Matérias | Especial


CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 

Obras incluem 500 quilômetros de tubulações e estação de tratamento

João Batista [editores@diarinho.com.br]

Foto: Divulgação Aegea



O mês de março marcou um momento histórico para Camboriú, com a assinatura do acordo pra implantação do sistema de esgotamento sanitário na cidade. O termo de ajuste contratual foi firmado entre a concessonária Águas de Camboriú e a prefeitura, com compromisso de universalizar o saneamento no município. A ordem de serviço já foi dada para o início das obras. 


O novo sistema prevê investimento de R$ 300 milhões ao longo de 10 anos, incluindo a construção de uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) com capacidade de operar 210 litros por segundo, atuando ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


O novo sistema prevê investimento de R$ 300 milhões ao longo de 10 anos, incluindo a construção de uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) com capacidade de operar 210 litros por segundo, atuando por meio do Sistema Terciário de Lodo Granulado Aeróbio. A rede terá cerca de 500 quilômetros de tubulações pelos bairros, ligando casas, comércios e edifícios.



O projeto de esgotamento sanitário também contará com 31 elevatórias de esgoto, em pontos estratégicos no município, que vão bombear os efluentes para a ETE, e prevê a gestão pela empresa de algumas das ETEs de loteamentos e condomínio de Camboriú.


Conforme a presidente da Águas de Camboriú, Reginalva Mureb, para o acordo virar realidade houve o envolvimento e a participação de diversas instituições que debateram o tema nos últimos anos.

“Foram inúmeras reuniões para chegar no ambiente mais adequado e confortável para esta decisão”, comentou no ato de assinatura. 


O vice-presidente da Aegea, controladora da concessionária, Leandro Marin Ramos da Silva, destacou que o grupo está em mais de 500 municípios, atendendo 31 milhões de pessoas.

“Estamos conscientes de nossa responsabilidade, agora iniciamos um trabalho intenso assumindo esse compromisso em benefício da população”, completa.

O prefeito de Camboriú, Élcio Kuhnen (MDB), destacou que o avanço do acordo ocorre num momento em que a cidade é destaque de desenvolvimento no estado e se tornou a 3ª maior economia na região da Amfri, sendo uma das cinco melhores cidades em gestão econômica de Santa Catarina.


“Despontamos no cenário econômico e de gestão e hoje, atuamos com capacidade de investimento e acreditando que, com um passo de cada vez, se constrói uma Camboriú modelo para Santa Catarina”, afirmou.

Despoluição do rio Camboriú


Para o presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Camboriú, professor Paulo Schwingel, o projeto de saneamento é um passo fundamental que deve ajudar na recuperação do rio Camboriú, que hoje recebe lançamentos de esgoto bruto. O comitê trabalha há oito anos pra que as obras fossem incluídas na concessão. 

“O rio Camboriú é um dos mais poluídos do planeta e o saneamento básico é fundamental para que ele se encontre em melhores condições. Camboriú e Balneário Camboriú devem trabalhar juntas nesse sentido”, ressaltou.

A condição negativa do rio foi apontada numa publicação científica de 2022, que listou os mil rios mais poluídos do mundo. De acordo com o presidente do comitê, são vários motivos para a poluição do rio, mas dois são básicos: a falta de saneamento e a baixa eficiência da ETE de Balneário Camboriú.

“Hoje há coleta de 100% do esgoto em Balneário Camboriú, mas que não é tratado completamente”, apontou. Recentemente, a estação de BC passou por adequações pra retomar a eficiência no tratamento após problemas na manutenção da lagoa de aeração, que faz parte da principal etapa do sistema.

O presidente do comitê Camboriú também destacou a necessidade de BC e Camboriú pensarem juntas a gestão hídrica da bacia hidrográfica, considerando que o rio Camboriú é estadual e não pertence a nenhum dos municípios. Ainda ressaltou a importância da concessionária participar ativamente no Projeto Produtor de Água, “pois investir na produção de água é investir no seu próprio negócio”.

Para evitar a crise hídrica, os municípois discutem a construção dos Parque Inundável Multiuso, que permitirá o armazenamento de água para o abastecimento da região, além de combater as cheias. No final do ano passado, o projeto recebeu a licença prévia do Instituto de Meio Ambiente (IMA). A fase atual é de captação de recursos e parcerias pra viabilizar a obra, que prevê investimento de R$ 144 milhões. 

Crescimento populacional reforça a importância do saneamento

Segundo o último censo do IBGE, Camboriú conta com mais de 103 mil habitantes. O resultado aponta um crescimento de 65% em relação ao Censo de 2010. Atualmente, a cidade é a 14ª maior do estado, com a 3ª maior população entre as cidades da Amfri. 

Além disso, a região atrai constantemente turistas e viajantes que passam temporadas prolongadas, com destaque para o período de veraneio. Com o crescimento da população, o Comitê do Rio Camboriú avalia como “crucial” a implantação da rede coletora e de tratamento de esgoto.

“Atualmente, parte do esgoto de Camboriú é tratado no modelo individual com fossas sépticas (mas que demandam manutenção e fiscalização adequada) e outra parte acaba sendo encaminhada para o rio ou o mar, de forma totalmente irregular”, informa a entidade. 

Ainda conforme o comitê, além do impacto ambiental, a falta de tratamento de esgoto também traz impactos financeiro, imobiliário e à saúde da população. 

 

Obras de infraestrutura

Camboriú também deu início a novas obras de infraestrutura nos últimos dias. Na avenida Santa Catarina, principal entrada da cidade, o projeto de revitalização entrou no terceiro trecho, de 1,2 quilômetro. O trabalho começou com a implantação da rede de drenagem, desde a central de luto até a rótula do IFC. 

O trecho também vai ganhar ciclovia, calçadas, faixas elevadas e nova pavimentação. A obra está orçada em R$ 4,1 milhões, bancada com recursos próprios do município. As obras antecedem a construção do futuro binário da avenida Santa Catarina com uma nova via que vai conectar Camboriú à marginal da BR 101, num projeto de R$ 60 milhões a ser financiado junto à Caixa. 

 Já na Estrada Geral dos Macacos, o investimento será de R$ 10 milhões. A ordem de serviço já foi dada para a pavimentação do terceiro trecho da via, além de algumas ruas dos bairros Cedros e Rio Pequeno. 

As próximas obras na cidade serão nas áreas de saúde e educação. Camboriú foi contemplada com R$ 23,6 milões no Novo PAC, do governo federal, pra construção de dois novos postos de saúde e uma escola de ensino integral no bairro São Francisco de Assis.

Construção civil ganha destaque

A construção civil vem ganhando destaque na economia de Camboriú, puxando a criação de vagas de empregos. Em 2023, a cidade fechou o ano com um saldo de 770 novos empregos formais, num crescimento de 6,47% em relação ao ano anterior. 

O resultado, segundo dados do Caged, do Ministério do Trabalho, colocou o município na 3ª posição do ranking de geração de empregos entre as 20 maiores cidades de Santa Catarina, a frente de Joinville, Itajaí e Blumenau. Navegantes e Itapema lideram a lista. 

Um dos empreendimentos que estão mudando a paisagem da cidade é o Camboriú Boulevard, na avenida Santa Catarina. A torre de 40 pavimentos, com 256 apartamentos, está quase na metade das obras e tem previsão de lançamento em março de 2026. 

Os indicadores positivos são celebrados pela classe empresarial, que até criou um programa de desenvolvimento pra atrair novos negócios e investimentos pra cidade. Atualmente, são mais de 17 mil empresas ativas em Camboriú.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.222.104.206

Últimas notícias

Categorias de base

Marinheiro é derrotado pelo Hercílio Luz no Catarinense sub-20

Balneário Camboriú 

Assediador tenta beijar menina em banheiro de comércio em BC

Série B

Brusque toma 4 a 0 do Santos na Vila Belmiro

Travessia 

Balsinha da Barra do Rio é paralisada por causa da correnteza

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Homem tenta dar golpe com grana fake 

TRAGÉDIA

Recém-nascida morre de dengue em Piçarras

DESESPERADOR

Mulher é arrastada por correnteza e se segura em pedaço de madeira em Rio do Sul

Domingo 

Defesa Civil faz alerta sobre risco de alagamentos em Itajaí

EDUCAÇÃO

Mais de 60 crianças são chamadas para vagas de creches em BC

SANTA CATARINA

Caminhão que ia pro Rio Grande do Sul com doações levava crack e cocaína escondidos na carga  



Colunistas

Na Rede

Morte de produtor, garotinho com orgulho do pai na enchente e mais: confira os destaques do DIARINHO

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Jackie Rosa

Niver da Chris

JotaCê

Amin responde Chiodini

Mundo Corporativo

A importância do equilíbrio da autoestima no mundo organizacional

Coluna Esplanada

Palácio x Lira

Gente & Notícia

Níver da Margot

Ideal Mente

Luto coletivo: navegando juntos nas ondas da perda

Show de Bola

Vitória da base

Direito na mão

Mulher entre 54 a 61 anos: como antecipar a aposentadoria?

Via Streaming

“Justiça”

Coluna Exitus na Política

Vontade e solidariedade

Coluna do Ton

Chegando de Mendoza

Histórias que eu conto

Armação da infância II

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo

Coluna Fato&Comentário

Anuário de Itajaí - 100 anos da 1ª edição

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste



TV DIARINHO


Uma mulher foi arrastada pela correnteza do rio Itajaí-Açu em Rio do Sul. Ela se agarrou em um pedaço ...





Especiais

NA ESTRADA

BC oferece rolês gastronômicos, culturais, de compras e lazer

RIO GRANDE DO SUL

São Leopoldo: a cidade gaúcha onde quase todos perderam o lar

RIO GRANDE DO SUL

Governo Eduardo Leite não colocou em prática estudos contra desastres pagos pelo estado

Retratos da destruição

“Não temos mais lágrimas pra chorar”: A cidade gaúcha destruída pela 3ª vez por enchentes

MEIO AMBIENTE

Maioria de deputados gaúchos apoia projetos que podem agravar crise climática



Blogs

A bordo do esporte

Atletas classificados para o Pan-Americano de VA'A

Blog da Jackie

Tá na mão!!!

Blog do JC

Visita na choupana do Chiodini e Rebelinho

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)

João Paulo

"Essa turma que diz defender a família ajudou a destruir a boa convivência em muitas famílias. Na defesa de um modelo único, excludente"

Entrevistão Peeter Grando

“Balneário Camboriú não precisa de ruptura, mas de uma continuidade”

Juliana Pavan

"Ter o sobrenome Pavan traz uma responsabilidade muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação