Matérias | Esporte


Itajaí

Amizade entre lanternas

Diferença entre os últimos da Imoca foi de apenas nove segundos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Nove segundos. Esta foi a diferença que separou o Initiatives Couer, oitavo colocado, do Team Plastique, o nono. Os dois últimos veleiros da classe Imoca 60 chegaram à vila da regata, em Itajaí, pouco depois das 14h. Sob sol forte, muito vento e uma grande salva de palmas, as duas equipes concluíram a prova após 21 dias no mar.

O primeiro a chegar ao canal foi o Initiatives-Couer. A dupla Tanguy Lamotte e François Damiens cruzou a linha de chegada por volta das 14h15. A previsão inicial era de que os franceses aportassem pelaqui um pouco mais cedo, mas a equipe teve contratempos, ao cruzar com uma rede de pesca. O probleminha obrigou os velejadores a se desviarem parcialmente da rota, o que custou 45 minutos preciosos.

Além da rede de pesca, que obrigou o Initiatives a fazer uma série de manobras não programadas, o vento forte também contribuiu pra diminuir a diferença entre os dois competidores. “Está muito quente ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


O primeiro a chegar ao canal foi o Initiatives-Couer. A dupla Tanguy Lamotte e François Damiens cruzou a linha de chegada por volta das 14h15. A previsão inicial era de que os franceses aportassem pelaqui um pouco mais cedo, mas a equipe teve contratempos, ao cruzar com uma rede de pesca. O probleminha obrigou os velejadores a se desviarem parcialmente da rota, o que custou 45 minutos preciosos.

Além da rede de pesca, que obrigou o Initiatives a fazer uma série de manobras não programadas, o vento forte também contribuiu pra diminuir a diferença entre os dois competidores. “Está muito quente, e o vento começa a diminuir nas proximidades da costa. Mas faz parte. Chegamos hoje à tarde e vamos fazer uma grande festa”, acrescentou Tanguy.



“É impossível imaginar uma diferença tão pequena em uma regata transatlântica. Vamos comemorar, pois estamos muito felizes em participar de uma prova tão importante como a Transat Jacques Vabre. Não tivemos problemas graves no barco, que andou bem”, disse o italiano Alessandro di Benedetto, do Team Plastique.

Os dois últimos colocados da categoria Imoca não se importam em navegar lado a lado. Initiatives-Coeur e o Team Plastique não se perdem de vista desde a passagem pela linha do Equador. Amigos, os velejadores combinaram de terminar a prova de quase 10 mil quilômetros juntos durante a regata, via rádio. “O primeiro a chegar esperaria o outro pra fazer a festa no píer. Dito e feito”, disse Alessandro di Benedetto, com um copo de caipirinha na mão.

“Lanterninha” também foi recebido com festa


O fato de ter sido o último colocado entre os veleiros de 60 pés que concluíram a prova na categoria Imoca não minimizou o feito do barcão preto da Team Plastique. Os italianos Alessandro Di Benedetto e Alberto Monaco chegaram a Itajaí sob os mesmos aplausos.

Perto das 21h de quarta-feira, o barco polaco Energa, conduzido por Zbigniew Gutkowski e Maciej Marczewski, já havia cruzado a linha de chegada na sétima colocação.

Com a chegada dos dois últimos veleiros, a categoria Imoca 60 encerrou sua participação na regatona Jacques Vabre. O campeão da classe foi o PRB, seguido por Safran, segundo colocado, Maitre, em terceiro, Cheminées Poujoulat, em quarto, Bureau Vallée, em quinto, Votre Nom Autour du Monde, em sexto, Energa, em sétimo, Initiatives-Cœur, em oitavo, e Team Plastique, na nona colocação.

Líder da Classe 40 tem problema na vela

Três dos 23 veleiros da Classe 40 devem cruzar a linha de chegada neste sábado. O final deve ser tenso após a confirmação de um problema com as velas do líder GDF SUEZ, que tá na linha de Ilhabela, São Paulo. Pra defender a vantagem, Sébastien Rogues e Fabien Delahaye foram obrigados a exigir mais do barco. Por isso, o GDF SUEZ perdeu duas velas chamadas de spinnaker (pano usado nos ventos que pegam o barco nas laterais ou na popa) e foi obrigado a improvisar.


Vice-líder e terceiro colocado, Tales de Santander 2014 e Mare, com média de 22 km/h nas últimas 24 horas, não desistem de ameaçar a tranquilidade do primeiro colocado e vão pra cima de vez. A diferença, que era de quase 200 quilômetros, é menor que 80. “O problema nos abalou. A diferença sumiu como neve no sol. Tentamos improvisar e adaptar novas velas. Foi uma luta incansável para permanecer à frente da regata. O barco sofreu, pois quebramos um monte de material para fazer remendos”, explicou Sébastien Rogues. A previsão do tempo também pode atrapalhar o GDF SUEZ, faltando menos de 600 quilômetros para a chegada. “Será complicado. Identificamos ventos fracos, instáveis em força e direção”, finalizou Sébastien Rogues.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.235.172.123

Últimas notícias

CAMBORIÚ 

Motorista destrói  farmácia com Uninho em vingança contra traição 

Brasileirão

Fluminense vence o clássico com o Vasco no Maracanã

OLHO NO CÉU

Santa Catarina vai ter chuva de meteoros do cometa Thatcher

Futebol

Chapecoense vence o Ituano na estreia da Série B

Câmara de Navegantes 

Toninho Uller se explica depois de 26 pedidos de cassação 

NAVEGANTES

Idosa sofre parada cardíaca após acidente com caminhão em rodovia

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Roda-Gigante projeta no fim de semana o Menino Maluquinho em homenagem à Ziraldo; veja horários

Gratuito

Camboriú abre 150 vagas para mutirão de castração de pets

ITAJAÍ

Creche do Dom Bosco elege realeza da Marejadinha 2024

INTERNACIONAL

Comitiva da Univali fez roteiro de visitas a três universidades nos Estados Unidos



Colunistas

Mundo Corporativo

Comportamentos destrutivos dentro das organizações

Histórias que eu conto

Reminiscências de um passado escolar

Jackie Rosa

Vida em Canto Grande

JotaCê

Festa de candidato em local proibido?

Coluna Esplanada

Senhor dos cargos

Gente & Notícia

Dudinha em Londres

Ideal Mente

E quem cuida de quem cuida?

Direito na mão

Trabalho sem carteira assinada conta para aposentadoria?

Show de Bola

Empréstimos feitos

Via Streaming

Visões de uma guerra de interesses

Na Rede

Agroboy mais gato dos EUA, última casinha de BC e romance no ar: confira os destaques das redes do DIARINHO

Coluna do Ton

Parabéns Ale

Foto do Dia

Pintura ensolarada

Coluna Exitus na Política

Janelas fechadas

Coluna Fato&Comentário

Coleção bicentenário: a construção da Matriz

Coluna Existir e Resistir

Bloquinho do Sebastião Lucas resgatando e revivendo os saudosos carnavais

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste

Artigos

Aniversário da praça dos Correios



TV DIARINHO


Uma semana após o vazamento de áudios em que propõe usar um projeto de lei que reajusta o salário de ...





Especiais

NA ESTRADA

Melhor hotel do mundo fica em Gramado e vai abrir, também, em Balneário Camboriú

NA ESTRADA COM O DIARINHO

6 lugares imperdíveis para comprinhas, comida boa e diversão em Miami

Elcio Kuhnen

"Camboriú vive uma nova realidade"

140 anos

Cinco curiosidades sobre Camboriú

CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 



Blogs

A bordo do esporte

Liga esportiva estudantil desembarca no Paraná

Blog do JC

PSB, PT, PCdoB e PV pexêros, juntos

Blog da Ale Francoise

Cuidado com os olhos

Blog da Jackie

Catarinense na capa da Vogue

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Juliana Pavan

"Ter o sobrenome Pavan traz uma responsabilidade muito grande”

Entrevistão Ana Paula Lima

"O presidente Lula vem quando atracar o primeiro navio no porto”

Carlos Chiodini

"Independentemente de governo, de ideologia política, nós temos que colocar o porto para funcionar”

Osmar Teixeira

"A gestão está paralisada. O cenário de Itajaí é grave. Desde a paralisação do Porto até a folha sulfite que falta na unidade de ensino”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação