Matérias | Entrevistão


Itajaí

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Piçarras

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]



Balneário Piçarras fica em um ponto estratégico do litoral catarinense. Boa parte do seu território margeia a BR 101, a cidade está próxima ao parque Beto Carrero, e dispõe de uma enorme orla que, ano a ano, atrai mais investimentos.

No comando do município, há mais de uma década, dois nomes se revezam frente à prefeitura: Leonel Martins [PSDB] e Umberto Teixeira [PP]. Neste ano, nenhum deles concorrerá à eleição municipal. Leonel deixará o executivo após oito anos de mandato e apoia o candidato a prefeito Fábio da Silva (PSD). A saída dos dois líderes traz mais caras novas à disputa.

Outros candidato é o vereador Gercino Medeiros (PP), o Gegê, que depois de seis legislaturas como parlamentar, busca comandar a cidade com o apoio de Umberto. Em uma eleição com novos nomes, também surge o do empresário Tiago Baltt (MDB) na disputa.



Pra ajudar o eleitor a escolher o próximo prefeito, o DIARINHO sabatinou os candidatos.  O material em texto você confere nessas páginas ou no portal www.diarinho.com.br. O vídeo pode ser acessado em nossas redes sociais @diarinho e no site também. A entrevista é de Franciele Marcon e imagens de Fabrício Pitella.

Raio X | Gercino Medeiros (PP)

https://vimeo.com/471152422

NOME: Gercino Medeiros (PP)


NATURAL: Balneário Piçarras

IDADE: 53 anos

ESTADO CIVIL: casado

FILHOS: três

FORMAÇÃO: Ensino Médio completo


TRAJETÓRIA POLÍTICA: Vereador pelo PP há seis legislaturasNós temos um PA hoje que não atende aos anseios da população” 

Nós temos um PA que não atende aos anseios da população"

Raio X | Fábio Emitério Silva (PSD) https://vimeo.com/471142260

NOME: Fábio Emitério Silva (PSD))

NATURAL: Balneário Piçarras


IDADE: 36 anos

ESTADO CIVIL: Casado

FILHOS: dois 

FORMAÇÃO: Administração pela Univali

TRAJETÓRIA POLÍTICA: primeiro cargo público que disputará

Uma mudança radical poderá ser um retrocesso para o município” 
Raio X | Tiago Maciel Baltt (MDB) https://vimeo.com/471143622

NOME: Tiago Maciel Baltt (MDB)


NATURAL: Balneário Piçarras

IDADE: 39 anos

ESTADO CIVIL: casado

FILHOS: dois

FORMAÇÃO: Ensino fundamental completo

TRAJETÓRIA POLÍTICA: primeiro cargo público que disputará

Balneário Piçarras precisa da mobilidade urbana e humana” 

  DIARINHO - Uma queixa frequente de moradores e donos de imóveis em Balneário Piçarras tem sido sobre furtos e arrombamentos, especialmente nos bairros mais afastados do centro. A segurança pública é uma obrigação do governo do estado, mas em algumas cidades da região os municípios têm assumido a tarefa, com a criação de guardas municipais. Qual a sua proposta para a segurança pública da cidade? Pensa em criar uma GM? 

Gegê: Sim, no meu plano de governo já tem a criação da guarda Municipal. A guarda Municipal não com poder de policiamento ou armada. Tem que ser uma guarda Municipal para auxiliar à polícia Civil em Piçarras. No nosso plano de governo pretendemos e vamos criar a guarda Municipal. [Com qual efetivo?] Aproximadamente de 16 a 20 homens. A guarda vai auxiliar no trânsito de Balneário Piçarras. Com isso, o policiamento vai ter mais tempo para cuidar de assaltos e de arrombamentos.

Fábio: Nós vamos criar uma guarda Municipal. Antes era permitido apenas para cidades com mais de 50 mil habitantes, hoje já não existe restrição mais. Nós vamos criar uma guarda Municipal para dar suporte à PM. Pensamos muito em segurança. Balneário Piçarras tem pelotão da PM. Nós queremos passar para companhia. Tem uma companhia desativada em Barra Velha. Com uma assinatura do governador conseguimos passar para companhia e, automaticamente, já aumenta o número de policiais. Atualmente são 19, e vai passar para 25. Será muito importante e dará um suporte muito importante à segurança do município.

Tiago: Nós vamos investir. Nós temos uma ideia de fazer um plano facilitador, que é duas, três viaturas, o que for preciso, que amenize essa situação. Um carro facilitador, de uma secretária, que vá até a casa da pessoa, que circule no nosso município o tempo todo. Se vir a acontecer o roubo ou furto, nós termos um tablet, ter algum equipamento para que faça o boletim de ocorrência. Porque uma das coisas que hoje o nosso município é falho é a falta de boletim de ocorrência. Nós vamos ter um carro facilitador, com pessoas técnicas para poder fazer esses boletins. Geralmente, quando as pessoas são roubadas ou furtadas, a primeira coisa levada é o celular, o computador. A pessoa já fica sem a ferramenta para poder fazer o próprio boletim eletrônico de ocorrência.

DIARINHO -  Balneário Piçarras dispõe de um PA 24 horas. No começo do ano, depois de muitas reclamações da população sobre o atendimento, a prefeitura mudou a empresa terceirizada que prestava serviços médicos no local. A cidade não tem hospital e há espera nas filas pra fazer exames. Como o senhor pretende melhorar a saúde de Piçarras?

Gegê: Nós temos um PA hoje que não atende os anseios da população. Temos que melhorar muito. A gente tem no nosso plano de governo a criação de um hospital. Um hospital  privado ou um hospital regional. Montar em Piçarras um hospital regional. Com isso quem vai ganhar é a população. Em cirurgia, em agendamento, vai ter um curto período de tempo nos agendamentos de consultas e também nas cirurgias. Esse hospital regional deve fazer convênios com nossas cidades vizinhas, Penha, Barra Velha, São João do Itaperiú, Luiz Alves. Com isso manter esse hospital regional em Balneário Piçarras. É uma proposta cabível no nosso município.

Fábio: Nós queremos continuar investindo muito em saúde no município. Piçarras já foi a sexta no estado em saúde básica. Vamos continuar investindo ainda mais em saúde. Vamos criar o CIS, Centro Integrado de Saúde, ao lado do PA 24h. Com serviço completo de imagem, onde esses exames serão feitos todos no município. Pro paciente não ir mais a outro município para fazer exames. Exames, vários especialistas, entrega de remédios, tudo completo, em um lugar somente.

Tiago: O meu vice-prefeito, que está concorrendo às eleições junto comigo, é técnico na área da saúde. É médico há 16 anos, trabalha no nosso município, é natural de Piçarras, e é conhecedor do assunto. Nós queremos tirar essa fila de espera. Em nosso projeto pensamos em montar um parceira pública-privada, buscar um hospital de fora para nós termos os nossos convênios mais facilitados, de forma que consiga fazer a engrenagem rodar mais rápido dentro do nosso próprio município.

DIARINHO – A área central de Piçarras é urbanizada. Já os bairros mais afastados do centro sofrem com ruas sem infraestrutura, falta de calçadas e com o grande fluxo de veículos. Na temporada de verão os congestionamentos pesam. Qual o seu plano para cuidar da mobilidade da cidade?

Gegê: A gente quer investir bastante em pavimentação nos bairros. Mas, por outro lado, a questão do trânsito em Piçarras é complicada. Hoje está se construindo uma ponte na divisa de Piçarras com Penha, que eu já não faria aquela ponte no momento que a gente está passando, situação de pandemia, crise financeira. Tem que abrir a avenida Emanuel Pinto. Eu abriria aquela avenida, faria uma ponte nova ali. Com isso, o trânsito ia ganhar muito em Balneário Piçarras. Porque nós íamos estar com duas pontes, uma pra ir, outra pra vir. Porque o fluxo de veículos na temporada é muito grande. O trânsito ali fica caótico. Essa ponte na divisa hoje, em si, não vai refrescar muito, não vai aliviar o trânsito de Balneário Piçarras. A gente pretende fazer um plano de governo, um plano de trabalho, pra verificar todas essas questões de calçadas, padronizar e investir bastante nos bairros, mas também em pavimentação.

Fábio: O município vem crescendo muito nos últimos anos. Nós vamos fazer um plano completo de mobilidade urbana. Novas vias, novos acessos, novas pontes, novas saídas. Vamos ter que ir atrás da Autopista para refazer nossas marginais, o que está meio parado. Um viaduto, vamos brigar para que saia um viaduto na região do Itacolomi, Santo Antônio, que será muito importante para o nosso trânsito. Hoje a cidade está crescendo muito. Precisamos também de planos de pavimentação. A cidade está crescendo e o município tem que dar esse suporte. O bairro que mais está crescendo é o Itacolomi. Hoje a beira-mar já estava sendo feita. A beira-mar que vai desafogar um pouco o trânsito. Nós vamos fazer a beira-mar da altura da rua 3750 até a divisa de Barra Velha, e já está no nosso plano de governo. Nós vamos fazer um plano completo de mobilidade urbana para pensar em todo o trânsito, saídas e entradas do município.

Tiago: Balneário Piçarras precisa da mobilidade urbana e humana. Nós precisamos abrir avenidas. Hoje estamos fazendo uma ponte Penha-Piçarras, que é um problema sério, um problema grave. Estamos fazendo uma ponte, uma infraestrutura, vai ser maravilhosa, bonita, legal, mas não vai resolver o nosso problema. O que que nós precisamos? Nós precisávamos fazer a ponte no lugar correto. Seria abrir a avenida Emanuel Pinto com a avenida Nereu Ramos. Isso que nós precisamos. Vamos fazer uma operação tapete preto no município. Nós precisamos ter pavimentação, precisamos ter calçadas com acessibilidade. Hoje Balneário Piçarras é muito falha em acessibilidade. Nossos cadeirantes, pessoas com deficiência visual e deficientes físicos passam muita dificuldade.

DIARINHO – Os dados do Ideb referentes a 2019 mostram que a rede de ensino de Balneário Piçarras segue na média estadual e acima dos números nacionais no Ensino Fundamental – nos anos iniciais (4º e 5º anos) e finais (8º e 9º anos).  Só que 2021 será um ano retomada, após um ano com ensino à distância, por conta da pandemia de covid19. Se for eleito, como o senhor pretende investir em educação?

Gegê: Nós vamos investir em qualificação profissional dos professores. Dar curso e incentivar. Fazer novas salas de aula. Porque nós temos uma estrutura hoje em Balneário Piçarras que está há oito anos sem novas salas de aulas. A última escola que a gente fez no município foi quando nós estávamos na gestão municipal Progressista. Hoje cresceu a quantidade de alunos, de matrículas, e precisamos, urgentemente, fazer novas escolas. E, também, investir na qualificação dos professores. Investir e arrumar o plano de carreira. Vai ter diálogo entre os professores. A nossa gestão não vai ter perseguição. Aqueles professores que são contratados, com certeza, vão ficar na administração. E vamos investir nos professores para melhorar ainda mais a qualidade do ensino em nossa cidade.

Fábio: Educação em Piçarras, nos últimos anos, sempre foi pensada com muito carinho. Os investimentos sempre foram na casa dos 30%, mais ou menos. Vamos continuar investindo em educação, é primordial. Nossa educação é de qualidade, nosso ensino é de ponta na região, no estado. Vamos continuar investindo. Vamos construir mais escolas, ampliar as escolas existentes. Vamos construir uma escola técnica para jovens e adultos para que se preparem para o mercado de trabalho. Já existem algumas parcerias, mas nós vamos melhorar muito e construir um espaço físico para essas parcerias.

Tiago: A nossa educação, de 2013 a 2019,  aumentou em 144% o número de matrículas. E não tivemos esse aumento na infraestrutura, nas salas de aula, nos nossos imóveis, pra poder dar qualidade de estudo, pra poder trazer essas melhorias às crianças. Nós precisamos ter organização e projetos. Eu quero escutar os nossos professores, o nosso pessoal técnico, pra gente poder fazer o que for preciso. Nós vamos melhorar essa estrutura. Hoje nós precisamos, em todos os bairros, olhar com carinho e refazer, implantar, melhorar e aperfeiçoar o que nós temos hoje.

DIARINHO – Balneário Piçarras é uma cidade com vocação turística muito a reboque do parque Beto Carrero. Nos últimos anos, a construção civil despontou como uma nova engrenagem econômica, com grandes empreendimentos sendo construídos e projetados na cidade. De toda forma, Piçarras ainda carece de empregos. Como pretende desenvolver economicamente Balneário Piçarras e ofertar mais empregos à comunidade?

Gegê: A gente vai fazer parceiras com empresas privadas para se instalarem no nosso município. Trabalho na Scania, há muitos anos também, há 35 anos, e conheço muitos empresários que querem investir em Piçarras, na nossa cidade. Eu tinha já uma empresa para se instalar no nosso município ano passado. Ele esteve no município, mas, infelizmente, o atual prefeito não atendeu o cidadão e hoje ele se instalou numa cidade vizinha. Essas oportunidades é que nós não podemos perder pra atrair investidores. Hoje, Piçarras, é uma cidade de médio porte. Se nós tivéssemos uma empresa hoje que ofertasse 300 empregos acabaria, praticamente, a falta de emprego em nossa cidade. E com isso não ficaria só à mercê da temporada. Primeiramente é atrair as empresas. Depois é ofertar algum incentivo, que já tem no município, já tem um plano de incentivo. Terraplanagem ou incentivo fiscal, pra se instalar por diversos anos. Dar desconto em IPTU, alvará, essas coisas todas que a gente pode ofertar para essas empresas se instalarem no nosso município.

Fábio:  A cidade vem crescendo muito. Várias indústrias estão vindo para o município. Já tivemos várias reuniões com empresários que estão com projetos prontos de indústrias, parque industrial. Essa escola técnica dará o suporte a essas empresas, para que os nossos jovens e adultos estejam preparados para o mercado de trabalho. A área turística também vem crescendo muito nos últimos anos. O governo vai continuar investindo muito em turismo. Essa geração de empregos, nós vamos dar o suporte aos nossos jovens e adultos para que eles estejam preparados para o mercado de trabalho. O comércio no município vem crescendo muito. A área turística sempre vem se destacando. Construção civil, hoje Balneário Piçarras é referência na região. Vamos continuar investindo nessas áreas para poder dar suporte ao crescimento do município.

Tiago: Balneário Piçarras é uma cidade que, como eu sempre falo, só temos a agradecer. Uma cidade abençoada. Nós temos uma cidade excelente, nós temos às margens da BR-101 que nós vamos incentivar. Nós podemos buscar empresas pra poder gerar os serviços para o nosso povo local. Nós temos às margens da BR-101, da divisa Penha e Piçarras até Barra Velha,  uma área maravilhosa. Temos também a nossa área rural, que é uma das áreas que eu, com o doutor Fabiano, iremos buscar investidores. Nós vamos incentivar que implantem, que construam empresas em Balneário Piçarras. Incentivo na parte fiscal. E vender, representar, Balneário Piçarras nos municípios vizinhos, nos estados vizinhos: Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. As pessoas que estão nessas regiões vizinhas não fazem ideia que nós estamos hoje no meio. Nós somos hoje um meio facilitador, nós estamos próximos do porto de São Francisco, nós estamos próximos ao porto de Itajaí, estamos a 16 quilômetro do aeroporto de Navegantes.

DIARINHO - O senhor é vereador há seis legislaturas. Sua candidatura sofreu um pedido de impugnação à justiça porque o Tribunal de Contas do Estado  julgou irregulares as contas da Câmara de Vereadores de 2007, por conta de reajuste aplicado ao subsídio dos vereadores. O juiz eleitoral indeferiu o pedido do MP e o senhor continua candidato. Depois de tantos anos no legislativo porque o senhor resolveu tentar agora a candidatura a prefeito?

 

 

Gegê: A minha impugnação foi equivocada. Eu sempre atuei como um vereador, sempre fiscalizei, legislei e busquei recurso pro nosso município. Nunca peguei uma diária, viagem a Brasília. Sempre procurei trazer recurso, trazendo os deputados para o município. Então consegui bastante recursos.  Em Piçarras teve dois tempos: Umberto, Leonel. Leonel, Umberto. Não adiantaria eu colocar meu nome porque eles têm a popularidade deles. O Leonel não pode ser mais candidato, o Umberto também não quis. Acho que o meu nome, por causa do tempo de vereador, surgiu naturalmente. Eu tô preparado, eu tenho uma certa credibilidade em Piçarras. O pessoal tá comigo. Eu estou preparado pra assumir a administração pública. Eu tenho conhecimento. Seis mandatos, tenho que conhecer o mínimo de uma administração pública. Então, tô preparado, meu nome surgiu naturalmente, com o apoio da nossa executiva. E eu tô na estrada pedindo voto.

  DIARINHO - O senhor tem o apoio do atual prefeito e sua candidatura significa a continuidade do grupo político do prefeito Leonel no comando da cidade. O senhor não tem qualquer experiência em gestão pública e isso pode inspirar desconfiança nos eleitores. Acredita que o prefeito Leonel vai lhe transferir votos e o apoio popular para que o senhor seja eleito o novo prefeito de Balneário Piçarras?

Fábio: O prefeito Leonel tem uma aceitação muito boa no município. Nós queremos dar continuidade no crescimento. Mas com ideias novas, novos projetos. Será um governo novo: Fábio e Vini. A partir de 2021 será um governo novo, com ideias novas. O prefeito, essa aceitação dele, ele está junto conosco na campanha. Tenho certeza que, hoje, ele é o maior cabo eleitoral no município. Com certeza, muitos votos virão desse apoio. Eu sei que a população quer continuar o crescimento do município. Porque o município não pode parar. Uma mudança radical poderá ser um retrocesso para o município. Eu tenho certeza que a população quer continuar esse crescimento. Balneário Piçarras hoje é referência na região e no estado. E o município não pode parar. Nós vamos continuar o crescimento com ideias novas e com renovação.

 

DIARINHO - O senhor teria como vice o vereador Gegê, do PP, mas mudou a estratégia e escolheu o Fabiano, do DEM. Qual a razão da escolha do vice? O senhor é um grande empresário e tem um sobrenome que significa muito poder econômico na região.  O senhor não tem experiência política ou formação em gestão.  Acha acha que está preparado para ser o prefeito de Balneário Piçarras? 

Tiago: Sobre a escolha do vice, eu não escolhi o que fosse melhor para mim. Eu escolhi o que o povo pediu. Nós tivemos um acompanhamento, nós tivemos uma parceira com todos os partidos de Piçarras que estão fora da atual administração. Tivemos várias conversas. Nós escutamos o povo. Eu nunca tive para mim o Gegê, ou o partido do PP. Eu nunca tive para mim o doutor Fabiano, que é do DEM. Eu nunca tive o Lávio, que é do Podemos. Não! Eu tive para mim o que seria o melhor para Balneário Piçarras. Nós não estávamos na disputa de ter um vice, nós estávamos na disputa, na conversa, de fazer um projeto melhor por Balneário Piçarras. Esse foi o nosso objetivo. Em 2016 eu deixei o meu nome à disposição do partido para poder ser candidato a prefeito. Ali vi que teria que escutar mais o povo e ter mais influência, buscar mais contatos. De 2017 a 2019 até agora ,2020, eu visitei 23 municípios, eu fiz amizade com mais de seis deputados estaduais. Eu fiz amizade com seis deputados federais e com senadores..




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.192.38.49

Últimas notícias

Tarde de domingo

Temporal já alaga ruas de BC e Camboriú

Susto

Menino cai de prancha e se afoga em Piçarras

Centro de Itajaí 

Obras identificam esgotos irregulares na Hercílio Luz 

Brava 

Colocação de galerias chega no trecho final na Luci Canziani

ITAJAÍ

Obras no centro e Brava trancam cidade e geram queixas

Balneário Camboriú

Fundesporte BC vai distribuir R$ 300 mil para projetos esportivos

Destaque internacional

Lutador de BC é campeão europeu de jiu-jitsu

Tênis

Djokovic vence pela 10ª vez o Australian Open e volta ao topo do ranking

Jogão

Palmeiras vence o Flamengo e conquista a Supercopa do Brasil

PORTO BELO

Ônibus que passaria por reforma para ser motor-home é destruído pelas chamas 



Colunistas

JotaCê

Interventor do Porto?!

Foto do Dia

Horizonte inconfundível

Direito na mão

Quero me aposentar agora e não com mais idade: tem como?

Via Streaming

“Falando a real” aborda terapia e luto

Jackie Rosa

Niver do Armandinho

Canal 1

Um atraso querer comparar TV com serviços da TV paga e streaming

Na Rede

Confira os destaques das redes do DIARINHO nesta semana

Coluna Esplanada

Anistia na canetada?

Gente & Notícia

Lançamento

Clique diário

O pôr do sol!

Coluna do Janio

Rogério Corrêa fica

Coluna Exitus na Política

O dono da política

Coluna do Ton

Show Nacional

Artigos

Escultura Santa Ceia de Ervin C. Teichmann, prevista para a Igreja Matriz, está sendo oferecida a Itajaí pelo filho do escultor

Vinicius Lummertz

Turismo, para um Feliz Ano Novo

Coluna Fato&Comentário

Menino Jesus, São Nicolau, velho pom-pom e Papai Noel



TV DIARINHO


CHUVARADA FAZ ESTRAGOS NA REGIÃO: Só foi a chuva cair que várias ruas alagaram. O temporal deste domingo ...





Especiais

Pesquisa de preços 

Sorvetes apresentam diferença de até 50,62% nos principais supermercados

80 ANOS

Sorveteria Seara chega à quarta geração unindo receitas de família e novas tendências

NA ESTRADA COM O DIARINHO

Sete dicas pra curtir Balneário Camboriú num fim de semana 

Dia no mar

O que levar para uma refeição perfeita al mare

Deixa o vento me levar

Veleiros alugados navegam com grupos para alto-mar



Blogs

A bordo do esporte

Copa da Juventude abre no YCSA; Santa Catarina manda equipe para evento nacional

Blog Doutor Multas

Divisão de Registro de Veículos: entenda como funciona

Blog do JC

The Ocean Race

Blog da Ale Francoise

Moringa para imunidade

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

David Fernandes “LaBarrica”

"Meu sonho é ser prefeito de Balneário Camboriú”

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação