Matérias | Polícia


Itajaí

Polícia Militar prende dupla de caras-de-pau que surrupiou blocos de concreto de obra pública no bairro São Roque

Ladrões chegaram a levar uma caminhonetezinha pra fazer a limpa

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Dois bandidos metidos a joão-de-barro foram presos pela polícia Militar de Itajaí, no começo da madruga, depois de serem flagrados surrupiando uma carga de blocos de concreto novinhos de uma obra da prefa peixeira no bairro São Roque, em Itajaí. Nelson Batista, 32, e Joaquim Alves Leite, 37, foram surpreendidos pelos fardados no momento em que enchiam a caçamba de uma caminhonetezinha com o material de construção. A dupla chegou a fugir e tomou a BR-101, mas acabou presa na avenida Ministro Luiz Galotti, no bairro Cidade Nova.

Nelson e Joaquim aproveitaram a calada da madruga pra furtar parte dos materiais de construção usados nas obras de drenagem e pavimentação da rua Domingos Rampelloti, a estrada principal do São Roque. Estacionaram a Courier, placa MDO 3251 (Itajaí), em um trecho de chão batido e sem perder tempo começaram a encher a caçamba da picape.

Um vizinho viu toda a ação dos ladrões e os dedurou pra polícia Militar. Ao irem conferir a denúncia, os homi deram de cara com a dupla começando a sair do lugar com a carga surrupiada. Joaquim ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Nelson e Joaquim aproveitaram a calada da madruga pra furtar parte dos materiais de construção usados nas obras de drenagem e pavimentação da rua Domingos Rampelloti, a estrada principal do São Roque. Estacionaram a Courier, placa MDO 3251 (Itajaí), em um trecho de chão batido e sem perder tempo começaram a encher a caçamba da picape.

Um vizinho viu toda a ação dos ladrões e os dedurou pra polícia Militar. Ao irem conferir a denúncia, os homi deram de cara com a dupla começando a sair do lugar com a carga surrupiada. Joaquim e Nelson tomaram a BR-101 e fugiram em direção ao norte. Depois, entraram na avenida Transilvânia e pegaram a Ministro Luiz Gallotti, onde acabaram cercados e presos.



Na caçamba da Courier foram encontrados 51 blocos de concreto que seriam usados por peões da empreiteira Baltt pra fazer a caixa de drenagem em um trecho da rua Domingos Rampelloti.

Os blocos foram levados pra delegacia com os dois sujeitos, que passaram a noite na cela fedorenta da 2ª depê. Nenhum deles tinha passagem pela polícia até então. O material roubado já foi devolvido pra empresa Baltt, empreiteira contratada pela prefa de Itajaí pra asfaltar cerca de 15 quilômetros da rua principal do bairro São Roque.

Abobrão acha que dupla agiu outras vezes


Tarcízio Zanelatto, secretário de Obras da prefa de Itajaí, acredita que a dupla já tenha praticado outro furto igualinho numa obra pública. Há três meses, revelou ao DIARINHO, ladrões teriam também usado uma Courier pra afanar pó de brita da pavimentação asfáltica da avenida Nilo Bittecourt, no bairro São Vicente, também da empreiteira Baltt.

O abobrão faz questão de dizer que o preju pelo furto, se houver, será arcado pela empreiteira. “Se a obra fosse da prefeitura, haveria seguranças pra garantir que os materiais não fossem furtados. A obra é de responsabilidade da empresa que ganhou a licitação. Não houve prejuízo ao erário”, carca Zanelato.

Pra peão, dupla roubou ainda mais tijolos

Um dos peões da empresa Baltt que trampa na obra de drenagem e asfaltamento da Domingos Rampelotti ficou espantado com a cara de pau da dupla de ladrões. Anderson Maciel, 23 anos, pedreiro da empreiteira piçarrense há um ano e meio, disse ao DIARINHO que os malacos teriam levado, no mínimo, 400 blocos de tijolo da obra.

Ou seja, tudo indica que mais de uma visita foi feita na obra pelos gatunos. Isso porque, ontem de manhã, quando Anderson apareceu pra trampar logo cedo, quatro paletes de madeira fechados com tijolinhos estavam vazios. “Ao longo da rua tinha uns sete paletes que foram trazidos no sábado. Eu vi quatro deles secos e um com cinco tijolos”, contou o operário. Cada palete fechado tem 115 bloquinhos de tijolo.


Pro pedreiro da Baltt, os ladrões iriam lucrar uma boa grana com o furto dos blocos de concreto. Isso porque, informou, cada tijolinho daqueles custa uns dois pilas. “Em cada palete fechado tinha mais de R$ 200 em tijolos. Talvez eles estivessem pensando em construir”, brincou.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.222.218.145

Últimas notícias

queridinhos

Carros da Fiat são os mais procurados para aluguel

ITAJAÍ

Vereadora e mais quatro são condenados por fraudes à licitação

Balneário Camboriú

BC Fight Week tem ingressos esgotados para o final de semana

Vale muito

Barra recebe o Hercílio Luz em confronto direto por classificação

Catarinense

Marinheiro encara o Brusque em Balneário Camboriú

ITAJAÍ

Vereador tira da pauta projeto que queria mudar o nome da Praça dos Correios

TRISTEZA

Empresário morre ao cair de prédio em Itapema

SE LIGA!

Cruzeiro aposta em grandes nomes para esta temporada; confira elenco do time

GIRO DA ECONOMIA

Governo do estado libera terceira operação de crédito para empréstimo de até R$ 5 mil

futebol

Cruzeiro oficializa contratação de Romero; confira quem o convenceu a voltar e sua fala para a torcida



Colunistas

JotaCê

Vereadora mandou colega praquele lugar

Via Streaming

Neurônios em ação

Coluna Esplanada

Imortalidade em risco

Gente & Notícia

Dupla de estrelas

Ideal Mente

Precipitação

Direito na mão

Planejamento previdenciário: ponto a ponto

Coluna Exitus na Política

O TEMPO DA INDETERMINAÇÃO

Empreender

Balneário Camboriú no radar dos investimentos norte-americanos

Na Rede

Se liga nas notícias que bombaram nas redes do DIARINHO

Jackie Rosa

Ai que calor!

Histórias que eu conto

Histórias da Hercílio Luz

Artigos

O novo Plano Diretor de Itajaí só tem vencedores

Coluna Existir e Resistir

United Colors Sarará

Foto do Dia

A ver navios

Show de Bola

Grande campanha

Coluna do Ton

Destaque da Salgueiro

Clique diário

Tesouro

Coluna Fato&Comentário

O Porto é nosso?



TV DIARINHO


O projeto que obriga o uso de sacos e sacolas ecológicas no lugar de sacos de lixo e sacolas plásticas ...





Especiais

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica

PLANEJAMENTO URBANO

Camboriú vai investir mais de R$ 60 milhões em mobilidade



Blogs

Blog do JC

Mudou

A bordo do esporte

Thiago Pereira e Swim Floripa levam Troféu José Finkel para Floripa

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação