Matérias | Geral


Contra a desinformação

Médico esclarece dúvidas sobre a vacinação de crianças contra a covid

Pediatra e infectologista, Raphael Alexandre, respondeu perguntas mais comuns

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Respostas de pediatra ajudam no combate à desinformação sobre a vacina de crianças contra a covid Foto: Divulgação


O Ministério da Saúde liberou a imunização de crianças de 5 a 11 anos contra a covid-19. A vacinação é em ordem decrescente de idade: primeiro, crianças de 10 a 11 anos, depois, de oito a nove, entre seis e sete e, por último, as de cinco anos. 


No mundo, pelo menos 39 países já autorizaram ou iniciaram a vacinação de crianças contra a covid-19.

Em Itajaí, 872 crianças, entre cinco e 11 anos, foram vacinadas. “Esse número é muito baixo”, alertou a secretaria de Saúde. “Das crianças vacinadas no município, nenhuma apresentou  qualquer reação adversa à vacina”. Ainda, na cidade, o percentual de crianças contaminadas com o vírus, na idade de 0 a 14 anos , é de 5 a 6% do total de infectados.

Em Balneário Camboriú,  mais de 1300 crianças, de cinco a 11 anos, já se vacinaram contra covid-19, o equivalente a 16% da população vacinável nesta faixa etária. A imunização infantil iniciou no dia 17 de janeiro e, até o momento, o município já recebeu 2200 doses de Pfizer pediátrica. Também está sendo aplicada a CoronaVac.

A imunização é indispensável para reduzir a transmissão da covid-19 e impedir o surgimento de novas variantes. A vacina também interfere na proteção indireta da população que não pode se vacinar, seja pela idade ou por problemas de saúde.

De janeiro ao início de dezembro de 2021, um levantamento da Fundação Oswaldo Cruz mostrou que houve 1422 mortes causadas por síndrome respiratória aguda grave decorrente de covid-19 na faixa etária de 0 a 19 anos no Brasil.

Continua depois da publicidade



Mesmo assim, muitos pais ainda têm dúvidas e há muita desinformação e fake news rolando nas redes sociais. Para esclarecer os principais questionamentos, o DIARINHO conversou com o médico pediatra e infectologista, Raphael Alexandre de Paiva Bertechini, da Secretaria de Saúde de Itajaí.  Confira a entrevista abaixo.

Só BC tem vacinação no finde

Continua depois da publicidade



No final de semana somente Balneário Camboriú mantém a vacinação contra a covid-19. A imunização ocorre das 8h às 17h, no posto de saúde central, na rua 1500, entre as avenidas Terceira e Quarta. A primeira dose pediátrica e a população em geral pode se vacinar.

 

"Vacinas só são liberadas após testes, avaliações e estudos que mostram a eficiência," explica infectologista

Raphael esclareceu principais dúvidas

DIARINHO - As crianças devem ser vacinadas contra a covid?

RaphaelAlexandre: Crianças também são altamente suscetíveis a covid, inclusive estamos vivenciando atualmente um aumento nas internações por covid-19 nas crianças. Por isso, elas também devem ser vacinadas, já que a imunização é muito importante para evitar desfechos catastróficos, abrandar os sintomas da doença e o tempo de internação.

DIARINHO - Quais são os efeitos colaterais das vacinas?

Raphael: Podem ser desde leve dor local, febre, calafrios até outros mais importantes, como atonia muscular e convulsões. Nenhuma criança de Itajaí teve qualquer reação grave à vacina.

DIARINHO - A criança que tomou a vacina pode contrair o vírus?

Raphael: Sim, pois a vacina não tem como principal função impedir a infecção, mas sim evitar formas graves da doença.

DIARINHO - As vacinas foram testadas e aprovadas para crianças?

Raphael: As vacinas só são liberadas para uso após diversos testes, avaliações e estudos que mostram sua eficiência. Com a covid-19 ocorreu da mesma forma e seu uso tem sido liberado gradativamente para aplicação em crianças.

DIARINHO - Tem vacina eficaz para todas as mutações do vírus?

Raphael: Não, mas conforme vão surgindo novas cepas virais, estas possivelmente serão incluídas nas vacinas seguintes. Isso ocorre, por exemplo, na vacina da influenza, que é aplicada anualmente com proteção das cepas mais circulantes.

DIARINHO - O que acontece se uma criança não tomar vacina por decisão dos pais?

Raphael: Pode não acontecer nada com a criança ou até mesmo ela ter sintomas leves da doença. No entanto, também é possível que ocorram complicações graves com necessidade de internação, aumento do tempo de sintomas, viremia, aumento das chances de disseminar a doença para mais pessoas e até óbitos.

DIARINHO - Quantos dias após ter covid a criança pode tomar a vacina?

Raphael: Tem se aguardado um período de pelo menos 30 dias, mas isso pode ser revisado com o passar do tempo.

DIARINHO - O que eu faço se meu filho tiver reação à vacina?

Raphael: Dependendo da reação, pode ser dado um medicamento sintomático em casa. No caso de reações mais importantes, como febre alta, convulsões e atonia muscular, a criança deve ser levada a um pronto socorro.

 

 




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.235.24.113

Últimas notícias

Dança e cultura

Espetáculo em Piçarras reúne mais de 150 dançarinos 

Espiritualidade 

Filhos de Paulo Gustavo revelam ter recebido “visita” do pai

Navegantes 

Procon fiscaliza ferry boat, mas não exige pagamento em cartão

Série D

Marcílio Dias visita o Caxias em busca da terceira vitória seguida

BR 101 

Acidente no viaduto da Transbeto gera fila de 11 km na 101

Liga da Justiça

Balneário Shopping inaugura atração com super-heróis

Novo amigo

Itajaí terá feira de adoção de animais neste sábado; saiba como participar

Handebol

Equipe de BC busca vaga no nacional

Na frente do condomínio

Vídeo: Assaltante arranca celular da mão de mulher no centro de  Itajaí

Gigante

Nadador de Itajaí ganha duas medalhas em mundial escolar na França



Colunistas

Na Rede

Confira os destaques das redes sociais do DIARINHO nesta semana

JotaCê

Mal educados

Espaço InovAmfri

Olhar adiante

Coluna Esplanada

Missões oficiais 

Canal 1

Participação de Jade Picon em novela virou um drama

Gente & Notícia

Homenagem

Coluna do Janio

Superação e bom desempenho

Coluna Exitus na Política

Coice e passo adiante

Via Streaming

“12 Anos de Escravidão”

Coluna do Ton

Baile da Vogue

Instituto Ion | Informando e Inovando

Débitos tributários com desconto que pode chegar a 90% 

Vinicius Lummertz

Bolshoi SC 22 anos: o palco da esperança

Coluna Fato&Comentário

“Chuta, seu Alberto”: corridas de cavalo no Itajaí antigo

Jackie Rosa

Feliz dia, mamães!

Clique diário

Gigante à vista

Coluna Tema Livre

Tristeza na academia



TV DIARINHO


Talento e muita garra. Thiago “Miojo” é atleta do Boxe de Balneário Camboriú e, aos 19 anos, acumula ...



Podcast

Minuto DIARINHO 19/05/2022

Publicado 19/05/2022 21:53



Especiais

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC

Praia Brava

Via polêmica atrás da Lagoa do Cassino está em pauta



Blogs

Blog do Ton

Cantora e ex-BBB Pocah faz show em Balneário Camboriú neste domingo

Blog do JC

Pontapé inicial

A bordo do esporte

Medalhistas olímpicos e campeões mundiais confirmam palestras no VelaShow 2022

Blog Doutor Multas

Especialista garante que dinheiro ‘físico’ vai acabar e criptomoedas estão com dias contados

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯