentro do Casep.

Há ainda outras atividades no local. “Depois das aulas eles almoçam e participam de oficinas na parte da tarde. Todos têm cinco refeições por dia, com café da manhã, almoço, lanche da tarde, janta e lanche da noite”, explica Helen.

A coordenadora do centro diz que a rapaziada tem, toda semana, atendimento médico, de dentista e de uma psicóloga, que avalia a condição de cada interno ou de uma turma com características semelhantes. “Todos os dias, seis horas por dia, um psicólogo avalia cada um, individualmente ou em grupo”, revela a mandachuva.

O dia dos internos termina às 19h, quando todos são obrigados a ir pro quarto. Às 22h rola o toque do silêncio, quando as luzes são apagadas e a galerinha tem de pegar no sono na marra.

Vizinha do Casep vive cotidiano de medo

Adriana Neis, 33 anos, mora em uma das ruas próximas ao Casep e trampa em um mercadinho em frente ao centro, na rua das Hortênsias. Por isso, conhece bem a rotina das escapadelas dos internos.

Em uma das fugas, lembrou, o dimenor entrou no carango de um vizinho de 17 anos que havia acabado de chegar. “Os policiais bateram nos dois, achando que ele também era fugitivo”, contou.

Mãe de um menino de nove anos, a mulher afirmou que treme de medo toda vez que ouve falar de uma fuga no antigo CIP. “A gente fica o dia inteiro com os portões fechados. Não deixo o meu menino sozinho na frente de casa”, disse.

Rapaziada tem dificuldade em seguir regras

Pra psicóloga Taísa da Silva Cassol, que trampa no DIARINHO, é praticamente impossível manter internado um adolescente que já não seguia regras bem definidas em casa. A dureza do internato, analisou, é a gota d’água e um dos agentes motivadores da fuga. “Eles perdem a liberdade de escolher a hora que querem acordar, comer, dormir”, comenta a psicóloga, completando: “Ali, ele não é dono do seu tempo. Se não tinha um controle formal da família, não obedecia a regras em casa, vai se sentir em uma prisão”.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Clique aqui para fazer o seu cadastro.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Entre em contato com a redação ❯
WhatsAPP DIARINHO

Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






100.28.227.63

Últimas notícias

Comerciante é preso com peças roubadas de carro; veja o vídeo 

REGIÃO

Comerciante é preso com peças roubadas de carro; veja o vídeo 

Preso homem que ameaçava juízes e promotores da região

Bandido

Preso homem que ameaçava juízes e promotores da região

Morador do bairro São João denuncia mais de 20 buracos em sua rua; veja o vídeo

ITAJAÍ

Morador do bairro São João denuncia mais de 20 buracos em sua rua; veja o vídeo

Aparelho de pressão causou confusão entre cliente e funcionário de farmácia em Cordeiros

Itajaí

Aparelho de pressão causou confusão entre cliente e funcionário de farmácia em Cordeiros

CCAA está com matrículas abertas para cursos de inglês Baby e Kids

ITAJAÍ

CCAA está com matrículas abertas para cursos de inglês Baby e Kids

Ladrões usando carrinho de recicláveis roubam o Prensadão do Urso; veja o vídeo

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Ladrões usando carrinho de recicláveis roubam o Prensadão do Urso; veja o vídeo

BMW lança condições especiais para linha de veículos elétricos no Brasil

Luxo com oferta

BMW lança condições especiais para linha de veículos elétricos no Brasil

Francisco Graciola é homenageado com a Comenda do Mérito Industrial de SC

DESTAQUE

Francisco Graciola é homenageado com a Comenda do Mérito Industrial de SC

Tragédia em BC: vítima que morreu em explosão de ar-condicionado caiu do sexto andar

BALNEÁRIO

Tragédia em BC: vítima que morreu em explosão de ar-condicionado caiu do sexto andar

Vitara retorna ao mercado brasileiro em versão híbrida

Remember

Vitara retorna ao mercado brasileiro em versão híbrida



Colunistas

Univali fazendo o dever de casa

JotaCê

Univali fazendo o dever de casa

Coluna Esplanada

Bicho limpo

Por que este é um bom momento para investir em Fundos Imobiliários?

Diário do Investidor

Por que este é um bom momento para investir em Fundos Imobiliários?

E quem cuida de quem cuida?

Ideal Mente

E quem cuida de quem cuida?

Coluna Exitus na Política

O feitiço da educação: a magia de ser (3)

Gramado do Gigantão

Show de Bola

Gramado do Gigantão

Como o trabalho rural pode antecipar e aumentar o valor da aposentadoria

Direito na mão

Como o trabalho rural pode antecipar e aumentar o valor da aposentadoria

Luta por direitos

Via Streaming

Luta por direitos

Seja hábil para lidar com ambiente tóxico nas organizações

Mundo Corporativo

Seja hábil para lidar com ambiente tóxico nas organizações

Pastores deixam a Bola de Neve e flagra de tarado na praia de Navegantes: se liga no que bombou no DIARINHO

Na Rede

Pastores deixam a Bola de Neve e flagra de tarado na praia de Navegantes: se liga no que bombou no DIARINHO

Festerê família Silva e Sodré

Jackie Rosa

Festerê família Silva e Sodré

Colégio Catarinense 5

Histórias que eu conto

Colégio Catarinense 5

Artigos

Nos 164 anos de Itajaí, as pontes são para o futuro

Coluna Fato&Comentário

Itajaí: 164 anos de município, não de fundação

Niver da Candice

Coluna do Ton

Niver da Candice

Níver da Margot

Gente & Notícia

Níver da Margot

“O mar, quando quebra na praia”

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo



TV DIARINHO


DEU TAINHA | O pescado finalmente caiu na rede dos pescadores da Praia Central, em Balneário Camboriú ...





Especiais

Urupema: destino do papagaio-charão e de milhares de turistas que querem inverno de verdade

NA ESTRADA

Urupema: destino do papagaio-charão e de milhares de turistas que querem inverno de verdade

 Marcha para Jesus se tornou um terreno político em disputa

BRASIL

Marcha para Jesus se tornou um terreno político em disputa

Confira 10 dicas para curtir Itajaí no feriado

15 de junho

Confira 10 dicas para curtir Itajaí no feriado

10 edifícios recomendados como um ótimo investimento

LUXO É VIVER BEM

10 edifícios recomendados como um ótimo investimento

Costa itajaiense coleciona casos de naufrágios

Desde o século 19

Costa itajaiense coleciona casos de naufrágios



Blogs

Avelar Sports com estrutura de ponta na Copa do Mundo de XCE

A bordo do esporte

Avelar Sports com estrutura de ponta na Copa do Mundo de XCE

Dois extremos

Blog do JC

Dois extremos

Arraial do Passeio

Blog da Jackie

Arraial do Passeio

A pílula da felicidade

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

"Eu digo que Camboriú não é uma bola para sair chutando. Muito menos cemitério de elefantes"

John Lenon Teodoro

"Eu digo que Camboriú não é uma bola para sair chutando. Muito menos cemitério de elefantes"

"Houve um racha de parte do União Brasil com parte do MDB”

Márcio Dedé

"Houve um racha de parte do União Brasil com parte do MDB”

“Este muro imaginário de [BC] rica e [Camboriú] pobre que tem que acabar”

LEONEL PAVAN

“Este muro imaginário de [BC] rica e [Camboriú] pobre que tem que acabar”

"No momento que eu implanto o pronto-socorro dentro de uma das alas do Ruth, eu resolvo atender o ser humano e não comprovante de residência e título de eleitor”

Edson Piriquito

"No momento que eu implanto o pronto-socorro dentro de uma das alas do Ruth, eu resolvo atender o ser humano e não comprovante de residência e título de eleitor”



Hoje nas bancas

Capa de hoje
Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação