Matérias | Especial


Itajaí

Parati é pioneiro no sistema de bufê em Itajaí

Restaurante nasceu de uma cantina dentro do colégio Salesiano e se tornou referência em comida a quilo

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Já se tornou tradição para a galera que precisa ir ao centro de Itajaí para comprar ou pagar contas fazer um pit stop no Parati, restaurante situado estrategicamente na esquina da avenida Sete de Setembro e rua Joinville. Lá é servido um bufê caprichado com 14 pratos quentes, mais de 20 tipos de saladas e sobremesa por conta da casa. O que pouca gente sabe é que o Parati foi o segundo restaurante da city a investir no sistema self-service, que acabou virando regra geral por causa da grande demanda de peões precisando comer rápido pra voltar logo ao trampo, sem apelar para salgadinho com refri.

O proprietário, Moisés José Dutra, 57 anos, conta que o restaurante nasceu dentro do Salesiano, quando era apenas uma lanchonete tocada pelo cunhado. Quando ele pensou em montar um negócio fora ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


O proprietário, Moisés José Dutra, 57 anos, conta que o restaurante nasceu dentro do Salesiano, quando era apenas uma lanchonete tocada pelo cunhado. Quando ele pensou em montar um negócio fora do colégio, convidou Moisés. No início, a ideia era abrir uma pastelaria, mas depois decidiram pelo restaurante com bufê a quilo, uma novidade na época, em 1996. “Nós fomos o segundo restaurante a quilo da cidade. Eu tinha acabado de sair do banco, através de um programa de demissão voluntária, e vi ali a chance de investir num novo segmento”, relembra.

Moisés relata que, no começo, os funcionários eram apenas ele e o cunhado atendendo no balcão, com as duas esposas pilotando as panelas na cozinha, mais três ajudantes. Hoje são 10 funcionários. O espaço físico também mudou bastante ao longo dos 17 anos da casa. A área de 110 m² ganhou uma ampliação de 40m² em 2010, já que o número de clientes aumentava a cada ano. Após o fechamento da varanda, também foi possível instalar um ar-condicionado e aumentar o conforto dos clientes no verão.



Feijão de todo o tipo

Quem costuma frequentar este tipo de restaurante não imagina a quantidade de comida necessária para abastecer o bufê semanalmente. Só em batata frita, são consumidos 60 kg, mais 15 kg de arroz, 45 kg de feijão, 60 kg de carne, 75 kg de frango, 35 kg de peixe e 50 kg de batata inglesa, fora as verduras! Tudo para alimentar uma tropa de cerca de 250 bocas por dia.

O cardápio do Parati é bem caseiro. Todo o dia é possível encontrar o rango típico brazuca como arroz, macarrão, maionese, purê de batata, farofa, frango, carne, peixe e feijão; aliás, para agradar a todos, a cada dia é servido um tipo diferente de feijão, já que o catarina gosta do vermelho, o carioca do preto e o paulista do carioquinha. “Um nordestino me disse que nunca tinha visto servir feijão preto fora da feijoada”, comenta. Na quarta-feira, que virou o dia mais movimentado da casa, é servido empadão e sushi. “Quem vem na quarta-feira gosta tanto que acaba trazendo a família pra comer no sábado”, acrescenta. A galera natureba também comparece e se esbalda no arroz integral, batata doce assada e refogado de proteína de soja.


Moisés conta que cerca de 65% do público que vem ao restaurante é composto por mulheres e boa parte são profissionais liberais como dentistas, advogados, galera que trampa nas agências marítimas e acompanhantes de pacientes internados no hospital Marieta, que fica ali pertinho. Os clientes assíduos são beneficiados por um programa de fidelidade, que oferece uma refeição de 500 g a cada 12 refeições.

SERVIÇO

Endereço: avenida Sete de Setembro, 252, Itajaí. Fone: 3348-3672

Horário de funcionamento: das 11h às 14h, de segunda-feira a sábado (exceto feriados)





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






18.208.126.232

TV DIARINHO


Minuto DIARINHO- Ciclone extratropical deixa rastro na região;- Em Balneário Camboriú, clube flutuante ...



Podcast

Minuto DIARINHO 09/08/2022

Publicado 09/08/2022 20:22



Especiais

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás

conexão

Networker aproxima Balneário Camboriú das celebridades

Sem medo do trabalho

Dona Terezinha toca uma confecção aos 84 anos



Blogs

Blog Doutor Multas

Bafômetro pega vape: verdade ou mito? Entenda de uma vez por todas

Blog do JC

Desencantou

Blog do Ton

Blumenau ganhará o primeiro lounge bar em formato rooftop

A bordo do esporte

Seleção Brasileira de Vela faz sessão de treinos contra a Argentina

Blog da Ale Francoise

Inclua inhame no seu dia!

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”

Willian Cardoso, o Panda

"Saquarema provavelmente vai ser meu último mundial, aí eu vou estar focado no brasileiro”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação