Matérias | Política


Itajaí

O que rolou na Política em julho, agosto e setembro deste ano?

Teve muita discussão sobre aumentar ou não o número de vereadores, teve aliança inesperada e pesquisa de opinião de olho em 2012

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Crônica de três meses de cobertura política na região


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






No começo a discrição. Mas não durou muito. Tão logo o projeto que previa o aumen­to do número de vereadores na câmara de Itajaí entrou em pauta começaram as dis­cussões. No início, o discurso ficou no “eu acho que”. Uns dizendo que acreditavam que não deveriam aumentar as va­gas, porque elevaria a despesa da casa do povo. Outros, di­zendo que era tudo balela.

Mas com o DIARINHO não tem “eu acho”! A reportagem foi pra dentro do legislativo e mergulhou na papelada: teve acesso às despesas fixas da casa do povo e fez uma esti­mativa. E o resultado foi alar­mante. Passar de 12 pra 21 vereadores causaria um preju de mais de 9 milhões de reales pros cofres da city peixeira. A manchete assustou e fez acor­dar as entidades de classe, que estavam quietinhas num canto. E no dia seguinte, os órgãos já tinham se unido e apresentado um papéli con­trariando a decisão dos parla­mentares que tinham acabado de aprovar o aumento na pri­meira votação.

E o assunto esquentou. Vieram os outdoors pela city e começou o duelo entre as entidades e os partidos políti­cos. Até que, num plá na as­sociação Empresarial de Itajaí (ACII), uns vereadores deixa­ram a entender que a câmara gastava demais por causa da má gestão. E o presidente do legislativo, Luiz Carlos Pisset­ti (DEM), se sentiu ofendido. E no dia 5 de agosto, às vés­peras da segunda votação do projeto que criava mais nove cadeiras na casa do povo, Pissetti surpreendeu a todos: num mesmo ato ele renunciou à presidência por 30 dias, sem remuneração, e abriu uma CPI contra ele mesmo.

Níkolas Reis (PT), um dos defensores do aumento de vagas, assumiu o comando da câmara. E o clima ferveu pelos corredores da casa do povo peixeira. Por fim, Pisset­ti voltou. Antes disso, já tinha sido garantida a aprovação da “lei dos 21”.

Continua depois da publicidade



A casa caiu

08/07

Continua depois da publicidade



A polícia Federal (PF) deflagrou a operação “El Niño”, em Barra Velha. E um bando de otoridades foi escorraçado da prefa e da câmara: o prefeito Samir Mattar (PMDB), o presidente do legislativo, Valdir Tavares (DEM), o presidente da defesa Civil Marcelo Douglas Metelski, o abobrão do Planeja­mento e de Assunstos Jurídicos, Eurides dos Santos (PSDB), e o irmão dele, vereador Eurico dos Santos (PSDB). O vice-prefeito Claudemir Mathias Francis­co (PSB) assumiu o comando da prefa.

Demorou, mas saiu

21/07

Depois de sete meses, enfim o governador Raimundo Colombo (PSD) anunciou o nome da segun­da otoridade na escala hierárquica da secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Itajaí. A ex-vi­ce-prefeita Eliane Rebello (PMDB) foi escolhida pra se juntar ao abo­brão Fabrício de Oliveira (PSDB).

Bateu o martelo

27/07

A dona justa condenou o presidente da câmara de Itapema, Giliard Reis (PMDB), e o ex-prefeito Clóvis José da Rocha (DEM) por improbidade administrativa. A pena dos dois foi a suspensão dos direitos políticos e pagamento de multa. Junto veio a determinação: Giliard deve cair fora da casa do povo. Só meses depois o presidente da câmara conseguiu reverter o jogo e voltar pro posto.

Resolveram se mexer

29/07

As entidades peixeiras que se posicio­naram contra o aumento do número de vereadores espalharam outdoors pela city peixeira. Quando rolou a manifestação, o projeto que previa a criação de mais nove vagas na câmara já tinha sido aprovado na primeira votação.

Que coisa feia!

03/08

O rolo na prefa de Itapema começou uma semana depois que o PP da city anunciou a saída da base governista. Eles sabiam que o prefeito Sabino Bussanello (PT) iria dar um pé na bunda dos car­gos comissionados indicados pelos pro­gressistas, mas não imaginavam que ele fosse além. A vice-prefeita Maria Luci da Silva (PP) voltou de férias e não conseguiu entrar no próprio gabinete. Trocaram a chave da sala e demitiram a assessora dela.

Não adiantou gritar

10/08

Mesmo com todo o berreiro, os vereadores aprovaram o aumento do número de vagas na câmara de Itajaí. A partir de 2013, a casa do povo passa de 12 pra 21 cadeiras. Luiz Carlos Pissetti (DEM) estava de licença; Elói Camilo da Costa (PMDB) e Laudelino Lamin (PMDB) votaram contra o aumento. Os outros parla­mentares disseram “sim” aos 21.

À la Collor

13/08

Apesar de Samir Mattar (PMDB) es­tar afastado da prefa por causa da ope­ração da polícia Federal, os vereadores da Barra Velha deram sequência ao processo de impeachment. E viraram a madruga fazendo a sessão de julga­mento, que confirmou a cassação do prefeito afastado.

Turma do Brizola

31/08

Depois de muito namorico e pro­postas, enfim o PDT de Itajaí anunciou a aliança com a base governista. E Mar­celo Sodré (PDT) entrou pra tchurma do prefeito Jandir Bellini (PP). Um mês depois, rolou a posse dos abobrões indicados pelos bri­zolistas peixeiros e, no mesmo dia, outra aliança inesperada: o PDT de Balneário Camboriú se jun­tou ao prefeito Edson Periquito (PMDB).

Não aumentaram

06/09

Navegantes não entrou na onda. Enquanto as outras citys da região esta­vam aprovando o aumento do numero de vereadores, os dengo-dengos votaram pela manutenção das 10 cadeiras. E no fim do mês a casa do povo da Penha também disse “não” ao aumento.

Tá na frente!

15/09

Na corrida pelo comando da prefa de Navegantes, Roberto Carlos de Souza (PSDB) disparou na frente da concorrência. Pelos índices apontados pelo instituto de Pes­quisas Sociais (IPS) da Univali, se a eleição fosse em setembro, o prefeito seria reeleito com folga. Na pesquisa estimulada em que Bob Carlos concorre, no mano a mano, com o principal adversário político, Deba Cabral (PMDB), ele tinha 23,31% de vantagem.

Muitos indecisos

23/09

Os números mostraram que a briga pela prefa de Camboriú vai ser mesmo entre Luzia Coppi Mathias (PSDB), que tenta a reeleição, e Edson Olegário, o Edinho (PDT), que luta pra voltar pro posto. No en­tanto, de acordo com dados do instituto de Pesquisas Sociais (IPS) da Univali, os indecisos estão na frente, disparados, na corrida eleitoral. Na mesma pesquisa espontânea, Luzia aparece em segundo e o ex-prefei­to em terceiro. Os outros nove nomes citados pelos entrevistados nem chegaram a 1%.

Caso Trocadeiro

26/09

A reportagem do DIARINHO investigou a transação de uma área que deveria ter abri­gado a construção de bem público e acabou nas mãos do interesse privado. Hoje o imóvel abriga o Trocadeiro – porto que tem entre os sócios as famílias Dalçóquio e Bellini, e aliados políticos. Em 1998, o prefeito Jandir Bellini (PP) assinou o decreto de desapropriação do terreno da Shell, no bairro Cordeiros; em 2001, suspendeu o documen­to; em 2010, a Bellini Participações assina a socie­dade com o Trocadeiro. Mais tarde, a denúncia foi apresentada à promotoria de Moralidade Adminis­trativa, que entendeu quese houvesse crimes já tinham caducado.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.215.77.12

TV DIARINHO


Dia 8 da Expedição Pedalando. Vamos acompanhar como foi a pedalada dos cinco aventureiros da região ...



Podcast

Novos tempos, novos termos

Publicado 14/05/2022 19:36



Especiais

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC

Praia Brava

Via polêmica atrás da Lagoa do Cassino está em pauta



Blogs

A bordo do esporte

Ventos ganham força e Copa Brasil de Vela de Praia chega à reta final

Blog do Ton

Sócias de Brusque inauguram franquia da Hausz na cidade

Blog Doutor Multas

Como funcionam os bônus de apostas esportivas?

Blog do JC

Ademar Henrique Borges, o Ademarzinho será o novo secretário executivo da Amfri

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯