Matérias | Economia


Itajaí

Caminhão do peixe da prefa de Itajaí venderá este ano menos que em 2010

Peixaria ambulante vai fechar o ano com uma brochada de 10 toneladas

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A não ser que o povão resolva trocar o peru e o chester pelos escamosos agora em dezembro, este ano o balanço das vendas do caminhão do Peixe da prefeitura de Itajaí vai registrar um número menor que o do ano passado. A estimativa de Aguinaldo Hilton dos Santos, secretário de Pesca e Aquicultura (Sepesca) da prefa de Itajaí, é que o programa Peixe nos Bairros feche 2011 com pouco mais de 54 toneladas de pescados vendidas ao povão. Isso significa 10 toneladas a menos que no ano passado.


A brochada nas vendas tem dois motivos específicos, justifica o secretário. Um deles é a instalação do mesmo programa nas prefas de Camboriú e Balneário Camboriú. Isso teria tirado parte da clientela ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






A brochada nas vendas tem dois motivos específicos, justifica o secretário. Um deles é a instalação do mesmo programa nas prefas de Camboriú e Balneário Camboriú. Isso teria tirado parte da clientela do bruto dos escamosos de Itajaí, principalmente quando ele ia pra Praia Brava ou pra Fazendinha.

O outro motivo tá ligado diretamente ao peixe que é uma espécie de símbolo da cidade, a sardinha – ou, como chamamos pelaqui, o charutinho. “Quanto mais se tem sardinha, mais se vende peixe no caminhão”, diz Aguinaldo. “O charutinho fresco é o peixe de maior preferência por parte da comunidade, por ser de fácil preparo, muito saboroso e com benefícios para a saúde das pessoas. A presença de charutinho é um chamativo para a venda de outras espécies de pescado”, concorda Agostinho Peruzzo, diretor da Sepesca.

O problema é que este ano a safra da sardinha mixou e aqui na região a captura ficou 25% menor, se comparada com o ano passado. O resultado foi menos charutinho fresco à disposição do povão, já que a produção acabou destinada pra indústria de entalados. Isso acabou se refletindo na venda do programa Peixe nos Bairros, acredita o pessoal da Sepesca.

O caminhão do Peixe é uma parceria do ministério da Pesca, da prefa de Itajaí e do sindicato dos Armadores e dos Industriais da Pesca de Itajaí e Região (Sindipi).

Continua depois da publicidade



Mais comunidades atendidas em 2011

Apesar da queda nas vendas, o programa continua sendo considerado um sucesso na cidade. Tanto que este ano mais comunidades passaram a ser atendidas pelo caminhão do Peixe. São ao todo 45, afirma Aguinaldo. Umas 15 a mais que no ano passado.

Continua depois da publicidade



O que ajudou a aumentar o número de localidades atendidas foram o novo caminhão e um convênio com a secretaria de Educação da prefa. “O caminhão atual é menor, consegue ir em locais onde o outro não conseguia manobrar”, explica o abobrão da Sepesca. “E este ano tivemos o advento do projeto Filho de Peixe Peixinho É, em parceria com a secretaria de Educação, envolvendo todos os centros de Educação Infantil do município”, lembra ainda Agostinho.

Pelas contas do pessoal da Sepesca, 2,1 mil pessoas, em média, compraram por mês no caminhão do Peixe da prefa. Até novembro, foram 23,1 mil consumidores que se beneficiaram do programa, que revende ao povão pescado a preço de indústria. É por essa conta que, quando chegar em 17 dezembro, último dia de trampo da peixaria ambulante este ano, a estimativa é que mais de 24 mil itajaienses tenham subido as escadinhas do caminhão e comprado algum tipo de escamoso por lá.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.50.79

TV DIARINHO


Confira os destaques desta terça-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 17/05/2022

Publicado 17/05/2022 22:27



Especiais

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC

Praia Brava

Via polêmica atrás da Lagoa do Cassino está em pauta



Blogs

Blog do JC

Candidatos daqui

A bordo do esporte

Boxing For You confirma Sportv, Combate e BandSports ao vivo no dia 29/05

Blog Doutor Multas

Especialista garante que dinheiro ‘físico’ vai acabar e criptomoedas estão com dias contados

Blog do Ton

Sócias de Brusque inauguram franquia da Hausz na cidade

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯