Matérias | Geral


Itajaí

Itajaí aposta em base forte e atletas consagrados pra levar o título em Blu

Com delegação de 230 atletas, Itajaí vai pra Blumenau em busca do título geral dos jogos Abertos de Santa Catarina

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]


Por Henrique Risse


henrique@diarinho.com.br

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


henrique@diarinho.com.br



De 20 a 30 de novembro, os olhos catarinenses se voltam para os jogos Abertos de Santa Catarina (JASC). Ao todo, 4730 atletas de 81 municípios vão disputar a competição, que neste ano rola em Blumenau. Com 230 competidores em 34 modalidades, Itajaí aposta alto e sonha em transformar a Terra dos Alemóns na Terra da Peixarada.


Para ver o sonho concretizado, a city peixeira terá de desbancar fortes candidatos nesta edição. Os principais são Blumenau, que vai para a disputa em todas as modalidades, e Florianópolis, atual campeã. Para Fabrício Marinho, Superintendente da fundação Municipal de Esportes (FMEL) de Itajaí, os resultados recentes em outras edições do JASC e de outras competições credenciam a peixarada a brigar pelo título geral.

“Itajaí vai sim para brigar pelo título geral. Nossas equipes continuam com a força do ano passado, reforçadas até, sendo que reformulamos a equipe de ciclismo, que já deu resultado na OLESC e Joguinhos. Acredito que não vai ser diferente agora, no JASC. Além disso, estamos com uma forte equipe na bocha feminina”, disse Fabrício.


“Nossa meta é focada na pontuação, que é o que define o título geral. Portanto, precisamos para o nosso objetivo dos pontos do 4º, 5º e 6º lugares também. Claro que ganhar o maior número de medalhas e troféus é importante, mas nosso foco é a pontuação”, explicou o superintendente peixeiro. “Dificilmente uma modalidade nossa não vai pontuar. Só uma zebra muito grande para não ficarmos pelo menos entre os seisprimeiros em cada uma das modalidades”, acrescentou.

Um dos fatores que, de acordo com Marinho, pode ajudar os alemóns, é o número de reforços “contratados” para fazer bonito dentro de casa. “Blumenau contratou muito, disputará nove troféus a mais que Itajaí. Mas já estivemos reunidos com nossos técnicos, fazendo nossa primeira reunião técnica com vistas aos JASC e acreditamos que nas modalidades que confrontarmos com Blumenau, seremos melhores que eles. É isso que cobramos dos atletas. Temos reais chances de superá-los”, comentou.

Mesmo se tratando da atual campeã, ainda é muito cedo para definir se Florianópolis terá corrida pra superar cidades como Blumenau e Itajaí. No mesmo bolo da Capital Manezinha estão a Terra das Bailarinas e a Terra do Carvão. “Para superar Blumenau a fórmula é essa que expliquei anteriormente. Já Florianópolis é uma incógnita. Eles cortaram boa parte do investimento em esporte. Também é difícil saber se Joinville e Criciúma vão conseguir brigar pelos primeiros lugares”, analisou Fabrício Marinho.

Cidade sede de 2013, Blumenau é a recordista de modalidades, a disputar em 43. Na sequência vêm Floripa e Itajaí, com 34. Um pouco mais abaixo vem Joinville (33), Chapecó (32) e Criciúma (30).

Os favoritos


Por ser sede em 2014, Itajaí poderia levar alguns atletas mais jovens a Blumenau, justamente para chegarem mais maduros na próxima edição. Embora essa seja uma prática muito realizada mundo afora, inclusive nos Jogos Olímpicos, este não será o caso da city peixeira. “Nenhuma das nossas equipes vai a Blumenau para ganhar experiência, e sim para ganhar o título de sua modalidade e naipe [masculino e feminino]”, lascou o dirigente da peixarada.

Embora mostre confiança em todas as equipes que está mandando à Terra dos Alemóns, Fabrício Marinho aposta no tênis de mesa, tênis de campo, ginástica artística e triathlon como medalhas certas na competição. “Obviamente que umas têm uma missão menos dura que outras, mas acredito que o tênis de mesa nos dois naipes, tênis de campo masculino, ginástica artística masculina e triathlon devem fazer ouro. Mas mesmo assim, é muito difícil prever. Depende muito dos cruzamentos de chave, do momento da competição, do cansaço físico e mental. Tudo isso influencia no resultado final”, diz Marinho, para depois elogiar a equipe de apoio que a cidade vai levar ao JASC. “Uma coisa com certeza nós somos medalha de ouro: na estrutura que levamos para os jogos.”

Apontado como um dos favoritos por Fabrício Marinho, o tênis de campo masculino vai a Blumenau com os atletas da ADK Tennis, equipe de competição que treina no Itamirim Clube de Campo (ICC). Nomes como Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, número 1 do Brasil, e Tiago Fernandes, campeão júnior do Aberto da Austrália, estão fora do Brasil e não vão representar a city. Em contra partida, o ex-tenista profissional Marcos Daniel, que hoje é um dos treinadores da equipe, vai ao JASC mais uma vez. Ao lado dele, estarão Bruno Sant’anna e João Menezes, este de apenas 16 anos.

Mesmo sem ter sido citado por Fabrício Marinho, o handebol masculino também entra na competição como uma das grandes forças da Santa & Bela. Itajaí vai entrar em quadra com a equipe da ADI/Slice/FMEL, que aposta na base da equipe juvenil, campeã brasileira da primeira divisão deste ano, pra superar alguns dos times mais fortes do país. Entre eles estão Criciúma e Blumenau. O grande rival mesmo é o time da Univali, que é peixeiro, mas depois de muitos anos representando Itapema virou a equipe de Balneário Camboriú. A equipe peixeira aposta na juventude de nomes como o ponta Rudolph Hackbarth e o pivô Gabriel Monteiro do Nascimento, que conquistaram o 9º lugar no campeonato mundial juvenil de handebol com a seleção brasileira.


Vêm de fora, mas também são peixeiros

Assim como a maioria das cidades, Itajaí também tem seus atletas contratados. Os mais fortes e mais conhecidos vêm do tênis de mesa: o brazuca Tiago Monteiro e a chinesa Yu Fu. Natural de Fortaleza, Monteiro é o grande nome da modalidade no Brasil desde Hugo Hoyama. Favorito na sua terceira participação nos jogos Abertos da Santa & Bela, Tiago Monteiro também tem no currículo diversas participações em jogos Pan-Americanos e nas Olimpíadas.

Mesmo não sendo peixeiros de nascimento, Fabrício Marinho garante que a dupla já tem a city peixeira no coração. “Todos os atletas de Itajaí são destaques, tanto os de fora quanto ou daqui. Mesmo os de fora lutam pela nossa cidade, pela identificação e ambiente que encontram, como se fossem peixeiros mesmo. Não dá pra negar a polêmica que geram o Tiago Monteiro e a chinesa Fu, ambos do tênis de mesa.”

A polêmica em torno dos atletas contratados não vem de hoje. Tem gente que acredita que o melhor seria evitar essas contratações para disputar o JASC, mas Fabrício Marinho não é dessa turma. Em entrevista ao DIARINHO no começo do mês de setembro, o superintendente da FMEL defendeu a contratação de reforços. “Acho que os jogos Abertos de Santa Catarina precisam passar por algumas mudanças, mas não acho que seja por aí. Impedir a contratação de atletas só faria diminuir o nível da nossa competição mais importante”, lascou.

Sorteio bom ou ruim?

Na tarde da última quinta-feira, otoridades e representantes das 81 cidades classificadas para a fase final do JASC estiveram na Terra dos Alemóns para o primeiro congresso técnico dos Jogos. Nele, a organização sorteou os grupos da primeira fase da competição. Em muitos desses grupos, Itajaí terá de encarar a grande rival Blumenau logo de cara.

“Quanto ao sorteio, acho que no geral foi bom. Inclusive, temos vários confrontos de chave com Blumenau. Se o nosso objetivo é ser campeão geral, quanto mais cruzarmos com eles e vencermos, melhor nos posicionamos. Assim como a lógica inversa pode ser perversa contra nós. Talvez a única chave que possa ser considerada como a da morte, é a do handebol masculino. Mas tenho confiança plena na nossa equipe, que é de alto gabarito”, disse Fabrício Marinho. No handebol, a macharada terá pela frente os favoritos Criciúma e Blumenau, além de Joaçaba e Chapecó.

Confira os Grupos e as datas dos jogos da 53ª edição do JASC

Basquete masculino (23/11 a 30/11)

Grupo A: Joinville, Concórdia, Lages, Balneário Camboriú, Içara

Grupo B: Brusque, São José, Videira, Blumenau, Chapecó

Basquete feminino (22/11 a 26/11)

Grupo A: Blumenau, Jaraguá do Sul, Rio do Sul, Florianópolis

Grupo B: Chapecó, Joinville, Itajaí, Xaxim

Bocha masculino 1ª Divisão (22/11 a 25/11)

Grupo A: Itajaí, São Ludgero, Quilombo, Luzerna, São Miguel do Oeste

Grupo B: Chapecó, Timbó, Orleans, Capinzal, Içara

Bocha feminina (24/11 a 27/11)

Grupo A: Criciúma, São Miguel do Oeste, Itajaí, Capinzal e Blumenau

Grupo B: Chapecó, Pomerode, Caçador, Faxinal dos Guedes e São Ludgero

Bolão 16 masculino (22/11 a 24/11)

Grupo A: Brusque, Chapecó, Caçador

Grupo B: Blumenau, Indaial, Timbó

Grupo C: Joinville, Itajaí, Irani

Bolão 16 feminino (25/11 a 27/11)

Grupo A: Caçador, Concórdia, Indaial.

Grupo B: Blumenau, Itajaí, Rio do Sul

Bolão 23 masculino (26/11 e 27/11)

Ordem das passadas: Blumenau, Chapecó, Joaçaba, Criciúma, Joinville, Mafra, Itajaí, Jaraguá, Herval do Oeste e Rio do Sul

Bolão 23 feminino (28/11 e 29/11)

Ordem de passadas: Videira, Lages, Timbó, Chapecó, São Miguel, Piratuba, São José, Canoinhas, Rio do Sul e Blumenau

Futebol (23/11 a 30/11)

Grupo A: Joinville, Chapecó, Balneário Camboriú, Florianópolis, Ituporanga

Grupo B: Joaçaba, Paraíso, Santo Amaro da Imperatriz, Brusque, Blumenau

Futsal masculino 1ª Divisão (23/11 a 30/11)

Grupo A: Lages, Itajaí, Capivari de Baixo, Xaxim, São Miguel do Oeste

Grupo B: Mafra, Joaçaba, São José, Blumenau, Chapecó

Futsal feminino 1ª Divisão (22/11 a 29/11)

Grupo A: São Ludgero, Concórdia, Blumenau, Pinheiro Preto, Itaiópolis

Grupo B: Joinville, Lages, São José, São Miguel do Oeste, Piratuba

Handebol masculino (21/11 a 28/11)

Grupo A: Chapecó, Criciúma, Joaçaba, Itajaí, Blumenau

Grupo B: Videira, Xanxerê, Caçador, Florianópolis, Balneário Camboriú

Handebol feminino (23/11 a 30/11)

Grupo A: Concórdia, Chapecó, Balneário Camboriú, Criciúma, Videira

Grupo B: Itajaí, Içara, Blumenau, São Miguel do Oeste, Florianópolis

Punhobol (22/11 a 24/11)

Grupo A: Florianópolis, São Bento do Sul, Pomerode, Criciúma

Grupo B: Blumenau, Joinville, Rio Negrinho, Timbó

Tênis masculino (21/11 a 26/11)

1) Itajaí, 2) Lages, 3) São Miguel do Oeste, 4) Rio do Sul, 5) Indaial, 6) Concórdia, 7) Florianópolis, 8) Balneário Camboriú, 9) Joaçaba, 10) Criciúma, 11) Blumenau, 12) Chapecó, 13) Joinville

Tênis feminino (21/11 a 26/11)

Chave única: Itajaí, Blumenau, Criciúma, Joinville, São Miguel do Oeste

Tênis de mesa masculino (26/11 a 30/11)

Grupo A: Criciúma, Jaraguá do Sul, Timbó, Abelardo Luz

Grupo B: Joinville, Balneário Camboriú, Videira, Joaçaba

Grupo C: Florianópolis, Chapecó, Alfredo Wagner, Blumenau

Grupo D: Itajaí, Caçador, São Bento do Sul, Brusque

Grupo E: Concórdia, Içara, São Miguel do Oeste, Maravilha, Pomerode

Tênis de Mesa feminino (26/11 a 30/11)

Grupo A: Criciúma, Caçador, Chapecó, Jaraguá do Sul

Grupo B: Concórdia, Joinville, Rio do Sul, Joaçaba, Balneário Camboriú

Grupo C: Itajaí, Blumenau, São Bento do Sul, Videira, Florianópolis

Vôlei masculino (23/11 a 30/11)

Grupo A: Florianópolis, Itajaí, Pinheiro Preto, Xanxerê, Blumenau

Grupo B: Chapecó, Içara, Tangará, Joinville, Concórdia

Vôlei feminino (22/11 a 29/11)

Grupo A: Chapecó, São José, Timbó, Blumenau, Joaçaba

Grupo B: Rio do Sul, Nova Trento, Saudades, Lages, Criciúma

Vôlei de praia masculino (22/11 a 26/11)

1) Florianópolis, 2) Indaial, 3) Joaçaba, 4) Guabiruba, 5) São José, 6) Caçador, 7) Xanxerê, 8) Itajaí, 9) Xaxim, 10) Siderópolis, 11) Timbó, 12) Joinville, 13) Criciúma, 14) Blumenau, 15) Abelardo Luz, 16) Gaspar, 17) Concórdia, 18) Santo Amaro da Imperatriz, 19) Brusque, 20) Jaraguá do Sul, 21) Urussanga, 22) Içara, 23) Laurentino, 24) Itapema

Vôlei de praia feminino (22/11 a 26/11)

1) Florianópolis, 2) Blumenau, 3) Joinville, 4) Urussanga, 5) Criciúma, 6) Concórdia, 7) Timbó, 8) Rio do Sul, 9) Itapema, 10) Morro da Fumaça, 11) São José, 12) Brusque, 13) Caçador, 14) Jaraguá do Sul, 15) Indaial, 16) Itajaí




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.215.186.30

Últimas notícias

PENHA

Moradores fazem abaixo-assinado pedindo obra de drenagem

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Empresário Renato Cruz se anuncia pré-candidato a prefeito pelo MDB

ELEIÇÕES 2024

Achutti ataca: “Renato Cruz é menino mimado e mentiroso! Ele que vá cuidar de futebol, de política e de partido cuido eu”

De novo

Depois de confirmar a festa do peixe, Itajaí cancela o evento em 2024

Desabastecimento

Supermercados de SC desmentem risco de falta de comida por tragédia no RS

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Empresário Renato Cruz se anuncia pré-candidato a prefeito pelo MDB

NEPOTISMO CRUZADO

Justiça manda prefeitura exonerar comissionados que sejam parentes de agentes públicos

Futebol

Brusque encara o Atlético-GO pela Copa do Brasil

Novidade

Vasco contrata o técnico português Álvaro Pacheco

Lembra dele?

Goleiro Zé Carlos está de volta ao Camboriú



Colunistas

JotaCê

Visita dos vereadores

Coluna Esplanada

Melaço judicial

Ideal Mente

O desamparo da infidelidade

Via Streaming

Poder preto

Show de Bola

Trocas de treinadores

Direito na mão

Recebeu auxílio-doença ou auxílio-acidente? Veja como se aposentar agora!

Coluna Exitus na Política

Um passeio nas cavernas

Na Rede

Morte de produtor, garotinho com orgulho do pai na enchente e mais: confira os destaques do DIARINHO

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Jackie Rosa

Niver da Chris

Mundo Corporativo

A importância do equilíbrio da autoestima no mundo organizacional

Gente & Notícia

Níver da Margot

Coluna do Ton

Chegando de Mendoza

Histórias que eu conto

Armação da infância II

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo

Coluna Fato&Comentário

Anuário de Itajaí - 100 anos da 1ª edição

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste



TV DIARINHO


Prefeitura de Itajaí cancela a festa do peixe. Será o segundo ano consecutivo sem a festa tradicional ...



Podcast

Prefeitura de Itajaí cancela a festa do peixe

Publicado 21/05/2024 20:04



Especiais

NÚMEROS

No Brasil, 3 a cada 4 vivem em cidades com mais risco de desastres por chuvas

DADOS

Exportação de armas de fogo dobrou durante os anos Bolsonaro, revela levantamento inédito

NA ESTRADA

BC oferece rolês gastronômicos, culturais, de compras e lazer

RIO GRANDE DO SUL

São Leopoldo: a cidade gaúcha onde quase todos perderam o lar

RIO GRANDE DO SUL

Governo Eduardo Leite não colocou em prática estudos contra desastres pagos pelo estado



Blogs

Blog do JC

Gosto amargo...

A bordo do esporte

Ícone do esporte mundial, Lars Grael destaca importância da língua inglesa para carreiras de sucesso

Blog da Jackie

Tá na mão!!!

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)

João Paulo

"Essa turma que diz defender a família ajudou a destruir a boa convivência em muitas famílias. Na defesa de um modelo único, excludente"

Entrevistão Peeter Grando

“Balneário Camboriú não precisa de ruptura, mas de uma continuidade”

Juliana Pavan

"Ter o sobrenome Pavan traz uma responsabilidade muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação