Matérias | Geral


Itajaí

Greve relâmpago dos aeroviários atrasa voos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A paralisação dos aeroviários e aeronautas causou confusão até no aeroporto de Navegantes. Durante a quinta-feira, pelos menos três voos sofreram atraso de mais de uma hora. Nos outros dois principais aeroportos da Santa & Bela, Floripa e Joinville, a greve também causou perrengues. No final do dia, os aeronautas fizeram um acordo e descartaram a possibilidade de greve. Já os aeroviários continuam na bronca.


Segundo a assessora de imprensa do aeroporto de Navega, Ana Carla Mafra, apesar do estrago que a paralisação provocou em São Paulo, onde vários voos atrasaram e foram cancelados, o aeroporto dengo ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Segundo a assessora de imprensa do aeroporto de Navega, Ana Carla Mafra, apesar do estrago que a paralisação provocou em São Paulo, onde vários voos atrasaram e foram cancelados, o aeroporto dengo-dengo não teve grandes problemas. A maior bronca foi por causa de um voo da companhia aérea TAM, que tinha como destino o aeroporto de Congonhas/SP.

“Poucos voos atrasaram. O caso mais grave foi um da TAM, que obrigou os passageiros a esperarem uma hora e meia antes de decolar. Mesmo assim, não houve de filas”, conta a assessora, que também lembrou que nessa época do ano, o fluxo de passageiros aumenta cerca de 50% em Navega. “No Natal passado, o aeroporto de Navegantes teve 18 mil passageiros em uma semana”, calcula.

Os outros dois principais aeroportos da Santa & Bela também registraram atrasos. Em Floripa, um voo com destino a São Paulo foi cancelado. Em Joinville, a Infraero registrou dois atrasos durante o dia.

Voltaram atrás

No final da tarde de ontem, o sindicato Nacional dos Aeronautas, que representa pilotos e comissários de bordo de todo o país, aceitou uma proposta de reajuste salarial de 6,5% e 10% de alta nos pisos, respectivamente. Com isso, a ameaça de greve foi descartada. No entanto, os aeroviários (que trabalham em terra) ainda não chegaram a um acordo.

Continua depois da publicidade



 

Continua depois da publicidade






Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





18.205.176.39

TV DIARINHO


Expedição Pedalando - Dia 15 - hora da chegada! Depois de mais de 800km de pedal, os cinco aventureiros ...



Podcast

Cidades Inteligentes no Brasil

Publicado 21/05/2022 19:20



Especiais

Existir para resistir

1ª Virada Afro-Cultural revela uma Itajaí negra e multifacetada

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC



Blogs

Blog do Ton

Médica catarinense participa em Minas Gerais de mentoria sobre gestão clínica

A bordo do esporte

Inaê Amstel Ultra promove experiência da primeira velejada

Blog Doutor Multas

Um guia para iniciantes para apostar no futebol 2022

Blog do JC

Ferrolho, manifestação hoje

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯