Matérias | Política


Itajaí

Abobrão recebe moção de apoio de entidades

Condenado em primeira instância, Pavoni será julgado pelo TJ e pode perder o cargo na secretaria de Planejamento

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]


Na manhã de ontem, Auri Pavoni, secretário de Planejamento de Balneário Camboriú, recebeu uma moção de apoio de várias entidades patronais da cidade. O documento foi formalizado durante a reunião do conselho da Cidade, que é presidido pelo próprio Pavoni, e assinado por várias associações e sindicatos patronais da Maravilha do Atlântico, entre elas o sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon), sindicato da Habitação (Secovi), associação Empresarial e Comercial de Balneário Camboriú e Camboriú (Acibalc), sindicato do Comércio Varejista, associação dos Corretores de Imóveis, câmara dos Dirigentes Lojistas, sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares e o próprio conselho da Cidade de Balneário.


No final da reunião do Conselho, que rolou na quinta-feira à noite, Auri teve que se retirar pra que a tchurma pudesse deliberar a respeito da moção de apoio. O documento afirma que o abobrão é ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


No final da reunião do Conselho, que rolou na quinta-feira à noite, Auri teve que se retirar pra que a tchurma pudesse deliberar a respeito da moção de apoio. O documento afirma que o abobrão é um servidor público correto e com relevantes serviços prestados à comunidade. “Acreditamos na idoneidade do secretário e não acreditamos que ele use de seu cargo em benefício próprio. E nós repudiamos quem afirma o contrário”, resume Carlos Humberto Metzner Silva, que é presidente do Sinduscon, entidade que tem Pavoni como vice-presidente.



Silva conta que o documento apenas foi entregue nas mãos do secretário e não foi divulgado ou enviado pra nenhuma entidade. “Fizemos uma moção, entregamos na mão do secretário e fica a critério dele se ele quer ou não divulgar”, afirma o bagrão, que nega a informação de que o documento teria sido encaminhado para o tribunal de Justiça do Estado.

Acusado por utilizar 180 reales dos cofres públicos pra dar uma ajeitada em uma propriedade particular que possui na estrada da Rainha, Pavoni já foi condenado em primeira instância a pagar 10 salários como secretário (que hoje daria cerca de 80 mil reales). Mas o MP quer que, além da multa, o abobrão seja impedido de ocupar cargos públicos. O julgamento em segunda instância deve rolar nessa terça-feira e, se for condenado, Pavoni pode cair fora da prefa.


Guardando de lembrança

Pavoni, que nunca deixou de atender a imprensa - mesmo nos assuntos mais cabeludos - diz que tá faceiro com o agrado e a confiança das entidades. O secretário conta que ficou surpreso com a manifestação de apoio e considera um reconhecimento ao seu trabalho. “É um documento que vou guardar. Nunca achei que fiz nada que possa me incriminar. Posso ter errado em procedimentos administrativos, mas sempre me baseei na transparência e nunca fugi das minhas responsabilidades”, afirma.


Auri diz que cabe à dona justa definir o seu destino. “Eu me dediquei ao máximo e tenho certeza que contribui com a cidade. Mas cabe a mim acatar a decisão da justiça”, discursa.

Tribunal de Justiça

A assessoria de imprensa do TJ informou ao DIARINHO que existem sete processos tramitando na dona justa contra Pavoni, todos relacionados a supostas irregularidades cometidas como gestor público. Ainda segundo a assessoria, o recolhimento de assinaturas ou qualquer papéli do gênero é apenas uma manifestação política de apoio, não tendo qualquer valor jurídico e absolutamente nenhum peso no julgamento que rola na próxima terça-feira.

A assessoria do gabinete do desembargador Luiz César Medeiros, relator de uma das ações, disse que até a tarde de ontem desconhecia a moção.

Representante do Sisembc


Moacir Schimidt Junior, representante do sindicato dos barnabés da Maravilha junto ao conselho da Cidade, considera justo o apoio para o abobrão mas afirma que não assinou em nome do sindicato. “Deixei bem claro na reunião de ontem [quinta-feira] que eu não posso votar pelo sindicato. Pra isso, eu teria que levar o assunto pra ser discutido com a diretoria do Sisembc”, sisplica. Para Moacir, o conselho discutiu democraticamente o apoio ao secretário e decidiu assinar o documento. “O conselho foi unânime quanto à conduta dele [Pavoni] como presidente, que sempre foi muito correta”, defende.

Até a tarde de ontem, o presidente do Sisembc, Valdir Lolli, não tava sabendo do assunto. “Sou bastante democrático e, caso fôssemos assinar um documento de apoio como esse, eu faria uma deliberação com a nossa diretoria”, ressalta.

O mandachuva do sindicato dos barnabés acha que se alguém deve alguma coisa tem que responder. “O que a gente sabe pela imprensa [sobre o Pavoni] é aquela situação da estrada da Rainha, mas é complicado dizer se tem culpa ou não tem culpa”, conclui.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






34.239.158.223

Últimas notícias

MUNDO

Queda de helicóptero mata presidente do Irã aos 63 anos

Realeza

Rei e Rainha da Marejadinha visitaram o DIARINHO

ITAJAÍ

Semasa pede economia de água por dificuldades de captação

Santa Catarina

Empresários promovem evento  sobre governança em Floripa

Série D

Barra perde para o Concórdia fora de casa

Receita controlada

Zolpidem vai virar tarja preta no Brasil

LABORATÓRIO

Ford disputará o Rali Dakar 2025

CHUVAS

Itajaí tem alagamentos em ruas do bairro Cordeiros

Chuvas

SC tem 24 cidades atingidas pelas chuvas

Vôlei

Brasil se despede do Rio de Janeiro invicto na Liga das Nações



Colunistas

JotaCê

Montibeller indeciso

Coluna Exitus na Política

Um passeio nas cavernas

Via Streaming

Amor do passado

Na Rede

Morte de produtor, garotinho com orgulho do pai na enchente e mais: confira os destaques do DIARINHO

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Jackie Rosa

Niver da Chris

Mundo Corporativo

A importância do equilíbrio da autoestima no mundo organizacional

Coluna Esplanada

Palácio x Lira

Gente & Notícia

Níver da Margot

Ideal Mente

Luto coletivo: navegando juntos nas ondas da perda

Show de Bola

Vitória da base

Direito na mão

Mulher entre 54 a 61 anos: como antecipar a aposentadoria?

Coluna do Ton

Chegando de Mendoza

Histórias que eu conto

Armação da infância II

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo

Coluna Fato&Comentário

Anuário de Itajaí - 100 anos da 1ª edição

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste



TV DIARINHO


Uma mulher foi arrastada pela correnteza do rio Itajaí-Açu em Rio do Sul. Ela se agarrou em um pedaço ...





Especiais

NA ESTRADA

BC oferece rolês gastronômicos, culturais, de compras e lazer

RIO GRANDE DO SUL

São Leopoldo: a cidade gaúcha onde quase todos perderam o lar

RIO GRANDE DO SUL

Governo Eduardo Leite não colocou em prática estudos contra desastres pagos pelo estado

Retratos da destruição

“Não temos mais lágrimas pra chorar”: A cidade gaúcha destruída pela 3ª vez por enchentes

MEIO AMBIENTE

Maioria de deputados gaúchos apoia projetos que podem agravar crise climática



Blogs

A bordo do esporte

Maratona fecha etapa de Ouro Branco da Estrada Real

Blog da Jackie

Tá na mão!!!

Blog do JC

Visita na choupana do Chiodini e Rebelinho

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)

João Paulo

"Essa turma que diz defender a família ajudou a destruir a boa convivência em muitas famílias. Na defesa de um modelo único, excludente"

Entrevistão Peeter Grando

“Balneário Camboriú não precisa de ruptura, mas de uma continuidade”

Juliana Pavan

"Ter o sobrenome Pavan traz uma responsabilidade muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação