Matérias | Especial


ALQUIMISTA DOS SABORES

A fabulosa cozinha multicultural de chef Fátima Vanzuita

Combinação de técnicas francesas com iguarias regionais é um dos segredos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Sem falsa modéstia: peixeira quer se tornar a melhor chef do sul do mundo. Foto: Renata Rosa

Há 25 anos, a rotina da itajaiense Fátima Vanzuita, de 61 anos, é imaginar como vai surpreender quem provar sua comida. Ela não consegue executar uma receita sem colocar muito de si no prato que, além de ser saboroso, precisa contar uma história. Não à toa já venceu três concursos gastronômicos e um deles lhe rendeu o tão sonhado curso de chef internacional no Instituto de Gastronomia das Américas. O maior legado da formação acadêmica, segundo ela, foi aprimorar aquilo que já era bom, e abrir um mundo novo de sabores e ingredientes.

“O corte dos legumes valoriza o prato, assim como o tempo de cocção das carnes, que eleva a experiência a um outro nível”, exemplifica. A oportunidade de cursar gastronomia aconteceu em 2021, quando apresentou sua versão de lambe-lambe no “Desafio do Chef”, da Record. O prato de mariscos já tinha levado a taça no restaurante Indaiá, em Itapema. O segredo ela não revela nem sob tortura, mas conta que a dica veio do dono do bar Ostradamus, de Floripa.

A primeira vez que ela teve seu talento reconhecido foi num concurso realizado pela prefeitura de Itajaí nos Mercados Público e do Peixe. Fátima apresentou o prato “Desconstrução de camarão na moranga ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


“O corte dos legumes valoriza o prato, assim como o tempo de cocção das carnes, que eleva a experiência a um outro nível”, exemplifica. A oportunidade de cursar gastronomia aconteceu em 2021, quando apresentou sua versão de lambe-lambe no “Desafio do Chef”, da Record. O prato de mariscos já tinha levado a taça no restaurante Indaiá, em Itapema. O segredo ela não revela nem sob tortura, mas conta que a dica veio do dono do bar Ostradamus, de Floripa.

A primeira vez que ela teve seu talento reconhecido foi num concurso realizado pela prefeitura de Itajaí nos Mercados Público e do Peixe. Fátima apresentou o prato “Desconstrução de camarão na moranga”, em que a abóbora é assada com muito azeite e reduzida até virar um purê rústico. Era o início de uma relação de amor com o local, onde atuou no Café e Cultura e no Empório Gourmet, locais que nem tinham cozinha, mas isso não era empecilho.



“Quando o Mercado estava em reforma, eu só tinha uma bancada do lado de fora com uma panela elétrica, um forno elétrico e um micro-ondas. Dali saíam risotos, caldeiradas de frutos do mar, arroz com tinta de lula, eu não deixava que as limitações físicas limitas sem minha imaginação”, afirma. Nesta época ficou famoso o nhoque da sorte feito com tainha com molho de camarão todo dia 29. Ela também trabalhou na Marejada em parceria com a Apae, responsável por abastecer o povo com centenas de bolinhos de bacalhau.

Sommelier de café da manhã


Fátima também comandou as panelas do Bar Zeppelin, referência em samba e petiscos com a cara do Brasil, na Beira Rio. Mais recentemente, a chef teve a oportunidade de cozinhar para a galera gringa da Volvo Ocean Race, hospedada no Hotel Marambaia, que fazia questão de provar as iguarias regionais.

Foi um festival de tapiocas, cuscuz, banana frita, bolinho de banana, de aveia e muita fruta e sucos tropicais no café da manhã, uma de suas paixões.

“Eu simplesmente amo café da manhã de hotel! Já experimentei quase todos na região e o que mais me encantou foi o de uma pequena pousada na praia do Trapiche, na Armação, em que tudo era feito lá: pães, geleias, bolos, sucos, sequilhos, diferente de grandes redes onde o sabor é industrial”, compara.

Sua mais nova obsessão culinária é o poke, um prato havaiano.

Atualmente Fátima comanda a cozinha do Capitão Ruck, nos arredores do Mercado Público, e encanta os clientes com pratos como estrogonofe de salmão, cubinhos milimetricamente cortados e selados um a um antes de receber uma dose generosa de creme de leite.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.238.71.155

Últimas notícias

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Pãozinho varia de R$ 3,99 a R$ 15,99 o kg; veja onde comprar mais barato em BC

PENHA

Beto Carrero abre as portas para mais de 7500 estudantes

Denúncia

Aluno autista fica isolado da sala dos colegas em escola estadual, conta mãe

Confronto

Chefão do tráfico do bairro dos Municípios é morto pela PM

LUTO 

Morre Lilian Ribeiro que foi organizadora dos desfiles da Oktoberfest

Polêmica em Navegantes

Presidente de sindicato quer a cassação de vereador que barrou aumento de professores em troca de cargo

Futebol

Barra contrata o atacante Juliano para a Série D

elétricos

BYD Dolphin Mini assume liderança de vendas em março

Desafio!

Ciclista de BC vai atravessar os Estados Unidos em prova famosa

O AMOR ESTÁ NO AR

Publicitária de BC é apontada como novo affair de Rodrygo, do Real Madrid



Colunistas

Coluna Esplanada

Lista suja da escravidão

JotaCê

Fabrício Paraguaio?

Gente & Notícia

Neia capitaneou noite só para elas

Foto do Dia

Pintura ensolarada

Via Streaming

Pobres Criaturas

Ideal Mente

A importância da comunicação no cuidado

Show de Bola

Final do Catarinense

Direito na mão

Revisão da aposentadoria: oportunidade de aumentar o valor mensal

Coluna Exitus na Política

Janelas fechadas

Na Rede

Confira as notícias que foram destaque nas redes do DIARINHO

Jackie Rosa

Simplesmente Gisele

Mundo Corporativo

Para os aspirantes a líderes de equipe

Histórias que eu conto

Colégio Catarinense I

Coluna Fato&Comentário

Coleção bicentenário: a construção da Matriz

Coluna do Ton

Clique pra coluna

Coluna Existir e Resistir

Bloquinho do Sebastião Lucas resgatando e revivendo os saudosos carnavais

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste

Artigos

Aniversário da praça dos Correios



TV DIARINHO






Especiais

NA ESTRADA COM O DIARINHO

6 lugares imperdíveis para comprinhas, comida boa e diversão em Miami

Elcio Kuhnen

"Camboriú vive uma nova realidade"

140 anos

Cinco curiosidades sobre Camboriú

CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 

Legado de amor

Dona Maricotinha, aos 95 anos, tem a vida pautada pela família, religião e dedicação ao próximo



Blogs

Blog do JC

Palavra é tudo!

Blog da Ale Francoise

Lanchinho do bem!

A bordo do esporte

Lola Cars na Fórmula E

Blog da Jackie

Os Fort’s e os Koch’s

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Carlos Chiodini

"Independentemente de governo, de ideologia política, nós temos que colocar o porto para funcionar”

Osmar Teixeira

"A gestão está paralisada. O cenário de Itajaí é grave. Desde a paralisação do Porto até a folha sulfite que falta na unidade de ensino”

Omar Tomalih

“Balneário Camboriú hoje é o município que está com o maior controle, com o menor número de notificações de casos de dengue”

Robison Coelho

"Nós não estaremos com o MDB aqui em Itajaí”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação