Matérias | Geral


SC Mais Moradia

SC lança programa habitacional pra famílias carentes; região ficou fora

Na primeira etapa, serão construídas mil casas em 61 municípios com o menor IDH do estado

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Projeto prevê avançar para outras cidades, mas ainda não beneficia cidades da região (Foto: Divulgação/Arquivo)


O governo de Santa Catarina lançou um programa habitacional que vai atender pessoas em situação de extrema pobreza que moram nas cidades com menor índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do estado. Num primeiro momento, serão atendidos 61 municípios. Cidades da região da Amfri não estão contempladas, mas o governo promete ampliar o programa ao longo do tempo.

Por meio do programa, serão construídas casas para as famílias carentes já a partir deste ano, com investimentos de R$ 30 milhões. Para 2022, outros R$ 70 milhões estão reservados para o projeto. De acordo com o governador Carlos Moisés, que anunciou o programa em solenidade na terça-feira, o SC Mais Moradia será viabilizado em parceria com as prefeituras.

Os municípios ficarão responsáveis pela doação de terrenos e pela construção das casas. Os recursos a serem aplicados ainda em 2021 ficarão disponíveis por meio de um remanejamento no orçamento do estado. Para o ano que vem, será encaminhado um projeto orçamentário para a assembleia Legislativa, garantindo a destinação de mais recursos.



As casas serão totalmente custeadas pelo governo do estado, a um preço de até R$ 70 mil a unidade. Nesta primeira etapa, serão construídas cerca de mil moradias, que serão entregues para as famílias em regime de comodato, que é uma espécie de empréstimo gratuito, por um período inicial de até 10 anos. Segundo o projeto, as casas devem ter de 45 e 50 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha e banheiro.

O programa visa combater o déficit habitacional em Santa Catarina, que passa de 200 mil moradias, e prevê avançar para outras cidades nos próximos anos. “Queremos retirar famílias de áreas de risco e dar mais dignidade para elas. Isso vai ser feito com a parceria dos nossos municípios. Uma residência digna também aumenta a autoestima das pessoas”, comentou o governador.

Há 11 anos o estado não tinha um programa habitacional 100% custeado pelo governo de Santa Catarina. O projeto foi anunciado com a pretensão de construir oito mil casas até 2026. Com isso, seriam atendidas as famílias em situação mais grave que vivem em maior vulnerabilidade social hoje, segundo o governo.


O SC Mais Moradia está integrado ao projeto Gente Catarina, que busca elevar o IDH nas cidades com menor qualidade de vida. O índice leva em conta parâmetros de saúde, educação e renda para avaliar o desenvolvimento de uma região.

Casas ficarão no nome das mulheres

A cessão de uso dos imóveis ficará em nome de mulheres. O objetivo da medida é garantir que elas tenham mais segurança em caso de problemas domésticos. De acordo com o governador, em casos de vulnerabilidade, violência doméstica ou separação do casal, as mulheres ficam com a estrutura do lar para tocar.

“Se você passa esse poder de posse ao homem, a mulher teria que deixar a casa em um momento de fragilização. Queremos dar mais estabilidade e segurança para as mulheres, também em busca de uma maior independência para elas”, explicou.

Os municípios que ainda não fizeram devem concluir o cadastro das pessoas que serão atendidas pelo programa. Após o repasse do estado, as prefeituras podem iniciar os processos de licitação para realizar as construções das casas.


 

Municípios contemplados: 

Abdon Batista

Abelardo Luz


Água Doce

Alfredo Wagner

Anchieta

Angelina

Anita Garibaldi

Anitápolis


Bandeirante

Bela Vista do Toldo

Bocaina do Sul

Bom Jardim da Serra

Bom Retiro

Brunópolis

Calmon

Campo Belo do Sul

Campo Erê

Canelinha

Capão Alto

Caxambu do Sul

Cerro Negro

Coronel Martins

Entre Rios

Frei Rogério

Imaruí

Ipuaçu

Irineópolis

José Boiteux

Lebon Régis

Leoberto Leal

Macieira

Major Gercino

Major Vieira

Matos Costa

Monte Carlo

Monte Castelo

Ouro Verde

Painel, Palmeira

Passos Maia

Ponte Alta do Norte

Ponte Alta

Ponte Serrada

Rio das Antas

Rio Rufino

Romelândia

Saltinho

Santa Cecília

Santa Terezinha do Progresso

Santa Terezinha

São Bernardino

São Cristovão do Sul

São João do Sul

São Joaquim

São José do Cerrito

Timbó Grande

Urubici

Urupema

Vargeão

Vargem

Vitor Meireles




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






34.229.119.176

Últimas notícias

Homenagem

Cortejo do cabo Teodoro circulou pelas ruas de Itajaí e Penha

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Motociclista morre em acidente no bairro Nova Esperança

Violência

Itajaí registra duas tentativas de feminicídio em menos de 24h

TRAGÉDIA

Pescadores morrem queimados em embarcação catarinense encalhada no Rio Grande

FOI LINDO!

Brasil faz quatro no primeiro tempo e passa fácil pela Coreia do Sul

RIO GRANDE

Barco encalhado pega fogo na praia do Cassino

Rede famosa

Balneário Camboriú ganha filial do Galeto Mamma Mia

Balneário Camboriú

PG Tur corta linhas e pede subsídio de R$ 800 mil pra não abandonar serviço

Cliente no prejuízo

Academia fechou as portas e deixou alunos na mão

ITAJAÍ

Dois postos de guarda-vidas continuam desativados na Praia Brava



Colunistas

Foto do Dia

Dia de chuva

Coluna do Janio

Apresentação do Marinheiro

JotaCê

Prestação de contas de Seif na mira

Coluna Esplanada

Dança das cadeiras

Coluna Exitus na Política

A liberdade do tempo

Clique diário

Curvas da Atalaia

Canal 1

“Fazenda” entra na reta final com a certeza do dever cumprido

Na Rede

Confira o que bombou nas redes sociais do DIARINHO

Via Streaming

“Rainha de Katwe”

Jackie Rosa

Mulherada reunida

Vinicius Lummertz

SC do futuro: nas BRs, 2023 pode ser pior do que 2022

Gente & Notícia

Família Koch na Copa

Direito na mão

O que acontece se a empresa não pagou o INSS do funcionário? Como fica a aposentadoria?

Coluna do Ton

Mãe & Filha

Coluna Fato&Comentário

Alvim Sandri: "História de vida", aos 99 anos

Artigos

Não queremos viver numa pátria dominada pela bandidagem



TV DIARINHO


Confira as principais notícias desta segunda-feira no DIARINHO: - Brasil faz quatro no primeiro tempo ...





Especiais

Pesquisa de preços

Bora conferir as pechinchas da semana pra garantir o churrasco do jogo do Brasil

OLHO NA DOSE

Pesquisa de preço mostra onde bebidas quentes são mais baratas

Na Estrada com o DIARINHO

Maravilhas naturais fazem de Bombinhas o Caribe catarinense

Itajaí

Do imóvel popular ao de altíssimo padrão são as apostas da Lotisa

Alto padrão

Procave agrega valor e exclusividade



Blogs

A bordo do esporte

Araruama (RJ) confirma calendário de regatas de 2023

Blog do JC

Quadrangular 71 anos

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Os poderes da Spirulina!

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo

Marcelo Sodré

"A hora que entrar o contrato de arrendamento essa agonia se dissipa. As empresas vêm pra fazer o porto continuar crescendo”

James Winter

“Só vai haver desemprego e demissão em massa se não tiver carga aqui no Porto de Itajaí”

Décio Lima

"Hoje, de R$ 97 bilhões que são arrecadados pelo governo federal em Santa Catarina, apenas R$ 7 bilhões voltam”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação