Colunas


Coluna Fato&Comentário

Por Edison d'Ávila -

Hino de Itajaí - cinquentenário


No último dia 7 deste mês de dezembro, completou seu cinquentenário o “Hino de Itajaí”, oficializado por lei aprovada na Câmara Municipal e sancionada sob o nº 1.142/1971 pelo prefeito Júlio Cesar.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





A história da criação da letra e música da marcha “Terra Feliz” e sua oficialização como Hino do Município de Itajaí é bem curiosa e merece ser contada.

Nesse ano de 1971, no mês de novembro, o Grêmio Estudantil do Colégio Salesiano Itajaí realizava o 1º Festival Estudantil da Canção. Dele participavam escolas da cidade, que podiam inscrever até quatro músicas da autoria de seus alunos.

Foi assim que os alunos da 3ª série do curso de contabilidade, da Escola Técnica de Comércio de Itajaí, a conhecida escola do Professor Mourisco, decidiram também participar do festival, ficando encarregado o grupo de alunos composto por Florisvaldo Diniz Filho, presidente do Grêmio estudantil da escola; Luiz Soares, ex-vereador; Zilton Esmael Cruz, comerciante, João Santana e outro de nome Silvestre de compor uma música.

O grupo de compositores se reunia na escola, depois do término das aulas, às 22 horas, por vários dias. Primeiro fizeram a letra e a seguir criaram a música. Diniz Filho, que tinha conhecimentos musicais, então, deu à música criada um ritmo de marcha, que ele julgou ser mais adequada à letra.

Para apresentação da composição no festival, marcha que recebeu o nome de “Terra Feliz”,  os alunos contrataram o conjunto “Silver Stones”. Mesmo tendo sido classificada em 3º lugar, a música dos alunos da 3ª série do curso de contabilidade foi a que mais empolgara a plateia e merecera os maiores aplausos. Naquela ocasião, muitos dos presentes já aventaram a possibilidade de transformar a marchinha em Hino de Itajaí.

A razão desse agrado estava em que a composição musical é um hino de louvor à cidade de Itajaí. Naquele começo da década de 1970, Itajaí vivia um tempo de crescimento e busca de maior desenvolvimento econômico e social e era já uma cidade florida. Trabalhava-se por desenvolver a pesca, a indústria e a novidade do turismo. Havia no ar um clima de exaltação das belezas e potencialidades do município. A letra da composição expressava muito bem aquele clima. Daí o agrado geral.

Numa reunião política, em que estavam presentes prefeito e vereadores, o jornalista Antônio Carlos de Campos e Silva, que havia sido jurado do festival, levou a ideia de oficializar a composição como Hino de Itajaí, o que recebeu aprovação geral. Dois vereadores, Francisco Júlio Wippel e Manoel José Sagaz, apresentaram o projeto de lei, que mereceu aprovação unânime dos vereadores presentes à sessão daquela noite de 29 de novembro.

Mais de uma centena de alunos e populares presentes saíram, então, em caminhada pela rua Hercílio Luz, acompanhados do conjunto “Silver Stones”, festejando e cantando o “Hino de Itajaí”, cujos últimos versos declamam um convite ao turista: “Deste imenso país, do Oiapoque ao Chuí, conheça uma alegre cidade, visite nossa Itajaí”.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Fato&Comentário

Aprender português com quem sabia

Coluna Fato&Comentário

Arnaldo Brandão: centenário do escritor de Itajaí

Coluna Fato&Comentário

1922: 100 anos da Independência em Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Dona Elizabeth Malburg e patriotas exaltados

Coluna Fato&Comentário

Antonico Ramos e o sonho do vigia

Coluna Fato&Comentário

“A vaquinha do seu Zena”

Coluna Fato&Comentário

Museu histórico de Itajaí: 40 anos

Coluna Fato&Comentário

Dimas Rosa: artista de Itajai desconhecido aqui

Coluna Fato&Comentário

Penha x Navegantes - quase guerra

Coluna Fato&Comentário

Tradição e inovação: a festa do Divino de Itajaí 

Coluna Fato&Comentário

“Chuta, seu Alberto”: corridas de cavalo no Itajaí antigo

Coluna Fato&Comentário

Festa na Vila: Nossa Sra. da Paz e São José Operário

Coluna Fato&Comentário

Coloninha: bairro popular de Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Senhor dos Passos: devoção do povo

Coluna Fato&Comentário

Hugo Calgan: mistério da pintura de Itajaí - 1884

Coluna Fato&Comentário

Sindicato dos Estivadores: 100 anos

Coluna Fato&Comentário

Ariribá, Canhanduba, Itaipava: nomes Tupis em Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Brizola e o “grupo de onze”daqui

Coluna Fato&Comentário

Tespis Cia. de Teatro: memória e história

Coluna Fato&Comentário

2022: Comemorações relevantes na cidade



Blogs

A bordo do esporte

Vela estreia nos Jogos Sul-Americanos no domingo (2)

Blog do JC

Eleições

Blog do Ton

Zezé Di Camargo & Luciano aterrissam em outubro no Expocentro BC

Blog Doutor Multas

5 golpes comuns que você deve ficar atento ao comprar um carro

Blog da Jackie

Spring Party

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Jorge Boeira

“A saúde de Santa Catarina está esperando vaga na UTI”

Esperidião Amin

"Eu não quero colocar o Bolsonaro dentro da minha gaiola - que é o que alguns querem, ser o dono do Bolsonaro. Já foram até repreendidos por isso”

Décio Nery de Lima

"Vou retomar os investimentos que o Bolsonaro negou para Santa Catarina”

Jorginho Mello

"O candidato do presidente Bolsonaro é o Jorginho Mello”

TV DIARINHO

Oba! Faltam só 6 dias pra maior festa do pescado do Brasil! Vem aí a Marejada! #marejada #itajai #santacatarina ...



Podcast

Minuto DIARINHO - 30/09/2022

Publicado 30/09/2022 15:40


Especiais

Fique ligado

Confira as orientações, regras e serviços para o dia da eleição

ENTREVISTA

“Já atingimos ponto de não retorno” em algumas regiões da Amazônia, diz pesquisadora

ELEIÇÕES 2022

Partidos em Santa Catarina receberam quase R$ 194 milhões

ELEIÇÕES 2022

Confira quanto cada candidato da região recebeu do fundão eleitoral

Pesquisa DIARINHO

Preço da carne pode variar até 145%



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação