Matérias | Reclamações


Itajaí

Paciente reclama do horário de atendimento do posto do Vila Real

Postos atendem em horário comercial por ordem do Ministério da Saúde

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Com gripe e febre, o vendedor au­tônomo José de Oliveira, 65 anos, teve que esperar uma hora embaixo de chuva pra conseguir atendimen­to médico. O cara é morador do bairro Vila Real, no Balneário Cam­boriú, e ficou fulo da vida ao saber que o postinho do bairro só abre as portas em horário comercial. Malzão, José acordou na quarta-feira bem cedinho e correu pro posto do Vila Real. Chegou às 7h e deu com o nariz no portão. “Só abre às 8h e estava cheio. Fiquei esperando pra ser atendido”, disse.


Enquanto aguardava na rua pelo plá com o dotô, uma chuvarada caiu. Como não tem guarita por lá, o vendedor conta que o povão aca­bou ficando encharcado. “A gente ficou na chuva se molhando, espe ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Enquanto aguardava na rua pelo plá com o dotô, uma chuvarada caiu. Como não tem guarita por lá, o vendedor conta que o povão aca­bou ficando encharcado. “A gente ficou na chuva se molhando, espe­rando. Tinha até idoso, todo mun­do junto”, reclama.

Mudaram horários

Os atendimentos nos seis posti­nhos de saúde do Balneário mudou há cerca de dois meses. O secretário de Saúde da Maravilha do Atlânti­co, José Roberto Spósito, explica que a exigência partiu do Ministé­rio da Saúde, há alguns anos. No entanto, segundo o abobrão, como a city não tinha posto 24 horas na época da determinação do ministé­rio, a prefa teve que manter o ho­

rário das demais unidades de saúde das 7h às 19h. “Trabalhávamos 12 horas, mas agora que temos três PAs [Barra e hospitais Santa Inês e Ruth Cardoso], não há mais neces­sidade dos postos estarem abertos neste horário”, justifica. Sobre o povão tomando chuva no lombo à espera de atendimento, o abobrão diz que não tem como abrir o posto pro tchurma siabrigar.

Agora, na temporada de verão, o povão pode até aproveitar a fa­cilidade dos três postinhos mó­veis pra atendimento da demanda de turistas e moradores.

Continua depois da publicidade



Os postos da praia de Laranjei­ras e da rua 1500 ficam abertos das 7h às 19h. E o postinho mon­tado na praça Almirante Taman­daré, na avenida Atlântica, tram­pa das 12h à meia-noite.

Continua depois da publicidade






Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





18.205.176.39

TV DIARINHO


Expedição Pedalando - Dia 15 - hora da chegada! Depois de mais de 800km de pedal, os cinco aventureiros ...



Podcast

Cidades Inteligentes no Brasil

Publicado 21/05/2022 19:20



Especiais

Existir para resistir

1ª Virada Afro-Cultural revela uma Itajaí negra e multifacetada

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC



Blogs

Blog do Ton

Grife feminina Lu de Leon promove evento em Balneário Camboriú

A bordo do esporte

Inaê Amstel Ultra promove experiência da primeira velejada

Blog Doutor Multas

Um guia para iniciantes para apostar no futebol 2022

Blog do JC

Ferrolho, manifestação hoje

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯