Matérias | Geral


“Rota de fuga”

Itajaí dá a largada para nova rodovia entre a Antônio Heil e a Jorge Lacerda

Ligação entre Itaipava e Espinheiros será acesso alternativo ao atravanco da BR 101

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Nova rota seria uma alternativa para evitar filas e um novo eixo logístico e de transporte da cidade (foto: Arquivo / João Batista)


A prefeitura de Itajaí deu a largada para a construção de uma nova rodovia que vai ligar a Antônio Heil (SC 486) e a Jorge Lacerda (SC 412), fazendo um corredor entre os bairros Itaipava e Espinheiros. A nova rota seria uma alternativa à congestionada BR 101 e um eixo para transporte e logística em uma região onde cresce o surgimento de empresas, galpões e residências.

A rodovia terá cerca de 10 quilômetros, saindo do elevado do Rio do Meio, na Antônio Heil, até o trevo do Espinheiros, na Jorge Lacerda. Os estudos iniciais apontam uma rodovia com duas ou três faixas, cruzando áreas rurais na região do São Roque, com pontes sobre o rio Itajaí-Mirim no canal retificado e também sobre o curso original.

O edital para contratação do projeto executivo foi lançado em dezembro, e em janeiro houve a abertura das propostas. A prefeitura estimava um gasto de R$ 997 mil com o projeto, mas na ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


A rodovia terá cerca de 10 quilômetros, saindo do elevado do Rio do Meio, na Antônio Heil, até o trevo do Espinheiros, na Jorge Lacerda. Os estudos iniciais apontam uma rodovia com duas ou três faixas, cruzando áreas rurais na região do São Roque, com pontes sobre o rio Itajaí-Mirim no canal retificado e também sobre o curso original.

O edital para contratação do projeto executivo foi lançado em dezembro, e em janeiro houve a abertura das propostas. A prefeitura estimava um gasto de R$ 997 mil com o projeto, mas na concorrência pelo menor preço venceu o consórcio formado pelas empresas Eco Litoral, Iguatemi e Grat com proposta de R$ 688 mil.



Os vencedores da licitação participaram de uma reunião na prefeitura na última quarta-feira. As empresas ainda precisam reunir documentos para formalizar o consórcio para aí sim assinar o contrato. A expectativa da secretaria de Obras é, assim que o contrato for assinado, já lançar a ordem de serviço, quando se iniciará o prazo de nove meses para elaboração do projeto executivo.

 

Obra deve custar cerca de R$ 60 milhões


Secretário de Obras, Márcio Dedé, defende que a cidade deve resolver primeiro os problemas municipais de mobilidade (foto: facebook)
Secretário de Obras, Márcio Dedé, defende que a cidade deve resolver primeiro os problemas municipais de mobilidade (foto: facebook)

 

A rodovia foi batizada de Eixo Viário Oeste e a obra em si deve custar cerca de R$ 60 milhões. Segundo o edital, “a necessidade de tal conexão é clara, pois permitirá a ligação direta entre os bairros Espinheiros e Itaipava, na direção norte e sul, eliminando a necessidade de transitar pela congestionada rodovia BR 101 e seus complexos trevos de acesso”.

O secretário de Obras de Itajaí, Márcio “Dedé” Gonçalves, vai além: “muito se fala em Promobis, mas nós devemos primeiro resolver o problema local para depois resolver o problema regional”, garante. Pelos prazos, o projeto deve ficar pronto somente na próxima gestão da prefeitura, mas o secretário defende que a importância da obra faz com que ela avance “seja o governo que for”.

A prefeitura ressalta a relevância do projeto pela mobilidade e desenvolvimento econômico. “A cidade de Itajaí enfrenta desafios significativos em termos de congestionamento de tráfego, especialmente na rodovia BR 101 e seus trevos de acesso. A implantação do Eixo Viário Oeste tem como objetivo principal aliviar esses problemas”, descreve o município. “A implantação da rodovia [...] desempenha um papel fundamental no desenvolvimento urbano e na melhoria da mobilidade na cidade de Itajaí”, acrescenta. 

O projeto do Eixo Viário Oeste surge no vácuo de soluções para a mobilidade na região. Enquanto ANTT e Arteris não definem obras de ampliação da BR 101 na passagem por Itajaí, tampouco o governo do estado avançou com a proposta de uma rodovia paralela, o chamado Corredor Litorâneo Norte, ligando Joinville e Biguaçu. As prometidas alças no trevo da Antônio Heil e BR 101 também não saíram do papel.


Apesar disso, o governo do estado apoiou a ação de Itajaí. A prefeitura, em reunião com o secretário de estado de Infraestrutura e Mobilidade, Jerry Comper, recebeu a promessa do pagamento de R$ 600 mil para ajudar a custear o projeto, praticamente todo o valor a ser contratado. O estado também deverá ser procurado para apoiar a fase seguinte, de início das obras.

Além disso, o traçado do Eixo Viário Oeste é coincidente com a proposta do Corredor Litorâneo Norte. Ou seja, no futuro, o estado poderá fazer a continuidade desta nova rodovia: ao sul, em direção a Camboriú, e ao norte, em direção à BR 470, fazendo a complementação do corredor.

 

Meio ambiente e desapropriações


Proposta está na fase de contratação do projeto executivo (foto: reprodução)
Proposta está na fase de contratação do projeto executivo (foto: reprodução)

 

São dois traçados possíveis, com alternativas cortando o maciço próximo à empresa Incotex ou usando a rua José Gottardi. “Um dos trajetos atravessa uma área com vegetação densa e morro com inclinação acentuada, enquanto o outro, com menos morrarias, acompanha o traçado de uma pequena rua já existente. A empresa contratada para fazer o estudo viário deve realizar uma análise detalhada e abrangente de ambos os trajetos, com o objetivo de determinar qual deles é mais adequado do ponto de vista econômico e ambiental”, diz o edital.

A questão ambiental e de desapropriações são consideradas “complexas” pela prefeitura. O poder público quer que o projeto tenha um “teto” para o corte de vegetação de 3 hectares. Isso porque, caso exceda essa área, o licenciamento é no âmbito do Ibama, considerado mais “moroso” pra conceder a licença. Da mesma forma, o edital cobra que o consórcio vencedor faça um levantamento de preço dos imóveis da região para compor o pacote de desapropriações. A prefeitura busca a melhor opção para não encarecer a execução.

 

 




Comentários:

Marlon Luís Colla

04/03/2024 12:43

Essa obra é necessária urgente

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.238.117.130

Últimas notícias

ITAJAÍ

Dois mini ecopontos são instalados em Itajaí

BALNEÁRIO

Teatro Bruno Nitz vai ter apresentação gratuita de ópera inspirada em Mozart 

CULTURA

Projeto da Univali lança curta-metragem 

SUSTO

Vídeo: Piloto catarinense sofre acidente na corrida da Nascar

CAMBORIÚ 

Motorista destrói  farmácia com Uninho em vingança contra traição 

Brasileirão

Fluminense vence o clássico com o Vasco no Maracanã

OLHO NO CÉU

Santa Catarina vai ter chuva de meteoros do cometa Thatcher

Futebol

Chapecoense vence o Ituano na estreia da Série B

Câmara de Navegantes 

Toninho Uller se explica depois de 26 pedidos de cassação 

NAVEGANTES

Idosa sofre parada cardíaca após acidente com caminhão em rodovia



Colunistas

Mundo Corporativo

Comportamentos destrutivos dentro das organizações

Histórias que eu conto

Reminiscências de um passado escolar

Jackie Rosa

Vida em Canto Grande

JotaCê

Festa de candidato em local proibido?

Coluna Esplanada

Senhor dos cargos

Gente & Notícia

Dudinha em Londres

Ideal Mente

E quem cuida de quem cuida?

Direito na mão

Trabalho sem carteira assinada conta para aposentadoria?

Show de Bola

Empréstimos feitos

Via Streaming

Visões de uma guerra de interesses

Na Rede

Agroboy mais gato dos EUA, última casinha de BC e romance no ar: confira os destaques das redes do DIARINHO

Coluna do Ton

Parabéns Ale

Foto do Dia

Pintura ensolarada

Coluna Exitus na Política

Janelas fechadas

Coluna Fato&Comentário

Coleção bicentenário: a construção da Matriz

Coluna Existir e Resistir

Bloquinho do Sebastião Lucas resgatando e revivendo os saudosos carnavais

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste

Artigos

Aniversário da praça dos Correios



TV DIARINHO


O representante catarinense na Nascar Brasil, Jeff Giassi, sofreu o primeiro acidente da carreira, mas ...





Especiais

NA ESTRADA

Melhor hotel do mundo fica em Gramado e vai abrir, também, em Balneário Camboriú

NA ESTRADA COM O DIARINHO

6 lugares imperdíveis para comprinhas, comida boa e diversão em Miami

Elcio Kuhnen

"Camboriú vive uma nova realidade"

140 anos

Cinco curiosidades sobre Camboriú

CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 



Blogs

A bordo do esporte

Liga esportiva estudantil desembarca no Paraná

Blog do JC

PSB, PT, PCdoB e PV pexêros, juntos

Blog da Ale Francoise

Cuidado com os olhos

Blog da Jackie

Catarinense na capa da Vogue

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Juliana Pavan

"Ter o sobrenome Pavan traz uma responsabilidade muito grande”

Entrevistão Ana Paula Lima

"O presidente Lula vem quando atracar o primeiro navio no porto”

Carlos Chiodini

"Independentemente de governo, de ideologia política, nós temos que colocar o porto para funcionar”

Osmar Teixeira

"A gestão está paralisada. O cenário de Itajaí é grave. Desde a paralisação do Porto até a folha sulfite que falta na unidade de ensino”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação