Matérias | Geral


Itajaí

Policiais civis param e protestam nas citys da região

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A greve da polícia Civil na Santa & Bela teve mobilização na região ontem. Várias citys decidiram ade­rir à paralisação dos tiras catarinas, que, durante a grevona, só irão atender casos graves. Os puliças pedem melhorias no faz-me rir e mudanças nos níveis de carreira. Ainda de acordo com os policiais, o protesto deve ir até amanhã.

Delegados titulares de várias ci­tys da região se reuniram ontem na Maravilha do Atlântico, às 10h, pra discutir como seria o atendimen­to durante o protesto. “Durante a paralisação, a polícia só irá aten­der casos graves, como homicídio e violência doméstica, e casos de prisão em flagrante”, informa a de­legada regional de Balneário Cam­boriú, Magali Nunes Ignácio.

A principal bronca dos meganhas é por causa do aumento do salário base inicial, que hoje é de R$ 781,82 pra um policial civil. Na city peixeira, cerca de 50 tiras protestaram. “Nós não temos reajuste ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Delegados titulares de várias ci­tys da região se reuniram ontem na Maravilha do Atlântico, às 10h, pra discutir como seria o atendimen­to durante o protesto. “Durante a paralisação, a polícia só irá aten­der casos graves, como homicídio e violência doméstica, e casos de prisão em flagrante”, informa a de­legada regional de Balneário Cam­boriú, Magali Nunes Ignácio.

A principal bronca dos meganhas é por causa do aumento do salário base inicial, que hoje é de R$ 781,82 pra um policial civil. Na city peixeira, cerca de 50 tiras protestaram. “Nós não temos reajuste há mais de 13 anos. O governo estadual oferece 8%, mas calculamos que, para co­brir todos os abonos, a proposta de­veria ser pelo menos de 25%, além do aumento no auxílio alimenta­ção”, informa o escrivão da 1ª depê, Filipe Cancellier, de 27 anos.



Além das delegacias, a greve também atinge as Ciretrans - ór­gãos de trânsito. A única Ciretran que não tá fechada por aqui é a do Balneário, onde, de acordo com a delegada Magali, tá sendo feita uma operação padrão pra atender todas as pessoas, embora docu­mentos e carteiras de motoras não estejam sendo entregues.

Uma nova reunião vai rolar hoje, às 9h, na delegacia geral do estado, pra debater o futuro da grevona.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






18.207.129.175

TV DIARINHO


O crime de injúria racial aconteceu em sessão do filme de Bob Marley no cinema do shopping na noite ...





Especiais

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica

PLANEJAMENTO URBANO

Camboriú vai investir mais de R$ 60 milhões em mobilidade



Blogs

A bordo do esporte

Fórmula E e FIA Girls On Track promovem curso de envelopamento de carro

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog do JC

Mulheres MDBistas

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação