Matérias | Polícia


Itajaí

Ex-presidiário faz caca na firma onde trampava

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O velhusco Christian Otacílio da Rosa, 39 anos, é um daqueles caras que não se emendam. Ex-presidiário, não aproveitou a chance da liberdade e do emprego que conseguiu e voltou a aprontar. Na quinta-feira, foi pego depois de furtar uma bicicleta de um colega operário na indústria de pescados Vitalmar, que fica na rua David Adão Schimidt, na Nova Brasília, bairro Barra do Rio, em Itajaí. Na mó caruda, deixou sua magrela toda renga no pátio da empresa e pegou uma novinha em folha. Ele foi guentado quando pedalava perto da 2ª depê, onde ficou preso.

Christian chegou pra trampar às 8h45 da matina com uma ziquinha modelo Verona, cor-de-rosa. Nem cinco minutos depois de entrar na empresa com a magrela velha, saiu de lá com outra, bem mais nova, de cor preta, também Verona. A ação foi testemunhada pelo segurança da empresa, que achou a situação pra lá de estranha. Assim que confirmou o furto, o vigilante chamou a polícia.

Uma baratinha da PM fez rondas pela região e, por ironia, acabou encontrando o ex-presidiário quase na frente da 2ª depê. E foi por lá mesmo que Christian ficou, antes de ser levado pro xadrez do ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Christian chegou pra trampar às 8h45 da matina com uma ziquinha modelo Verona, cor-de-rosa. Nem cinco minutos depois de entrar na empresa com a magrela velha, saiu de lá com outra, bem mais nova, de cor preta, também Verona. A ação foi testemunhada pelo segurança da empresa, que achou a situação pra lá de estranha. Assim que confirmou o furto, o vigilante chamou a polícia.

Uma baratinha da PM fez rondas pela região e, por ironia, acabou encontrando o ex-presidiário quase na frente da 2ª depê. E foi por lá mesmo que Christian ficou, antes de ser levado pro xadrez do complexo Penitenciário da Canhanduba.



Apesar de ter dado uma de ladrão chinelão, Christian não é bandido amador. Pelo contrário. Natural de São Paulo, ele tem ficha na polícia e já cumpriu pena pelo menos duas vezes. Em 1999, esteve preso na penitenciária de Floripa, condenado por furto. Seis anos mais tarde, em 2005, voltou a ficar enjaulado, desta vez no cadeião do Matadouro, onde cumpriu pena por tráfico de drogas.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.222.218.145

TV DIARINHO


Itajaí vai ter centro de triagem para dar conta dos atendimento de dengue. A cidade é a quarta com maior ...





Especiais

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

violência

Brasil tem um assassinato de pessoa trans a cada três dias

Programa diferente

Na Estrada: Escapada pra Curitiba num finde de verão

Presidente do STM

Acampamentos golpistas “foram tolerados por orientação” militar

Agropecuária

Bancada adota ‘discurso tóxico’ em anúncios nas redes sociais



Blogs

A bordo do esporte

Volta da Ilha das Cabras abre temporada de regatas em São Paulo

Blog do JC

Lula e o genocídio

Gente & Notícia

Churrasco On Fire, da dupla Fernando e Sorocaba, chega a Massaranduba

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog da Jackie

O ‘sim’ de Ângela e Dolor

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação