Matérias | Esporte


Itajaí

Santos tá na final

Alvinegro venceu o Kashiwa Reysol por 3 a 1, no Mundial de Clubes

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O sonho do tricampeonato mundial segue vivo pros santistas. A equipe do Peixe venceu o Kashiwa Reysol ontem por 3 a 1, no estádio Toyota, no Japão, e se classificou pra final. Os gols santistas foram marcados por Neymar, Borges e Danilo. Sakai descontou pro time japonês. Neymar, Danilo e Ganso foram os destaques do Santos. Danilo, além de marcar o gol, deu consistência importante pro setor defensivo pela direita. E o atacante conseguiu prender a bola quando foi necessário. Ganso, mesmo sem demonstrar o ritmo de outros momentos, foi o jogador que segurou a bola no meio de campo e tentou, nos momentos em que estava congestionado, fazer a ligação com o homem de frente.


Agora o Santos espera o vencedor do duelo entre Barcelona e Al Sadd. As equipes duelam nesta quinta-feira, em Yokohama, às 8h30 (horário de Brasília). A decisão rola no domingo, às 8h30, em Yokohama ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Agora o Santos espera o vencedor do duelo entre Barcelona e Al Sadd. As equipes duelam nesta quinta-feira, em Yokohama, às 8h30 (horário de Brasília). A decisão rola no domingo, às 8h30, em Yokohama. A disputa pelo terceiro lugar, na qual estará presente o Kashiwa, será às 5h30, no mesmo local.

Começo complicado

Em sua estreia na competição, o Peixe demorou pra se acertar. Mas fechou a primeira etapa com 2 a 0 no placar. Resultado parcial conquistado com apenas três chutes a gol. Além de balançar a rede duas vezes, Neymar acertou uma bola na trave, logo aos 4 minutos, depois de uma trapalhada do zagueiro Kondo. O primeiro gol só não saiu tão cedo porque o goleiro Sugeno conseguiu chegar antes do atacante santista.

Mas se enganou quem pensou que o Santos encontraria facilidade logo. Na primeira etapa, os comandados de Nelsinho Batista chegaram a trocar bons passes entre defesa e meio-campo, envolvendo o Santos. Na parte ofensiva, Leandro Domingues era quem mais assustava, comandando a correria na frente. Mas o time japonês não chegava a levar um perigo grande a Rafael.

Enquanto isso, Neymar começava a desfilar dribles e chamar o jogo. Foi dele o primeiro gol, um chute bem colocado, de pé esquerdo. Depois de receber passe de Paulo Henrique Ganso, que não brilhou na primeira etapa, o atacante que tem o moicano copiado no Japão trocou a bola do pé direito pra a canhota. E com o zagueiro já caído, chutou no ângulo direito de Sugeno. Golaço aplaudido até mesmo pelos torcedores do Kashiwa Reysol, no estádio de Toyota. Foi o gol de número 99 do atacante na carreira como jogador profissional.

Continua depois da publicidade



Quatro minutos depois, aos 19, foi vez de o artilheiro Borges deixar a sua marca. O camisa nove teve bom passe de Durval, que jogou dinovo improvisado na lateral-esquerda. Usando o corpo, conseguiu se livrar de dois marcadores antes do arremate, desta vez do lado direito de Sugeno. Novo golaço do Peixe.

Com 2 a 0, o Santos jogou com mais tranquilidade.

Continua depois da publicidade



Sustos na defesa

O Santos voltou pro segundo tempo já com uma boa chance de ampliar o placar logo nos primeiros minutos. Mais ligado na partida, Ganso esticou bem a bola para Durval, que deixou Danilo cara a cara com Sugeno. Mas o goleiro japonês conseguiu evitar o terceiro.

Aos poucos, o Kashiwa voltou a se arriscar na frente, mas com mais perigo. O placar desfavorável parecia não intimidar a equipe japonesa. Leandro Domingues seguia como a principal válvula do time de Nelsinho Batista. E Jorge Wagner era a força na bola parada.

E foi justamente dos pés do ex-são-paulino que o gol japonês começou a ser desenhado. Em cobrança de escanteio de Jorge Wagner, Sakai aproveitou a bobeira de Henrique na marcação e diminuiu para 2 a 1. O lateral-direito do Kashiwa, que chegou a ser cobiçado pelo Santos, fez o time nipônico se assanhar ainda mais.

Percebendo que o meio-campo não estava no mesmo ritmo, Muricy sacou Elano, apagado na partida, e colocou Alan Kardec. Com um time mais ofensivo, o Santos conseguiu tomar a vantagem de dois gols dinovo. Danilo sofreu falta e cobrou com maestria. Sugeno nem se mexeu para tentar alcançar a bola, tamanho o capricho na cobrança.

Com o avançar do tempo, o Kashiwa parecia ainda mais ousado nas suas investidas ao ataque. Tanto que Sawa chegou a acertar a trave de Rafael. Ele também perdeu um gol incrível, quando o arqueiro santista já estava batido e o placar ficou mesmo 3 a 1.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





18.205.176.39

TV DIARINHO


Expedição Pedalando - Dia 15 - hora da chegada! Depois de mais de 800km de pedal, os cinco aventureiros ...



Podcast

Cidades Inteligentes no Brasil

Publicado 21/05/2022 19:20



Especiais

Existir para resistir

1ª Virada Afro-Cultural revela uma Itajaí negra e multifacetada

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC



Blogs

Blog do Ton

Grife feminina Lu de Leon promove evento em Balneário Camboriú

A bordo do esporte

Inaê Amstel Ultra promove experiência da primeira velejada

Blog Doutor Multas

Um guia para iniciantes para apostar no futebol 2022

Blog do JC

Ferrolho, manifestação hoje

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯