Matérias | Especial


Itajaí

Barcos já deixaram Fernando de Noronha

Velejadores estão margeando a costa brasileira

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Os velozes trimarãs da classe MOD70 já estão na costa brazuca. Eles deixaram pra trás o arquipélago Fernando de Noronha e estão descendo pela costa nordestina, a primeira a dar boas-vindas aos barcões da 11ª edição da Transat Jacques Vabre, uma das regatas mais tradicionais do mundo. Por volta das 17h de sexta, eles passaram por Recife, capital pernambucana. Até segunda, eles devem estar por aqui.

Os barcos Edmond de Rothschild e Oman Air travam um ‘match race’ (forma particular de regata, onde dois veleiros se confrontam no mesmo percurso) desde a saída em Le Havre, na França, na semana passada. “Foi um trabalho duro chegar aqui. O Brasil está na nossa proa. Em poucas horas, estaremos em Recife em condições ainda mais agradáveis”, comentou. Charles Caudrelier, do Edmond de Rothschild. “Estamos bem na regata e andando. Porém, acho que cometemos um pequeno erro nos Doldrums, por isso o Oman Air pode ter um melhor ângulo para descer nas próximas horas, mas vamos que vamos”, comentou o velejador.

Mesmo assim, os Doldrums (zona de poucos ventos no Atlântico) e a Linha do Equador parece que não atrasaram os barcos, que fizeram quase 900 quilômetros nas últimas 24 horas.

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Os barcos Edmond de Rothschild e Oman Air travam um ‘match race’ (forma particular de regata, onde dois veleiros se confrontam no mesmo percurso) desde a saída em Le Havre, na França, na semana passada. “Foi um trabalho duro chegar aqui. O Brasil está na nossa proa. Em poucas horas, estaremos em Recife em condições ainda mais agradáveis”, comentou. Charles Caudrelier, do Edmond de Rothschild. “Estamos bem na regata e andando. Porém, acho que cometemos um pequeno erro nos Doldrums, por isso o Oman Air pode ter um melhor ângulo para descer nas próximas horas, mas vamos que vamos”, comentou o velejador.

Mesmo assim, os Doldrums (zona de poucos ventos no Atlântico) e a Linha do Equador parece que não atrasaram os barcos, que fizeram quase 900 quilômetros nas últimas 24 horas.



“Foi mais fácil passar pelos Doldrums com um barco tão rápido. Em dupla não é tão ruim, mas a navegação é cansativa”, contou Sidney Gavignet , skipper do Oman Air – Musandam.

Os próximos a entrar no calor brazuca serão os barcos da classe Multi50. O melhor desempenho é do FenétréA Cardinal, seguido pelo Actual. Os multicascos passaram pela ilha africana de Cabo Verde e entram a qualquer momento nos indecifráveis Doldrums.

Bem próximos aos Multi50 estão os Imoca, veleiros de 60 pés ultramodernos e rápidos. Macif e PRB, que dividem a liderança, optaram por uma rota pelo arquipélago de Cabo Verde. Já Maître CoQ, Safran e Cheminées Poujoulat foram mais a leste.


“A estratégia é não perder o contato até a chegada aos Doldrums. Vamos botar a cabeça pra funcionar e tentar decifrar os ventos da região, mas o certo é que pode ocorrer de tudo”, projetou Bernard Stamm do Cheminées Poujoulat.

Pelo saite oficial da Regatona (www.transat-jacques-vabre.com/br) é possível ver em tempo real a posição dos barcões na disputa. É fácil ver, também, a velocidade e a direção dos ventos, a distância que falta até a city peixeira e outras informações que traduzem o que está rolando.

O retrato da Classe 40, categoria com maior número de barcos, é o mais interessante. A flotilha literalmente tomou a ilha da Madeira, arquipélago do Atlântico de bandeira portuga. Com ventos de até 20 nós e mar bem menos agitado, o grupo passará logo logo pela ilhas Canárias.

O líder é o GDF Suez, com mais de 60 quilômetros de diferença dos alemães do Mare. Nada está decidido. “O nosso barco está bem rápido, e o GDF também. A ideia é aproveitar a velocidade da embarcação nas condições de vento e mar atuais”, disse Pierre Brasseur, do Mare.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.235.172.123

Últimas notícias

#tánoDIARINHO

“Celular não é brinquedo”, alerta neuropediatra

mais esportivo

Novo Audi S3 está disponível na Europa

ATENÇÃO!

BR 470 terá interrupções no trânsito durante o fim de semana

Joia

Lamborghini lança novo superesportivo

ITAJAÍ

Justiça autoriza liberdade provisória de Fábio Negão

SAÚDE

Anvisa veta a liberação de cigarros eletrônicos no Brasil

ESTACA ZERO

Governo suspende edital das alças da Antônio Heil

BOMBINHAS

Empreiteiro morre ao cair de andaime

BR 101

Traficante que trazia 135 kg de maconha pra BC é presa; veja o vídeo

CONFIRMAÇÃO

BC tem a segunda morte por dengue de 2024



Colunistas

Mundo Corporativo

Comportamentos destrutivos dentro das organizações

Histórias que eu conto

Reminiscências de um passado escolar

Jackie Rosa

Vida em Canto Grande

JotaCê

Festa de candidato em local proibido?

Coluna Esplanada

Senhor dos cargos

Gente & Notícia

Dudinha em Londres

Ideal Mente

E quem cuida de quem cuida?

Direito na mão

Trabalho sem carteira assinada conta para aposentadoria?

Show de Bola

Empréstimos feitos

Via Streaming

Visões de uma guerra de interesses

Na Rede

Agroboy mais gato dos EUA, última casinha de BC e romance no ar: confira os destaques das redes do DIARINHO

Coluna do Ton

Parabéns Ale

Foto do Dia

Pintura ensolarada

Coluna Exitus na Política

Janelas fechadas

Coluna Fato&Comentário

Coleção bicentenário: a construção da Matriz

Coluna Existir e Resistir

Bloquinho do Sebastião Lucas resgatando e revivendo os saudosos carnavais

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste

Artigos

Aniversário da praça dos Correios



TV DIARINHO






Especiais

NA ESTRADA

Melhor hotel do mundo fica em Gramado e vai abrir, também, em Balneário Camboriú

NA ESTRADA COM O DIARINHO

6 lugares imperdíveis para comprinhas, comida boa e diversão em Miami

Elcio Kuhnen

"Camboriú vive uma nova realidade"

140 anos

Cinco curiosidades sobre Camboriú

CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 



Blogs

A bordo do esporte

Liga esportiva estudantil desembarca no Paraná

Blog do JC

PSB, PT, PCdoB e PV pexêros, juntos

Blog da Ale Francoise

Cuidado com os olhos

Blog da Jackie

Catarinense na capa da Vogue

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Juliana Pavan

"Ter o sobrenome Pavan traz uma responsabilidade muito grande”

Entrevistão Ana Paula Lima

"O presidente Lula vem quando atracar o primeiro navio no porto”

Carlos Chiodini

"Independentemente de governo, de ideologia política, nós temos que colocar o porto para funcionar”

Osmar Teixeira

"A gestão está paralisada. O cenário de Itajaí é grave. Desde a paralisação do Porto até a folha sulfite que falta na unidade de ensino”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação