Matérias | Geral


Itajaí

Funerária lacra e deixa clientes na mão

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Nem morrer em paz o povão tá podendo. Que o diga quem comprou planos funerários pra não ter que sincomodar na hora da visita da mulher com a foice, como é o caso dos clientes do grupo Santa Catarina Assistência Familiar. Eles tão preocupados porque a funerária São Cristóvão, que presta serviços pra empresa, simplesmente fechou as portas na semana passada.

A funerária tinha uma concessão pra prestar serviços funerários na city dengo-dengo, mas a prefa de Navega diz que o contrato acabou. A concessionária alega que houve irregularidades e avisa que ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


A funerária tinha uma concessão pra prestar serviços funerários na city dengo-dengo, mas a prefa de Navega diz que o contrato acabou. A concessionária alega que houve irregularidades e avisa que entrará com uma defesa administrativa. Neste meio tempo, o povão se ferra e não sabe o que fazer se alguém bater as botas.

O motorista Itamar Felipe, 58 anos, não sabe o que fazer. Cliente da Santa Catarina desde 2003, conta que foi até o escritório da empresa, na rua João Sacavam, na sexta-feira à tarde, e deu com a cara na porta. “Tava fechado. Eu achei estranho, pois tá aberto todos os dias”, conta.



Itamar comprou um terreno pra ele e outros dois filhos no cemitério do Gravatá, em Navegantes, por R$ 3,5 mil à vista, e paga mensalmente R$ 55 do plano da Santa Catarina, que inclui, entre outros direitos, assistência médica e funeral. O medo dele é que todo esse dinheiro vá parar no lixo. “Eu não vou mais pagar o plano. A próxima parcela vence agora, dia 20, e eu não vou pagar”, protesta.

Além da interrupção dos serviços, o que também deixou o cliente irritado foi a falta de informação. Segundo ele, a Santa Catarina deixou um comunicado, escrito à mão, em frente ao cemitério do Gravatá, avisando sobre os novos horários de funcionamento. “Diz que o escritório em tal dia vai abrir, e em tal dia não, mas não explica o porquê”, acrescenta.

Roberto Ferreira da Costa, gerente o grupo Santa Catarina Assistência Familiar, diz que a funerária deixou de funcionar a partir da semana passada por determinação da prefa dengo-dengo. “A prefeitura encerrou o contrato de licitação com a funerária abruptamente, sem nos comunicar. Mas já estamos tomando as devidas providências”, afirma.


Questionado sobre o que aconteceria com os clientes, caso necessitassem de assistência, Roberto deu uma de jundiá ensaboado. “Todos podem ficar tranquilos, pois essa situação será resolvida”, limitou-se a responder.

Segundo ele, o departamento jurídico da Santa Catarina vai entrar com uma defesa administrativa contra a prefeitura. A concessionária alega que havia um acordo entre as partes para que a São Cristóvão continuasse trampando até a abertura de uma nova licitação. “O contrato acabou, eles simplesmente o encerraram e ainda contrataram uma nova empresa pra tocar o serviço. Entendemos que houve falha na legalidade do processo”, afirma.

Marcos Antônio Muller Neto, chefe de Fiscalização da secretaria de Desenvolvimento Econômico da prefa de Navegantes, confirma que o contrato, o qual previa serviços de funeral, terminou neste ano. “Trata-se de um contrato de 10 anos, que começou em 2003 e terminou agora”, afirma Marcos.

Ele diz que o fim da concessão nada tem a ver com a interdição do cemitério do Gravatá, administrado pelo Santa Catarina. A brecada rolou no começo do mês, porque a empresa não estaria recolhendo impostos e também não tinha CNPJ, inscrição municipal e alvará.

O bagrão confirma que a prefa contratou uma nova empresa pra tocar o serviço, a SC Funerária, mas garante que tudo rolou dentro da legalidade. “Houve dispensa de licitação para a contratação por 90 dias. Nós temos 60 dias pra lançar o novo edital”, explica.


Cemitério fechado

Sobre o fechamento do cemitério do Gravatá, o gerente do grupo Santa Catarina garante que a empresa tá resolvendo o perrengue e espera regularizar tudo até o final do ano. “Nós estamos debruçados sobre vários dados, como quantidade de sepultados, vendas e uma série de coisas. Pretendemos resolver o problema o quanto antes”, garante.

Roberto argumenta que a funerária São Cristóvão, administrada pelo grupo Santa Catarina e concessionária direta dos serviços pra prefa, era quem recolhia os impostos. “Tudo era operacionalizado pela funerária, que é a pessoa jurídica da concessão”, explica. A empresa anexou um pedido de informações à prefa e aguarda uma resposta.

“Nós não entendemos por que a prefeitura está exigindo esses documentos, visto que o alvará de licença do cemitério pertence à concessionária, no caso a funerária”, questiona.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






18.204.56.185

Últimas notícias

VIOLÊNCIA

Trabalhador encontra cadáver de homem apedrejado em Penha

BALNEÁRIO

Fim do mau cheiro: Dragagem do Marambaia vai tirar 6 mil m3 de lodo do canal

ITAJAÍ

Trecho do molhe teve asfalto destruído e deve passar por recuperação

Famosa

Vidente prevê “catástrofe”, destruição total de Balneário e os números da Mega-Sena

CULTURA

Feira Literária de Penha vende livros a partir de R$ 1 

Destaque internacional

Semasa vai apresentar case de sucesso na Dinamarca

BALNEÁRIO

Motorista de aplicativo é preso por tentar matar homem a facadas

BALNEÁRIO

Dono de quitinete encontra o inquilino assassinado

Santa Catarina

Itajaiense vítima de feminicídio é homenageada em programa de proteção à mulher

Festão

Festival da cerveja de Gaspar terá mais de 50 rótulos



Colunistas

JotaCê

Pavan brigou com Amin e fechou com Moisés

Coluna Esplanada

Mão amiga

Canal 1

Alta cúpula do SBT tem encontro com presidente da CBF

Coluna do Janio

Elenco quase formado

Coluna Exitus na Política

O lixo

Jackie Rosa

Família Pereira comemora boa fase do grupo Fort

Clique diário

Itajaí vista do alto

Instituto Ion | Informando e Inovando

Inovação da tecnologia

Na Rede

Se liga nas matérias que foram destaque nas redes do DIARINHO

Via Streaming

“Westworld”

Gente & Notícia

Lançamento da Absoluta no Iate Clube Cabeçudas

Vinicius Lummertz

Santa Catarina: as melhores cidades, PIB nas alturas. Por quê?

Coluna do Ton

Festinha

Coluna Fato&Comentário

Antonico Ramos e o sonho do vigia

Artigos

Cenas para mudar o cenário

Coluna Tema Livre

Não é fácil ser mulher



TV DIARINHO


- Mar agitado, frente fria e chuva forte vêm aí novamente!- Dono de quitinete encontra o inquilino assassinado ...



Podcast

Minuto DIARINHO - 17/08/2022

Publicado 17/08/2022 16:37



Especiais

ENTREVISTA

Duda Salabert “Quando uma travesti é eleita, a sociedade inteira avança”

Brasil

Quem está destruindo as unidades de conservação do cerrado

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás



Blogs

A bordo do esporte

Lars Grael tenta mais um título Brasileiro de Star neste fim de semana

Blog do JC

Chefe de Gabinete afirma que tá de boa com prefeito

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Doutor Multas

Bafômetro pega vape: verdade ou mito? Entenda de uma vez por todas

Blog do Ton

Blumenau ganhará o primeiro lounge bar em formato rooftop

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Douglas Costa Beber

"Somos a cidade mais saneada de Santa Catarina e uma das mais saneadas do Brasil”

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação