Matérias | Polícia


Itajaí

Filho de advogado se mata com tiro na boca

Suicídio rolou na frente do irmão mais novo

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

“Olha como se faz”. Essa teria sido a frase dita pelo estudante de Direito Cézar Augusto Cabral Dolberth, 28 anos, a um irmão mais novo, antes de dar cabo da própria vida com um tiro de revólver na boca. O suicídio aconteceu às 11h30 de ontem, numa casona da esquina das ruas 2450 com 2412, no centro do Balneário Camboriú. Cézar era filho do advogado Robson Dolberth. Foi a arma do pai que o estudante teria usado pra protagonizar a tragédia.


Um amigo de Cézar, que ontem acompanhou de perto todo o sofrimento dos Dolberth, contou que o advogado Robson e o filho caçula se preparavam para viajar para Floripa quando escutaram um estrondo ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Um amigo de Cézar, que ontem acompanhou de perto todo o sofrimento dos Dolberth, contou que o advogado Robson e o filho caçula se preparavam para viajar para Floripa quando escutaram um estrondo vindo do segundo andar da casa. O barulho era da porta do quarto de Robson sendo arrombada por Cézar. Foi lá que o rapaz pegou a arma que usaria logo em seguida para o suicídio, contou o amigo.

O caçula subiu para ver o que estava acontecendo e encontrou o mano já em seu quarto, de arma em punho. O mais novo dos filhos dos Dolberth presenciou o irmão disparar um tiro contra a própria boca, pouco depois de dizer “olha como se faz”.

Discutiu com o pai

Cézar tinha namorada e cursava Direito na Univali do Balneário Camboriú. Chegou a presidir o diretório acadêmico do curso. Também era militante do partido Verde. Na semana que vem, o rapaz começaria a trabalhar no escritório de advocacia de Robson.

Pro amigo que conversou com o DIARINHO, Cézar não aparentava ter tendências suicidas e não havia razões para que o rapaz desse cabo da vida. “Ele até discutiu com o pai esta semana, mas foi uma briga de pai e filho. Até agora a gente não consegue entender o porquê”, comentou.

Continua depois da publicidade



Foto no Facebook

No perfil de Cézar no Facebook, que é uma página de relacionamentos da internet, há a foto de um homem com uma arma apontada para a cabeça e a frase “Save the planet, kill yourself” (Salve o planeta, mate a si mesmo”. Abaixo, o próprio César comenta a imagem e diz “e ae, Getúlio Vargas era louco ou não aguentou a pressão? A pior coisa do mundo é a ingratidão”.

Continua depois da publicidade






Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





18.205.176.39

TV DIARINHO


Expedição Pedalando - Dia 15 - hora da chegada! Depois de mais de 800km de pedal, os cinco aventureiros ...



Podcast

Cidades Inteligentes no Brasil

Publicado 21/05/2022 19:20



Especiais

Existir para resistir

1ª Virada Afro-Cultural revela uma Itajaí negra e multifacetada

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC



Blogs

Blog do Ton

Grife feminina Lu de Leon promove evento em Balneário Camboriú

A bordo do esporte

Inaê Amstel Ultra promove experiência da primeira velejada

Blog Doutor Multas

Um guia para iniciantes para apostar no futebol 2022

Blog do JC

Ferrolho, manifestação hoje

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯