Matérias | Polícia


Itajaí

Itajaí registrou 2,1 mil acidentes entre julho e novembro deste ano

Oito pessoas morreram e 545 ficaram feridas. A média é de 14 acidentes por dia

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O número é mesmo de assustar. De julho a novembro deste ano, as ruas de Itajaí registraram 2169 acidentes. Tanta trombada assim deixou oito mortos e 545 feridos. Os dados são da coordenadoria de Trânsito (Codetran) da prefa peixeira. “70% dos acidentes são por imprudência ou falha humana, isso é comprovado a nível nacional”, diz José Alvercino Ferreira, chefão da Codetran.


Pela estatística do órgão, são no mínimo 14 acidentes que em média rolam pelas ruas da cidade. Tanta inhaca assim seria também por culpa da grande quantidade de veículos. São mais de 120 mil, entre ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Pela estatística do órgão, são no mínimo 14 acidentes que em média rolam pelas ruas da cidade. Tanta inhaca assim seria também por culpa da grande quantidade de veículos. São mais de 120 mil, entre carangos, motocas, busões, brutos, utilitários e caminhonetonas. São dois carros pra cada três itajaienses.

Apesar da maioria dos acidentes envolver carangos, são as motos as que mais matam. Sete pilotos e um caroneiro perderam a vida nos oito acidentes fatais registrados neste período. A outra vítima foi atropelada.

É também nos horários do chamado rush [depois das 18h] e nas sexta-feiras que mais rolam acidentes. “Nesse horário os acidentes acontecem mais porque é o maior pico de veículos por causa da saída do trabalho. Na sexta são os apressados, que querem chegar cedo em casa”, afirma Zé.

A rapaziada nova é a que mais se envolve em acidentes e, pra calar a boca de muito machista, os homens lideram o ranking dos barbeirões. “Tem muito mais homens dirigindo do que mulheres, e elas são mais cautelosas, têm mais prudência no trânsito”, arrisca dizer o bagrão da Codetran.

Qual a solução pro problema da grande quantidade de acidentes em Itajaí? “Primeiro é educação e pessoas prudentes, depois é respeitar a sinalização”, tasca Zé Alvercino, já com a resposta na ponta da língua.

Continua depois da publicidade






Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.215.77.12

TV DIARINHO


Dia 8 da Expedição Pedalando. Vamos acompanhar como foi a pedalada dos cinco aventureiros da região ...



Podcast

Novos tempos, novos termos

Publicado 14/05/2022 19:36



Especiais

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC

Praia Brava

Via polêmica atrás da Lagoa do Cassino está em pauta



Blogs

A bordo do esporte

Ventos ganham força e Copa Brasil de Vela de Praia chega à reta final

Blog do Ton

Sócias de Brusque inauguram franquia da Hausz na cidade

Blog Doutor Multas

Como funcionam os bônus de apostas esportivas?

Blog do JC

Ademar Henrique Borges, o Ademarzinho será o novo secretário executivo da Amfri

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯