Matérias | Economia


Itajaí

Caixa vai ensinar como pegar financiamento a juros baixinhos

Programa de microcrédito é voltado a quem toca um negócio pequeno e tá a fim de bombar a atividade

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]


Se você mora em Camboriú ou Navega, se enquadra como pequeno empreendedor e tá a fim de expandir seu negócio, então faz o seguinte: bote uma roupa de missa, passe um perfume e corra pra agência da Caixa Econômica Federal (se estiver na Capital da Pedra) ou pra prefeitura (se estiver na city dengo-dengo). É que entre terça e quinta-feira, o pessoal da Caixa vai ensinar o caminho das pedras pra se conseguir a baba dos financiamentos pelo Programa Nacional de Microcrédito Produtivo e Orientado (PNMPO).


Em Camboriú, o atendimento vai rolar das 9h às 13h e das 14h às 17h. Em Navega, também é no mesmo horário, só que não vai ter parada pro rango do meio-dia. Você tem que chegar por lá com as informações ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Em Camboriú, o atendimento vai rolar das 9h às 13h e das 14h às 17h. Em Navega, também é no mesmo horário, só que não vai ter parada pro rango do meio-dia. Você tem que chegar por lá com as informações básicas do seu negócio e dizer se quer grana pra investimento fixo – tipo comprar uma overlock pra sua facçãozinha ou um secador empombado pro seu salão de beleza – ou se tá interessado em botar dinheiro em caixa pra capital de giro. Os técnicos da Caixa Econômica vão avaliar os pedidos, dar dicas básicas e orientar como encaminhar a solicitação de microcrédito.



Pequeno empreendedor é a pessoa que possui atividade que tenha um faturamento anual de, no máximo, R$ 120 mil. Pelo PNMPO, podem se aproveitar de créditos a juros baixos tanto quem tá formalizado quanto quem ainda toca o negócio à rola.

Vale pra quem atua nos ramos do comércio, indústria e prestação de serviços. Pode ser pipoqueiro, dono de oficina mecânica, cabeleireira, artesão, vendedor de roupas ou de perfumes (desses que batem de porta em porta), costureiro ou proprietário de Towner ou Kombi que vende cachorro-quente ou serve caldo de cana, por exemplo.


Em novembro, o pessoal da Caixa Econômica vai promover em várias cidades da Santa & Bela a Semana do Microcrédito, pra incentivar o povão a entrar no tal do PNMPO. O grande lance desse programa é que, além dos juros tão baixos quanto fiofó de sapo, o empreendedor ainda ganha uma espécie de babá pro seu negócio: um técnico da Caixa faz um levantamento detalhado do empreendimento, em alguns casos vai até o local onde o negócio é tocado e dá dicas pro empreendedor durante o tempo do contrato do financiamento.

Só este mês, a Caixa Econômica já formalizou nas citys do Vale do Itajaí mais de quatro mil novos contratos de microcrédito orientado. Além da Caixa, o Banco do Brasil e algumas cooperativas de crédito também tão autorizadas pelo ministério do Trabalho e Emprego (MTE) a emprestar dinheiro pelo PNMPO.


Ah! Pra quem não sabe, a prefa de Navega fica na João Emílio, 100, no Pontal, perto do ferribote. O atendimento aos empreendedores vai rolar no auditório da prefa. A Caixa Econômica Federal de Camboriú fica na rua Getúlio Vargas, 157, perto da praça das Figueiras, bem no centro.

Juros são tão baixos quanto a moral do genro aprontão

Sabe aquele aprontão que a sua filha arranjou pra namorar? Pois então, o juro dos empréstimos do programa Nacional de Microcrédito Produtivo e Orientado (PNMPO) é tão baixo quanto a moral do seu futuro genro. Acredite, é de apenas 0,40% ao mês. Isso dá 5% de juro ao ano. Só pra ter uma ideia do que isso representa, no mês passado a taxa média dos empréstimos pessoais nos sete mais populares bancos brazucas era de 5,27% ao mês.

As instituições bancárias autorizadas a operar o PNMPO liberam mais grana pra quem tá formalizado como empreendedor individual. Nesses casos, o pedincho pra capital de giro pode ser de até R$ 10 mil, com prazo de 18 meses pra pagar. Pra investimento fixo, o financiamento sobe pra R$ 15 mil e o prazo pra pagamento é em até dois anos.


Pra quem ainda tá na informalidade, o empréstimo pra capital de giro é de, no máximo, R$ 4 mil e tem 12 meses pra pagar o que pegou. Já pra investimento fixo, sobe pra R$ 8 mil e R$ 18 meses de prazo o valor emprestado.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.215.16.238

Últimas notícias

Paradesporto

Parataekwondo conquista primeiras medalhas de Itajaí no Parajasc

Santa Catarina

Vergonha: Fesporte cancela atletismo e bocha paralímpica do Parajasc por falta de árbitros

ITAJAÍ

Vídeo de atropelamento na Jorge Lacerda é divulgado como fake news de tiroteio 

BALNEÁRIO

Trabalhador é resgatado soterrado em obra de terraplanagem

Futebol

Craques da base assinam contrato profissional com o Marcílio Dias

FERIADO

Pescadores capturam mais de oito mil tainhas na praia de Bombas

ITAJAÍ

Clarus Construtora entrega residencial com vista para o Saco da Fazenda

TECNOLOGIA INOVADORA

E-Control instala “Aedes do Bem” em residencial Haras Rio do Ouro

RANKING POSITIVO

Catarinenses são os mais gentis no trânsito, aponta pesquisa

TRADIÇÃO

Manifestação de fé e solidariedade no feriado de Corpus Christi; veja a galeria de fotos



Colunistas

JotaCê

Aniversariante visita o colunista

Coluna Esplanada

Verbas para o sul

Ideal Mente

*Que país é este?*

Direito na mão

Aposentadoria para PCD: entendendo as regras e benefícios para quem tem redução de capacidade para o trabalho

Show de Bola

Começou a Segundona

Coluna Exitus na Política

Viver de pedras, desejar esponjas

Na Rede

Acidente com ônibus escolares, expedição de surfistas para o RS e mais: se liga nos destaques do DIARINHO na internet 

Coluna do Ton

Vibes da Turquia

Mundo Corporativo

Líderes espiritualizados em tempos difíceis ainda é possível?

Histórias que eu conto

Armação da infância 3

Coluna Fato&Comentário

Associativismo comunitário em Itajaí: o começo

Via Streaming

Tudo pelo dinheiro

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Jackie Rosa

Niver da Chris

Gente & Notícia

Níver da Margot

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo



TV DIARINHO




Podcast

Mãe e filho sofrem grave acidente na BR 470

Publicado 29/05/2024 18:25



Especiais

ALERTA

Itajaí, Ilhota e Porto Belo lideram ‘ranking’ de moradores vivendo em áreas de risco

DENÚNCIA

Vendedores denunciam serem forçados a vender cartão do Itaú em esquema milionário

NA ESTRADA

Pôr do sol de tirar o fôlego é atração o ano inteiro na praia de Armação

RIO GRANDE DO SUL

A história de luta de um quilombo que resiste às enchentes em Porto Alegre

DADOS INÉDITOS

Em meio ao lixo das chuvas no Rio Grande do Sul, catadores não conseguem trabalhar



Blogs

Blog do JC

Pré-candidato a prefeito Fabrício da Shopee, ops, Peeter Lee visita o JC

A bordo do esporte

Semana Internacional de Vela de Ilhabela com mais de 40 barcos confirmados

Blog da Jackie

Sasha Meneghel

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Marisa Zanoni Fernandes

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)

João Paulo

"Essa turma que diz defender a família ajudou a destruir a boa convivência em muitas famílias. Na defesa de um modelo único, excludente"

Entrevistão Peeter Grando

“Balneário Camboriú não precisa de ruptura, mas de uma continuidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação