Matérias | Geral


Itajaí

Cidades de pequeno porte já se beneficiaram com a passagem da VOR

A transformação em Itajaí pode ser semelhante às ocorridas em Alicante e Galway

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A 11ª edição da Volvo Ocean Race largou do porto da cidade espanhola de Alicante, no dia 4 de novembro, e vai terminar na cidade irlandesa de Galway, em 7 de julho de 2012. Apesar da lonjura das duas cidades, pois ambas estão na Europa, esses dois destinos têm muito em comum com Itajaí, a começar pela atividade portuária, que é o carro-chefe da economia dos três municípios. As semelhanças se estendem por serem todas cidades médias, pois nenhuma delas tem mais que 330 mil habitantes. Além disso, as três são polos universitários, com atuação destacada no lazer e turismo.

Itajaí pode se espelhar em Alicante, palco da largada da regata, e também em nova Galway, onde vai rolar a chegada da maior competição náutica do mundo. Esta é a opinião de João Luiz Demantova, secretário executivo do Comitê Central Organizador (CCO) da etapa peixeira, que demonstra confiança ao falar na expectativa dos organizadores para o futuro de Itajaí. “Alicante era vista como uma cidade com pouca expressão regional. A partir da Volvo, Alicante é conhecida no mundo todo. Ao longo dessa última parada, a cidade trouxe 937 mil pessoas onde vivem cerca de 300 mil”, expõe.

A regata Volta ao Mundo injetou na economia de Alicante um incremento de aproximadamente 200 milhões durante os anos em que foi realizada. A afirmação da prefeita da cidade, Sonia Castedo, rolou ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Itajaí pode se espelhar em Alicante, palco da largada da regata, e também em nova Galway, onde vai rolar a chegada da maior competição náutica do mundo. Esta é a opinião de João Luiz Demantova, secretário executivo do Comitê Central Organizador (CCO) da etapa peixeira, que demonstra confiança ao falar na expectativa dos organizadores para o futuro de Itajaí. “Alicante era vista como uma cidade com pouca expressão regional. A partir da Volvo, Alicante é conhecida no mundo todo. Ao longo dessa última parada, a cidade trouxe 937 mil pessoas onde vivem cerca de 300 mil”, expõe.

A regata Volta ao Mundo injetou na economia de Alicante um incremento de aproximadamente 200 milhões durante os anos em que foi realizada. A afirmação da prefeita da cidade, Sonia Castedo, rolou durante coletiva à imprensa itajaiense em novembro último. Conforme a prefeita, só em mídia espontânea mundial, a Volvo Ocean Race representa um retorno avaliado em 60 milhões de euros.



Já Galway, na Irlanda, com apenas 72 mil habitantes, teve na edição da VOR de 2008, quando a cidade participou pela primeira vez do evento, um público de um milhão de pessoas prestigiando a passagem da regata, o que se tornou, segundo João Luiz, o recorde de público de todas as paradas da VOR. “Galway é o ponto de chegada este ano, e é uma cidade menor que Itajaí. A gente tá trabalhando com o horizonte de colocar 150 mil pessoas aqui ao longo dos 18 dias. E se colocarmos 150 mil agora, vamos botar 300 mil numa próxima edição e, quem sabe, numa terceira parada, vamos trazer 600 mil”, confia.

O coordenador da etapa peixeira da VOR, Amilcar Gazaniga, disse que, entre 2008 e 2009, a cidade de Galway, na Irlanda - na época o oitavo ponto de parada da Volta ao Mundo, teve um impacto econômico positivo de mais de R$ 87 milhões em variados setores da cidade, desde os hotéis, passando pelos restaurantes e chegando aos cofres públicos. “Essa valorização das cidades é grandiosa. Itajaí precisa aproveitar isso”, aponta.

O reitor da Univali, professor Mário Cesar dos Santos, que também esteve em Alicante para a largada da regata, diz que a city espanhola mudou muito depois da primeira passagem dos barcões por lá, em 2005. Segundo o reitor, os elementos turísticos e de infraestrutura da cidade deram um salto de qualidade após o município entrar na rota definitiva do evento. “Alicante criou uma estrutura e está se destacando no cenário europeu de destino para a prática de esportes náuticos. Se Itajaí conseguir alcançar esses elementos que Alicante conseguiu, pode se tornar um destaque no cenário nacional”, acredita o reitor.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.192.15.251

TV DIARINHO


Uma mulher, de identidade ainda não informada, morreu em um incêndio em Itajaí. O fogo começou por volta ...





Especiais

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica

PLANEJAMENTO URBANO

Camboriú vai investir mais de R$ 60 milhões em mobilidade



Blogs

Blog do JC

Mudou

A bordo do esporte

Thiago Pereira e Swim Floripa levam Troféu José Finkel para Floripa

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação