Colunas


JotaCê

Por Coluna do JC -

JC é colunista político do Diarinho, o jornal que todo mundo lê, até quem diz que não. A missão do socadinho escriba é disseminar a discórdia, provocar o tumulto e causar o transtorno, para o bem da coletividade.

Vereadora chama secretaria de demagoga


(foto: divulgação)


A vereadora da Dubai brasileira, delegada Magali (MDB), ficou fula da vida com a secretária do Idoso, Juliethe Nitz, a quem acusou de falta de ética profissional por  proferir palavras grosseiras enquanto usava a tribuna. Magali lascou que é briga de ego

 

Ciência

Este socadinho e desasado escriba recebeu na choupana dois cientistas políticos pra um bate-papo e análise sobre as eleições da região, principalmente do que nasce da city pexêra. Os analistas andaram fazendo contas para ver se finalmente Itajaí terá representantes na leleia e na câmara federal.

 

Abra o olho

Segundo os sabichões, se Itajaí realmente quer ter representantes, precisa estar atenta ao que os partidos escondem, principalmente neste momento em que um ciclo de lideranças históricas começa a se fechar e outro deve começar por pelo menos mais 30 anos.

Como assim?

Para se atingir a meta de pelo menos uma cadeira em cada casa legislativa, vários fatores são necessários e requisitos devem ser preenchidos. O número de vagas é distribuído proporcionalmente e os partidos que mais construíram nominatas fortes, tanto no quesito quantidade como no quesito potencial de votos, têm mais chances de chegar.

Estadual peixeiro

Pra deputado estadual em Itajaí, por exemplo, os sabidos alertam que o PSDB da minha ex-musa Dom Quichata Anna Carolina Martins, de 41 vagas a serem preenchidas na nominata, só conta com 14 postulantes, número extremamente baixo.

Voto jogado fora

Com isso, considerando que grandes nomes tucanos estadualizados como Marcos Vieira e Vicente Caropreso são infinitamente mais viáveis, torna-se praticamente impossível atingir uma terceira cadeira pra Itajaí com apenas 14 candidatos. Seria praticamente jogar o voto fora, conforme análise dos sabichões.

Problemas

Já Osmar Teixeira (Solidariedade), ou Sancho Pança, também deve encontrar sérias dificuldades de nos representar na Alesc. A nominata apresentada pela executiva estadual do seu partido soma nomes desconhecidos do grande público.

Processo de expulsão

Além disso, sua campanha não decolou e Osmar ainda enfrenta previamente um processo de expulsão do próprio Solidariedade antes mesmo de disputar a eleição. Processos assim, sem harmonia popular e política, tendem a morrer na casca. Se a conta é pra voto útil em viáveis candidatos, os analistas também não apostam no Sancho Pança.

Unidade

Sem paixões, com a unidade e a pouca resistência que o ex-barbudinho júnior Thiago Morastoni (Podemos) tem encontrado, descontando a rejeição e o pacote de candidatos que apenas usam as eleições para manter seus nomes em evidência, abstenções e tudo mais, Thiago se apresenta como o mais viável candidato a deputado estadual da cidade matematicamente pra integrar uma das 40 cadeiras do parlamento da Santa & Bela. É o nome pexêro com mais chances.

Podemos

O Podemos vem com nominata cheia de puxadores de voto e, somado ao bom momento que vive o governo pexêro, além de tudo que Thiago participou e construiu, ele aparece com reais possibilidades de eleição.

Escolha

Segundo os analistas, analisando também as condições científicas, o mais próximo da cadeira pra Itajaí é o ex-barbudinho júnior Thiago Morastoni. A estratégia do candidato foi acertada na escolha do partido e na integração do governo da city que mais se desenvolve em Santa Catarina.

Federou?

Já na disputa de Itajaí por uma vaga no Congresso Nacional, as variáveis de campanha, durante o desenvolvimento e performance de candidatos na região, mostram que o candidato Márcio Dedé (União Brasil) ganhou o coração do povo pexêro e da região de quem realmente quer ver um deputado eleito em Brasília pela foz do rio Itajaí.

Medo de sombra

As demais candidaturas não atingiram a Amfri com tamanha intensidade como atingiu a de Dedé, com reconhecimento de entrega e trabalho. Os candidatos de ocasião, que não têm a pretensão de se eleger, mas sim atrapalhar quem tem realmente condições por medo de sombra, pelo menos desta vez não devem encontrar apoio do povão.

Paraquedistas

Os sabichões lascam ainda que é normal que partidos e seus filiados adotem a postura de cumprir cotas a candidatos de fora. Porém, a sensação que se tem é de  que pelo menos por aqui, desta vez, a vontade grande de se ter representantes deve diminuir essa vazão de votos. Além disso, a virada de votos pra candidatos daqui, que realmente apresentam condições, deve acontecer pra que se conquiste essas cadeiras. Então tá, quem viver verá!

Os Interesses!

Aquela tchurma de fofoqueiro desgramenta tem soltado nos bastidores da política local que o empenho e apoio incondicional do ex-tucano Robison Coelho (sem partido) para a minha ex-musa BBB, a Dom Quichata Anna Carolina (PSDB), na sua eleição para deputada estadual, está revestido de interesses do ex-candidato a prefeito para 2024.

Acordo

Robison Coelho teria costurado a aliança da Dom Quichata com o Paulinho Bronhausen, ops, Bornhausen (PSD), através do recuo da candidatura do futebolista Níkolas Reis (PSD), que atrapalharia os planos da galega e dividiria os votos, mas a condição seria que Anna Carolina, eleita ou não eleita, seria a cabo eleitoral número um de Robison na eleição para prefeito em 2024.

Ardume

Pior que Coelho já sentiu o ardume de se empenhar pela Dom Quichata por duas eleições seguidas e depois ter o desprezo dela quando precisou. Só pra alembrar, quando foi eleito vereador, Robison fez a campanha agarradinho com Anna Carolina a prefeita e dois anos depois se licenciou do mandato para coordenar a campanha dela a deputada. Em 2020, quando concorreu a prefeito, Robison ganhou de Anna indiferença e desprezo.

Novo Mafra?

Habituada a desprezar seus apoiadores do passado e do presente, há quem aposte que o Coelho vai ser o novo Osvaldo Mafra (SD), que já tomou alguns galhos da Dom Quichata, apostando nela e depois, quando precisou, nem café adoçado ganhou de Anna, quando foi ao escritório dela e do seu entisicado pai, o João Sem Kombi Martins. É flórida!

Empenhado

Acreditando ou não no cumprimento do compromisso no futuro, Robison, depois que a coluna criticou seu apoio apático aos candidatos, arregaçou as mangas e tem subido no carro de som, feito caminhada e reuniões em favor da Dom Quichata e do torcedor lá do time da Ressacada, em Floripa, o Paulinho Bornhausen.

Galho eleitoral

No mínimo está fazendo isso tudo morrendo de medo de mais uma vez ser ignorado pela Dom Quichata quando precisar! Ou gosta de ganhar uns galhos eleitorais da Anna. Só assim pra explicar a devoção de se anular, afastar apoiadores e correr o risco de ficar sem grupo pra disputar a partida de 2024 - pra apoiar a galega.

Operação Abafa

Segue a todo vapor na piramidal casa do povo peixeira de Itajaí a operação abafa, também conhecida como passa pano quente. É que a coluna já havia trazido a informação ao longo do ano de um vereador de Itajaí que teria assediado uma colega da casa, e que tal fato foi verificado por muitos pares da Câmara.

Eleitoreira

A operação teria cunho eleitoreiro, digo, eleitoral, digo político, e teria sido liderada pelo presidente e candidato Marcelo Werner (PSC) e o presidente em exercício Rubens Angioletti (sem partido?), com o fim de garantir os votos necessários para a recondução da mesa diretora no mês de dezembro que já está na porta.

Operação Abafa 2

O que estaria por trás dessa operação abafa, segundo os fofoqueiros, digo, segundo as fontes da coluna, seriam não só o apoio do presidente em exercício, que é candidato na eleição da mesa diretora 2023/2024, como também o apoio político nas eleições 2024 à prefa de Itajaí. Será? 

Não fez

O vereador e presidente em exercício, Angioletti, que dispara contra todos sobre ética e retidão, que decidiu por vários apoios (muito ético, né), com o vídeo em mãos, poderia ter encaminhado à polícia ou ao Ministério Público, ou não? Mas a tchurma garante que, mesmo tendo oportunidade, não fez. 

Foi pra cima

A vereadora Magali Nunes Ignácio, a delegada Magali (MDB), da Dubai brasileira, pegou na corda com a secretária do Idoso, Juliethe Nitz. Magali é uma das autoras de um substituto de um projeto que visa colaborar com a pessoa idosa em condição de vulnerabilidade, criando um centro de atenção aos idosos que passariam o dia no local, enquanto seus familiares trabalham. Parabéns, Magali!

Agressiva

E Magali registrou com tristeza o que considerou falta de ética profissional de Juliethe, que enquanto usava a tribuna, a bagrona proferia de forma agressiva em detrimento da parlamentar e que disparou mensagens para os vereadores. A delegada debulhou que não desejava fazer o registro, mas que foi de forma agressiva, e nem sempre tem sangue de barata.

Amnésia

Magali lamentou que a amnésia se apossou de Juliethe, que tem que parar com ego e demagogia, e sim se preocupar com os idosos. Problema da Juliethe é que essa população de vulnerabilidade e carente seja atendida. E a gestão será feita pela Secretaria de Inclusão Social, comandada pela minha musa pink, Christina Barichello.

Desagravo

O vereador e dublê de vampiro italiano Nilson Probst (MDB) lamentou a situação e registrou que deveriam fazer uma moção de desagravo por conta da ação da secretaria Juliethe contra um parlamentar do Legislativo.

Futebolista reage

O ex-vereador e agora dotô Níkolas Reis (PSD), que tá grudado na campanha do Paulo Bornhausen (PSD) para deputado federal e da minha ex-musa BBB Anna Carolina (PSDB) para deputada estadual, citado na coluna, parece que sentiu o tranco e entrou em contato com esse desasado escriba para dizer que...

Não é bem assim

Para o ex-parlamentar, cada um pode fazer suas avaliações sobre o baião de dois difícil de digerir (e, bota difícil nisso), digo, sobre a dobradinha que ele ajudou a construir, mas acusar de benefício financeiro aí já seria demais, fala Níkolas.

Brabo

Níkolas jurou de pés juntos que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa, e que sua história mostra que as escolhas nunca privilegiaram o seu bem-estar, muito pelo contrário. Para ele, a decisão foi “pragmática”, e ele escolheu ajudar quem tem condição de ganhar para o bem de Itajaí, então tá. Tá aí o registro.

Deixaram de fora

A CDL da Dubai brasileira convidou uma pá de candidatos à deputado estadual e federal pra bater um café da manhã com os alegres meninos e meninas da imprensa. Contudo, o candidato a suplente de senador do ex-governador com cara de padreco Raimundo Colombo (PSD), o vereador David Labarrica, não foi lembrado...

Agilidade

A página do Detran Digital agora oferece uma ferramenta para gerar notificações por e-mail, de todas as movimentações, para advogados que acompanham processos administrativos de infrações de trânsito e de suspensão do direito de dirigir, representando cidadãos.

OAB

O sistema foi criado a pedido da presidente da OAB/SC, Cláudia Prudêncio. Em iniciativas pela facilitação do acesso e desburocratização dos serviços públicos, a seccional já conquistou junto ao Detran o compromisso de não mais exigir firma reconhecida ou procuração pública da advocacia.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

JotaCê

Anna na presidência da Câmara?

JotaCê

Reitor não quer ser prefeito

JotaCê

Construtor pode ser candidato a prefeito

JotaCê

Vereador de BC chama ministro do STF de “Hitler”

JotaCê

Marcelo e Décio juntos em Brasília

JotaCê

Ju cede à pressão

JotaCê

Eleições 2024 nos bastidores empresariais de Itajaí

JotaCê

Parados no ponto

JotaCê

Vereadores de BC contra Xandão

JotaCê

Candidato à Barca

JotaCê

Colombo tá no “aquecimento”?

JotaCê

Eleições 2024 já estão em debate em Itajaí

JotaCê

História do Marieta ainda vai render

JotaCê

Jorginho quer harmonia entre os três poderes

JotaCê

Faltou o Angioletti, cobram leitores

JotaCê

João Martins dá nos dedos da pastora

JotaCê

Xepa está pistola com a Conasa

JotaCê

Investimento

JotaCê

Penha agora tem prefeita

JotaCê

Aguardem a Barca



Blogs

A bordo do esporte

Araruama (RJ) confirma calendário de regatas de 2023

Blog do JC

Quadrangular 71 anos

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Os poderes da Spirulina!

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo

Marcelo Sodré

"A hora que entrar o contrato de arrendamento essa agonia se dissipa. As empresas vêm pra fazer o porto continuar crescendo”

James Winter

“Só vai haver desemprego e demissão em massa se não tiver carga aqui no Porto de Itajaí”

Décio Lima

"Hoje, de R$ 97 bilhões que são arrecadados pelo governo federal em Santa Catarina, apenas R$ 7 bilhões voltam”

TV DIARINHO

Entrevistão com Alvin Sandri



Podcast

Entrevistão com Alvin Sandri

Publicado 03/12/2022 10:10


Especiais

Pesquisa de preços

Bora conferir as pechinchas da semana pra garantir o churrasco do jogo do Brasil

OLHO NA DOSE

Pesquisa de preço mostra onde bebidas quentes são mais baratas

Na Estrada com o DIARINHO

Maravilhas naturais fazem de Bombinhas o Caribe catarinense

Itajaí

Do imóvel popular ao de altíssimo padrão são as apostas da Lotisa

Alto padrão

Procave agrega valor e exclusividade



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação