Matérias | Economia


Itajaí

Itajaí terá primeira feira náutica internacional em 2014

Feira de barcos chiquetosos foi lançada oficialmente ontem à noitinha, durante o evento Aventura pelos Mares do Mundo

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]


Depois da vinda da regata Volvo Ocean Race no ano passado e agora da Transat Jacques Vabre, a cidade de Itajaí está mais famosa do que muito ator da Globo, pelo menos para os grã-finos e amantes de barcos chiquetosos. Os investimentos no setor náutico realizados nos últimos anos na city, como a vinda de estaleiros pra cá e, agora, com o início da construção da marina no Saco da Fazenda, começam a chamar a atenção de grandes organizadores de eventos direcionados ao mercado náutico. Uma prova disso foi o lançamento oficial do 1º salão Náutico Internacional de Itajaí, o Le Salon, que rolou ontem, no Centreventos, durante mais uma noite do evento Aventura pelos Mares do Mundo.


Apesar do lançamento oficial ter sido ainda em novembro, a feira só vai acontecer entre os dias 11 e 16 de fevereiro de 2014, junto com a largada da regata Velas Latinoamérica na city. Este deverá ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Apesar do lançamento oficial ter sido ainda em novembro, a feira só vai acontecer entre os dias 11 e 16 de fevereiro de 2014, junto com a largada da regata Velas Latinoamérica na city. Este deverá ser um dos maiores eventos internacionais do setor e vai reunir empresas vindas de todos os lugares do mundo para expor seus produtos pra lá de luxuosos. Até mesmo quem não tem grana pra comprar um barquinho poderá conhecer e apreciar todas as atrações programadas durante a feira, pois a entrada é digrátis.



Durante os seis dias de evento, cerca de 100 expositores mundiais vão estar em Itajaí para divulgar seus produtos e fazer bons negócios. Na água, mais de 70 embarcações estarão à disposição dos visitantes. Mas a feira não será só de negócios, não. O grande diferencial vai ficar por conta de fóruns e debates que serão realizados sobre o setor de barcos, que vai da matéria-prima para produção de veleiros, empresas de estaleiros, crescimento náutico e econômico, entre outros.

Chistophe Vieux, diretor-geral da associação Grand Pavois Organisation, empresa que vai organizar a feira peixeira, explica que a ideia de montar um evento deste tamanho no Brasil partiu de um pedido feito pelo ministério do Turismo no ano passado, durante o Grand Pavois, feira que acontece há 40 anos em La Rochelle, na França. Chistophe aceitou na hora, pois já pensava em trazer a feira para o país. A escolha por Itajaí foi mais fácil ainda. “Esta cidade me mostra vontade de desenvolver o mercado náutico. Itajaí recebeu muitas pessoas com a Volvo Ocean Race, que abriu as portas para novos investimentos no setor, e nós iremos trabalhar para que em 2014 seja mais um sucesso de público”, afirma.


O bambambã das feiras flutuantes acredita que, com a chegada do salão internacional e a construção de uma marina em Itajaí, que será das maiores do Brasil, a city deve ganhar impulso no desenvolvimento e se transformar em um dos polos náuticos mais importantes do país. Outro objetivo da feira é atrair cada vez mais público e empresários para investir no ramo dos mares e dos rios.

Jeanine Périé, diretora da Brasil Ocean Consultoria, empresa brasileira parceira da Grand Pavois, reforça que não foi por acaso que Itajaí foi eleita sede da feira. “Foi esta vontade de desenvolvimento e o potencial para o setor que fez com que Itajaí se destacasse. Depois do Rio de Janeiro, por exemplo, a cidade tem o maior número de estaleiros do país”, diz.


Mão de obra qualificada ajuda o setor a crescer, diz abobrão

Itajaí sempre teve vocação náutica. Da pesca artesanal à industrial, do porto comercial à indústria naval. A chegada de regatas internacionais, como a Volvo Ocen Race e a Transat Jacques Vabre, reforça essa natureza econômica da city voltada para o mar. Só no ramo da construção naval, estima Onézio Gonçalvez Filho, secretário do Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Sedeer) da prefeitura de Itajaí, são mais de 30 empresas.

Algumas das mais famosas marcas da construção naval de recreação e luxo, que atuam no país, estão instaladas em Itajaí. Entre elas a chiquetosa italiana Azimute, que produz iates de alto padrão, a esportiva Fibrafort, dona da famosa linha Focker, e o estaleiro artesanal Kalmar, que na contramão da história produz cobiçados barcos de madeira. Para abrigar empresas desse porte, a cidade precisou desenvolver uma mão de obra qualificada no setor, que a tornou referência no país. “Nós temos a melhor mão de obra qualificada do Brasil, sem dúvida”, sigaba o abobrão da Sedeer.

Onézio acredita que as famílias que antigamente possuíam carro, quando sobrava uma graninha, adquiriam um segundo possante. Hoje, ao invés de carango, elas estão preferindo investir numa lancha. “Hoje em dia, pode-se ter a primeira lancha com R$ 60 mil”, comenta, acreditando que isso tenha ajudado a bombar ainda mais o setor.


Para dar conta dessa demanda, o setor náutico em Itajaí é uma das áreas que mais emprega na city, observa ainda o abobrão. Por isso, acredita que Itajaí só tende a crescer ainda mais se continuar com esse filão econômico que é a indústria naval. “O empresário que ficar de fora deste setor e ver o bonde passar vai estar perdendo uma grande oportunidade de crescer também”, conclui.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






34.239.158.223

Últimas notícias

MUNDO

Queda de helicóptero mata presidente do Irã aos 63 anos

Realeza

Rei e Rainha da Marejadinha visitaram o DIARINHO

ITAJAÍ

Semasa pede economia de água por dificuldades de captação

Santa Catarina

Empresários promovem evento  sobre governança em Floripa

Série D

Barra perde para o Concórdia fora de casa

Receita controlada

Zolpidem vai virar tarja preta no Brasil

LABORATÓRIO

Ford disputará o Rali Dakar 2025

CHUVAS

Itajaí tem alagamentos em ruas do bairro Cordeiros

Chuvas

SC tem 24 cidades atingidas pelas chuvas

Vôlei

Brasil se despede do Rio de Janeiro invicto na Liga das Nações



Colunistas

JotaCê

Montibeller indeciso

Coluna Exitus na Política

Um passeio nas cavernas

Via Streaming

Amor do passado

Na Rede

Morte de produtor, garotinho com orgulho do pai na enchente e mais: confira os destaques do DIARINHO

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Jackie Rosa

Niver da Chris

Mundo Corporativo

A importância do equilíbrio da autoestima no mundo organizacional

Coluna Esplanada

Palácio x Lira

Gente & Notícia

Níver da Margot

Ideal Mente

Luto coletivo: navegando juntos nas ondas da perda

Show de Bola

Vitória da base

Direito na mão

Mulher entre 54 a 61 anos: como antecipar a aposentadoria?

Coluna do Ton

Chegando de Mendoza

Histórias que eu conto

Armação da infância II

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo

Coluna Fato&Comentário

Anuário de Itajaí - 100 anos da 1ª edição

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste



TV DIARINHO


Uma mulher foi arrastada pela correnteza do rio Itajaí-Açu em Rio do Sul. Ela se agarrou em um pedaço ...





Especiais

NA ESTRADA

BC oferece rolês gastronômicos, culturais, de compras e lazer

RIO GRANDE DO SUL

São Leopoldo: a cidade gaúcha onde quase todos perderam o lar

RIO GRANDE DO SUL

Governo Eduardo Leite não colocou em prática estudos contra desastres pagos pelo estado

Retratos da destruição

“Não temos mais lágrimas pra chorar”: A cidade gaúcha destruída pela 3ª vez por enchentes

MEIO AMBIENTE

Maioria de deputados gaúchos apoia projetos que podem agravar crise climática



Blogs

A bordo do esporte

Maratona fecha etapa de Ouro Branco da Estrada Real

Blog da Jackie

Tá na mão!!!

Blog do JC

Visita na choupana do Chiodini e Rebelinho

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)

João Paulo

"Essa turma que diz defender a família ajudou a destruir a boa convivência em muitas famílias. Na defesa de um modelo único, excludente"

Entrevistão Peeter Grando

“Balneário Camboriú não precisa de ruptura, mas de uma continuidade”

Juliana Pavan

"Ter o sobrenome Pavan traz uma responsabilidade muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação