Matérias | Geral


Itajaí

Vila da Regata também tem artesanato peixeiro do bom

Movimento na feirinha de artesanato da Vila da Regata tá fraco. Pessoal diz que mudança na festa atrapalhou

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Pedaços de panos coloridos se transformam em acessórios práticos e diversificados. Conchas se tornam lembranças da city peixeira. Até mesmo escamas de peixe servem de matéria-prima pra confecção de enfeites. Não há limites para a imaginação dos artesãos peixeiros, que expõem e vendem seus produtos no evento aventura pelos Mares do Mundo.

As centenas de peças artesanais enchem parte do segundo piso do Centreventos, onde 35 profissionais da associação dos Artesãos de Itajaí e mais quatro grupos convidados estão instalados. Há quadros, bordados, enfeites natalinos e acessórios para uso pessoal e para a casa. O preço varia de um pila a 180 reales.

Eliane Costa, 47 anos, produz patchwork, que são trabalhos feitos com tirinhas de tecido. A montagem com retalhos resulta em bolsas, lixeiras para carro, porta-celulares e estojos. O preço vai de ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


As centenas de peças artesanais enchem parte do segundo piso do Centreventos, onde 35 profissionais da associação dos Artesãos de Itajaí e mais quatro grupos convidados estão instalados. Há quadros, bordados, enfeites natalinos e acessórios para uso pessoal e para a casa. O preço varia de um pila a 180 reales.

Eliane Costa, 47 anos, produz patchwork, que são trabalhos feitos com tirinhas de tecido. A montagem com retalhos resulta em bolsas, lixeiras para carro, porta-celulares e estojos. O preço vai de 10 a 35 reales.



Já as artesãs do grupo Mariama, do bairro São João, de Itajaí, oferecem ao público quadros, chaveiros, sabonetes e acessórios pessoais. As peças menores podem ser compradas por, no máximo, 10 pilas, mas os quadros com pinturas africanas podem custar 50 reales.

As expositoras contam que o evento é mais uma oportunidade de mostrar o trabalho, nem tanto para vender os materiais. “É a primeira vez que participamos. Assim, as pessoas ficam sabendo o que estamos comercializando. Já o movimento não está muito forte”, conta a artesã Maria da Graça Souza Raphael, 61.


Vendas em baixa

Movimento fraco, público diferenciado e falta de divulgação são alguns dos fatores apontados pelos artesãos para a baixa venda. Segundo eles, durante a semana apenas meia dúzia de gatos pingados aparece pra dar um bizu. Durante o finde o movimento até aumenta, mas a comercialização segue abaixo do esperado.

Com o movimento minguado, a artesã Enir Peres Cardozo, vice-presidente da associação peixeira, conta que vendeu apenas seis imãs de segunda-feira até a tarde de ontem, o que dá míseros seis pilas.

“Estamos na fase final da festa e não conseguimos atingir nem 20% da meta”, afirma. Enir conta que na Marejada costumava vender metade dos produtos ainda nos primeiros dias e, muitas vezes, acabava tendo que confeccionar novos materiais durante o evento, para dar conta das vendas.

Para alguns artesãos, a repaginada na Marejada é uma das causas do baixo fluxo de clientes. “Antes tínhamos um público fiel e, com a mudança da festa e da data, perdemos os fregueses. Sinto falta dos turistas que chegavam em caravanas e que estavam empolgados com as festas de outubro”, lamenta Eliane.


Mesmo com o movimento fraco, quem passou pela exposição na tarde de ontem aprovou o trabalho. “O artesanato é perfeito, e isso aqui tá espetacular. O problema é que precisa de mais divulgação para que as pessoas da região possam conhecer o trabalho”, afirma a aposentada Rosa Sedrez, 79.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.210.99.209

Últimas notícias

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Homem esfaqueia ajudante que contratou pra fazer mudança 

Santa Catarina

Corpo de Bombeiros faz curso de atendimento a emergências gratuito

NAVIO MILITAR

Primeira fragata da Marinha fabricada em Itajaí será lançada em agosto

Se liga

Obra de recapeamento vai interditar BR 101 em BC e Itapema

valorizados

Mercado de carros usados segue em alta

Balneário Camboriú

Confusão em fila do cinema vira caso de polícia 

NILO SIMAS

Briga entre vizinhos termina com muletadas e tiro da PM

ENQUETE

Qual a sua opinião sobre o caos no trânsito com as obras da Rua do Porto em Itajaí?

Capturado

Assassino foragido trabalhava como pintor

NAVEGANTES

Vítima fatal de acidente era viúva de taxista assassinado



Colunistas

Direito na mão

Vantagens da aposentadoria para Pessoas com Deficiência (PCD)

JotaCê

Novidade na equipe Liba

Coluna Esplanada

Dispendioso$

Show de Bola

Começo promissor

Via Streaming

A sede cara da Apex

Na Rede

Bloqueio no Morro dos Cavalos e radares na Serra foram as matérias preferidas nas redes sociais  

Mundo Corporativo

Comportamentos destrutivos dentro das organizações

Histórias que eu conto

Reminiscências de um passado escolar

Jackie Rosa

Vida em Canto Grande

Gente & Notícia

Dudinha em Londres

Ideal Mente

E quem cuida de quem cuida?

Coluna do Ton

Parabéns Ale

Foto do Dia

Pintura ensolarada

Coluna Exitus na Política

Janelas fechadas

Coluna Fato&Comentário

Coleção bicentenário: a construção da Matriz

Coluna Existir e Resistir

Bloquinho do Sebastião Lucas resgatando e revivendo os saudosos carnavais

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste

Artigos

Aniversário da praça dos Correios



TV DIARINHO


Uma briga de vizinhos terminou em confusão no bairro Cidade Nova, em Itajaí. A Polícia Militar foi chamada ...





Especiais

NA ESTRADA

Melhor hotel do mundo fica em Gramado e vai abrir, também, em Balneário Camboriú

NA ESTRADA COM O DIARINHO

6 lugares imperdíveis para comprinhas, comida boa e diversão em Miami

Elcio Kuhnen

"Camboriú vive uma nova realidade"

140 anos

Cinco curiosidades sobre Camboriú

CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 



Blogs

A bordo do esporte

Fórmula E celebra Dia da Terra

Blog do JC

Cabeça ilustrada, emplumado

Blog da Jackie

Sem Spoilers! Corre lá no blog

Blog da Ale Francoise

Cuidado com os olhos

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Juliana Pavan

"Ter o sobrenome Pavan traz uma responsabilidade muito grande”

Entrevistão Ana Paula Lima

"O presidente Lula vem quando atracar o primeiro navio no porto”

Carlos Chiodini

"Independentemente de governo, de ideologia política, nós temos que colocar o porto para funcionar”

Osmar Teixeira

"A gestão está paralisada. O cenário de Itajaí é grave. Desde a paralisação do Porto até a folha sulfite que falta na unidade de ensino”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação