Matérias | Esporte


Itajaí

Cimed/Sky busca a reabilitação hoje em Floripa

A equipe manezinha recebe os mineiros do Vivo/Minas na próxima quarta-feira, às 21h, no ginásio Capoeirão

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Um clássico entre os dois times que mais vezes subiram ao pódio na história da Superliga masculina de vôlei. Com quatro títulos cada um, Cimed/Sky e Vivo/Minas estarão frente a frente nesta sexta-feira, em partida válida pela quinta rodada do turno, no ginásio Capoeirão, em Floripa, a partir das 21h, com transmissão ao vivo do canal Sportv.


Nas últimas seis finais da competição, Cimed/Sky e Vivo/Minas duelaram quatro vezes. Melhor pro time manezinho, que venceu três e perdeu apenas uma. Na edição 11/12 da Superliga, o Vivo/Minas ocupa ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Nas últimas seis finais da competição, Cimed/Sky e Vivo/Minas duelaram quatro vezes. Melhor pro time manezinho, que venceu três e perdeu apenas uma. Na edição 11/12 da Superliga, o Vivo/Minas ocupa a quarta colocação na classificação geral, com nove pontos. O time da Santa & Bela tá logo atrás em quinto lugar, com oito pontos. As duas equipes somam quatro jogos, três vitórias e uma derrota, cada.

Mas os times chegam com motivações diferentes para a partida. O Vivo/Minas vem de uma inquestionável vitória por 3 sets a 0 diante do BMG/Montes Claros, na Arena Vivo, em Belo Horizonte. A Cimed/Sky foi derrotada, de virada, por 3 sets a 1, pelo RJX, também em casa.

Vencer ou vencer

O técnico da Cimed/Sky, Marcos Pacheco, não pensa em outra coisa que não seja a vitória diante do Vivo/Minas. Pro treinador, o duelo será “um verdadeiro clássico, com times que têm história na Superliga”. Mas Pacheco quer que o mando de casa prevaleça.

“Sempre usamos o fator casa como nosso aliado. E dessa vez não pode ser diferente. Por estarmos vindo de uma derrota e por enfrentar o tradicional Vivo/Minas em casa, a vitória é fundamental”, avalia Pacheco.

Continua depois da publicidade



Sobre a derrota na última rodada, Pacheco destacou a força do adversário. “O RJX fez uma partida fantástica. Já o nosso time não foi bem na recepção. Precisamos melhorar o nosso passe para conseguirmos melhorar a distribuição de bolas tanto do Bruno quanto do Murilo”, enfatiza o treinador.

Sobre o Vivo/Minas, Pacheco ressalta o crescimento do adversário. “Do começo da temporada até o início da Superliga, o Vivo/Minas evoluiu muito. Eles estão jogando bem certinho. O Marcelinho está distribuindo as jogadas de forma eficiente. Assim como nós queremos vencer em casa, não tenho dúvidas de que eles lutarão por uma vitória fora de casa. Será um resultado muito importante para o Vivo/Minas também”, avalia Pacheco.

Continua depois da publicidade



Ataque x defesa

A partida terá um atrativo a mais. Será o confronto do melhor ataque contra a melhor defesa. A Cimed/Sky lidera o ranking de ataque por equipes, com 45,41% de eficiência. Já o Vivo/Minas é o primeiro colocado na defesa, com 20,92% de aproveitamento.

Individualmente, dois atletas das equipes sidestacam no mesmo fundamento. A Cimed/Sky tem o atacante mais bem posicionado da Superliga até o momento. É o ponteiro João Paulo Tavares, com 57,81% de aproveitamento. Já o líbero Polaco, do Vivo/Minas, é o primeiro colocado na defesa, com 42,86%.

Equilíbrio na última Superliga

Na última edição, Cimed/Sky e Vivo/Minas ficaram no empate. Nos dois duelos cada equipe venceu um jogo e pelo mesmo placar: 3 sets a 2. Na atual Superliga, a semelhança da campanha dos times acirra ainda mais o duelo.

O Vivo/Minas está embalado e acumula três vitórias consecutivas. O técnico Marcelo Fronckowiak tá satisfeito com o desempenho da equipe, mas sabe que não terá facilidades em Floripa.

“Estou contente com a reação da equipe e o bom padrão que apresentou nos últimos três jogos. A Superliga ainda está em seu começo, mas é bom constatar logo o crescimento do grupo. Vamos ter muitas dificuldades em Florianópolis. Teremos que ficar muito atentos, já que a Cimed/Sky tem a vantagem de jogar diante de sua torcida. O nosso objetivo, além de vencer, é tentar reproduzir em quadra o bom voleibol que mostramos nas últimas três vitórias”, avalia o treinador.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.234.223

TV DIARINHO


Dia 8 da Expedição Pedalando. Vamos acompanhar como foi a pedalada dos cinco aventureiros da região ...



Podcast

Novos tempos, novos termos

Publicado 14/05/2022 19:36



Especiais

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC

Praia Brava

Via polêmica atrás da Lagoa do Cassino está em pauta



Blogs

A bordo do esporte

Ventos ganham força e Copa Brasil de Vela de Praia chega à reta final

Blog do Ton

Sócias de Brusque inauguram franquia da Hausz na cidade

Blog Doutor Multas

Como funcionam os bônus de apostas esportivas?

Blog do JC

Ademar Henrique Borges, o Ademarzinho será o novo secretário executivo da Amfri

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯