Matérias | Polícia


Operação em Itajaí

Polícia mata homem e prende bando que atirou em bombeiros militares

Tentativa de homicídio por causa de dívida do tráfico acabou em ataque a bombeiros que socorriam o baleado

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Três estão presos, uma mulher foi detida e o homem armado morreu na casa dos bandidos (Foto: Divulgação)


Operação da Polícia Civil e Militar, na manhã de quinta-feira em Itajaí, matou um homem que atirou contra a polícia e prendeu quatro envolvidos no atentado a bombeiros militares acontecido em março. A operação das forças de segurança foi para prender os acusados pelo atentado contra dois bombeiros militares na noite de 18 de março, no bairro Espinheiros. O cumprimento de quatro ordens de prisão e sete de buscas terminou com três suspeitos do crime presos, um foragido e uma mulher detida em flagrante por tráfico de drogas.

Um homem sem relação com o crime morreu durante as buscas depois de reagir à abordagem policial e trocar tiros com a Polícia Militar. Ele era cunhado de um dos suspeitos do atentado e estava armado na casa do parente, um dos endereços das buscas. A operação ainda apreendeu celulares e pequenas porções de crack e cocaína, e um revólver. Mais de 80 policiais, além de helicópteros da Polícia Civil e da PM e de cães farejadores, participaram da ação.

A operação foi resultado de um trabalho em conjunto das forças de segurança. O inquérito policial apura crime de tripla tentativa de homicídio, contra os dois socorristas e o paciente ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Um homem sem relação com o crime morreu durante as buscas depois de reagir à abordagem policial e trocar tiros com a Polícia Militar. Ele era cunhado de um dos suspeitos do atentado e estava armado na casa do parente, um dos endereços das buscas. A operação ainda apreendeu celulares e pequenas porções de crack e cocaína, e um revólver. Mais de 80 policiais, além de helicópteros da Polícia Civil e da PM e de cães farejadores, participaram da ação.

A operação foi resultado de um trabalho em conjunto das forças de segurança. O inquérito policial apura crime de tripla tentativa de homicídio, contra os dois socorristas e o paciente da ambulância, que era alvo do atirador por causa de uma dívida com traficantes. Na ocasião do atentado, câmeras de monitoramento registraram a ação dos bandidos.



Em coletiva de imprensa, o delegado Eduardo Ferraz, responsável pelo inquérito, trouxe os detalhes da investigação. Ele informou que todos os suspeitos detidos estão ligados a facções criminosas. Dois são os autores dos disparos contra a ambulância e um dos mandantes ainda está foragido. Os presos foram levados para Central de Plantão Policial e ainda seriam interrogados.

A busca ao quarto homem envolvido no crime e as investigações continuam. Além da tripla tentativa de homicídio, os suspeitos também devem responder por organização criminosa e tráfico de drogas.

O delegado avaliou que a polícia conseguiu dar uma resposta rápida no caso. “Em quatro dias, a gente já tinha identificado os quatro suspeitos de participarem desse crime. O poder judiciário foi extremamente rápido e colaborou. Em menos de um dia a gente já tinha esse mandado de prisão na mão e conseguimos passar a monitorar os alvos pra deflagrar essa operação no dia de hoje [quinta-feira]”, disse.


Disputa entre membros de facções

De acordo com a investigação, um membro da facção criminosa, que seria o mandante do crime, é um traficante da região do Espinheiros e teria colocado outros dois traficantes, também membros da facção, para matar o homem atendido pelos bombeiros e que devia dinheiro ao bando. “Tudo isso com o aval [do] coordenador dessa facção criminosa naquela região”, informou.

A vítima que foi alvo da tentativa de homicídio também era integrante de uma facção. O crime teria sido motivado em função de uma disputa de faccionados por uma dívida de tráfico de drogas. Os dois executores do crime fugiram para um matagal após os disparos. Um deles atirou com uma arma calibre 12 contra a ambulância. Ele era do estado de Alagoas, onde o pai dele morreu em um confronto policial após ter feito disparos contra a base da PM.

Ataque à ambulância e bombeiros

Uma arma foi apreendida durante a operação desta quinta-feira

Uma arma foi apreendida durante a operação desta quinta-feira


 

Os dois bombeiros militares foram baleados enquanto socorriam a vítima atingida por tiros, no bairro Espinheiros, em Itajaí. Segundo informações da Polícia Militar, os socorristas fizeram o primeiro atendimento ao homem ferido e  foram surpreendidos por pessoas armadas que atiraram contra a ambulância.

A enfermeira que estava no banco do carona foi atingida por um disparo de raspão no cotovelo. Já o motorista da ambulância foi baleado na barriga, ombro e braço, passou por cirurgia e recebeu alta para se recuperar em casa. Mesmo ferido durante a ocorrência, ele ainda conseguiu chegar até a UPA de Cordeiros, onde todos foram atendidos.

Os bombeiros estão se recuperando e devem voltar ao trabalho em breve. De acordo com a polícia, eles não eram o alvo inicial dos bandidos que teriam disparado contra a viatura pra terminar o “serviço” de matar o homem baleado que tava na ambulância.


“O que a gente acredita, e isso a gente vai confirmar no decorrer das investigações, é que eles teriam tentado retornar pra terminar o serviço. Sabiam que a vítima estaria viva e sendo deslocada para o hospital e tentaram realizar esses disparos”, comentou o delegado Eduardo Ferraz.

O coronel Diogo Bahia Losso, corregedor-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, agradeceu a prioridade que o governo deu para o caso, resultando numa resposta rápida para as prisões dos criminosos.

“Felizmente nossos bombeiros que foram alvejados estão fora de perigo, já estão tendo todo o apoio necessário por parte da corporação e em breve poderão retornar ao serviço ativo e poder continuar prestando atendimento à sociedade”, disse o corrgedor.

 

“Linha dura contra a criminalidade”

Delegado Ulisses esteve em Itajaí

Delegado Ulisses esteve em Itajaí


 

O delegado-geral da Polícia Civil de SC, Ulisses Gabriel, esteve em Itajaí junto com as equipes policiais que participaram da operação. “Foi uma união de esforços da PM e da Polícia Civil para o resultado dessa operação bem-sucedida com as prisões de hoje”, ressaltou.

O comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar de Itajaí, major Ciro Adriano da Silva, acrescentou que a parceria entre as polícias foi fundamental para a identificação e prisão dos criminosos. Segundo o delegado-geral, a Polícia Civil tem aumentado as operações em parceria com a PM, Polícia Científica e as Guardas Municipais no combate a criminosos. “A nossa atuação, por determinação do governador Jorginho [Mello], tem se pautado numa linha dura contra a criminalidade”, finalizou.




Comentários:

waldyr lohmeyer filho

31/03/2023 14:51

Um erro enorme da polícia : FUZILEM esses elementos , são irrecuperáveis ! Com nossa justiça capenga , cheia de afagos a marginais , logo estarão nas ruas cometendo crimes até piores . Nossas leis devem ser refeitas com urgência , para crimes mais bárbaros , PENA DE MORTE e PRISÃO PERPÉTUA , graduando-se a tipificação . Tráfico e roubo , cadeia acima de 20 anos FECHADO ! Pode não acabar com a criminalidade , mas que reduz mais de 90% ...ah ....reduz mesmo !

waldyr lohmeyer filho

31/03/2023 14:51

Um erro enorme da polícia : FUZILEM esses elementos , são irrecuperáveis ! Com nossa justiça capenga , cheia de afagos a marginais , logo estarão nas ruas cometendo crimes até piores . Nossas leis devem ser refeitas com urgência , para crimes mais bárbaros , PENA DE MORTE e PRISÃO PERPÉTUA , graduando-se a tipificação . Tráfico e roubo , cadeia acima de 20 anos FECHADO ! Pode não acabar com a criminalidade , mas que reduz mais de 90% ...ah ....reduz mesmo !

waldyr lohmeyer filho

31/03/2023 14:51

Um erro enorme da polícia : FUZILEM esses elementos , são irrecuperáveis ! Com nossa justiça capenga , cheia de afagos a marginais , logo estarão nas ruas cometendo crimes até piores . Nossas leis devem ser refeitas com urgência , para crimes mais bárbaros , PENA DE MORTE e PRISÃO PERPÉTUA , graduando-se a tipificação . Tráfico e roubo , cadeia acima de 20 anos FECHADO ! Pode não acabar com a criminalidade , mas que reduz mais de 90% ...ah ....reduz mesmo !

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.239.129.52

Últimas notícias

INSTABILIDADE NO ZAP

Usuários relatam queda do WhatsApp Web

ECONOMIA

Empreendimento se torna primeiro hotel marina de Santa Catarina

MEIO AMBIENTE

Marina faz mutirão de limpeza no Saco da Fazenda nesta terça-feira

ITAJAÍ

Baladinha da Brava terá que indenizar cliente agredida por seguranças

ZERINHO

Vídeo: Carro faz borrachão em estacionamento da Havan

CEDROS

Homem é encontrado morto e encostado em muro de casa em Camboriú

Internacional

Handebol Itajaí fica com o sexto lugar no Sul-Centro Americano

Futsal

Marcílio Divas empata e mantém liderança da Liga Catarinense

SANTA CATARINA 

Grávida ganha chá de bebê e ensaio fotográfico no hospital

EXPLORAÇÃO SEXUAL

Jovem acusado de pedofilia e zoofilia é preso em Navegantes



Colunistas

Na Rede

Os destaques da semana nas redes sociais do DIARINHO

JotaCê

Lei Paulo Gustavo

Coluna Esplanada

Fusão na marra

Mundo Corporativo

Aos nossos líderes

Coluna Exitus na Política

Ciência, cidadania e opinião

Histórias que eu conto

Anos Cinquenta – Futebol II

Jackie Rosa

Feliz aniversário, Cynthia!

Via Streaming

Romance conturbado

Gente & Notícia

Lançamento especial

Ideal Mente

Seis dicas práticas para desenvolver a autoconfiança

Coluna do Janio

Marcílio na Copa SC

Artigos

O(a) novo(a) desembargador(a) do TJSC

Direito na mão

Como comprovar o trabalho informal para adiantar a aposentadoria do INSS

Coluna do Ton

Cenário paradisíaco

Foto do Dia

A abelha!

Coluna Fato&Comentário

Trânsito público na Vila de Itajaí: normas de 1868

Clique diário

Baía Afonso Wippel

Vinicius Lummertz

O Turismo será o novo Petróleo



TV DIARINHO


Uma BMW 120i usou o pátio da loja Havan de Barra Velha para fazer um borrachão. Câmeras de segurança ...





Especiais

LAGES

Embarque com o "Na Estrada" para curtir a 33ª Festa Nacional do Pinhão

TORTURA

Petrobras participou de tortura e monitorou orientação sexual de funcionários na Ditadura

AGÊNCIA PÚBLICA

Governo Bolsonaro fichou líderes caminhoneiros segundo o grau de “ameaça”

BRASÍLIA

"Somos uma família": senadores bolsonaristas se solidarizam com golpistas presos na Papuda

NA ESTRADA

Cinco museus pra conhecer em SC



Blogs

A bordo do esporte

Barco 100% feminino da Phytoervas disputa regata em Ubatuba (SP)

Blog do JC

Altos papos de política...

Blog da Jackie

Vota lá no Dudu

Gente & Notícia

José Loreto desfile com sunga fio-dental no São Paulo Fashion Week

Blog da Ale Francoise

Esta aberta a temporada de peelings sequenciais!

Blog do Ton

Gloria Groove chega à Santa Catarina neste fim de semana para shows em Florianópolis e Balneário Camboriú

Blog Doutor Multas

Exame para renovar CNH

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Mônica Zewe Uriarte e Mário Uriarte Neto

"Não é um império de riqueza material, mas um império de amor, de solidariedade, de fraternidade, de comunhão”

Fernanda Takai

"...Rock de menina é superbom. É feito por gente muito capacitada e talentosa”

Graziela Eskelsen

"A fake news está trazendo um prejuízo tão grande quanto o atentado em si”

Valéria Ferreira

"A internet liberou todo tipo de conhecimento, inclusive de violência, de racismo, de nazismo, de fascismo”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação