Matérias | Política


Itajaí

Grupo quer independência da zona rural

Aprovação de projeto do Senado pode criar nova farra de emancipações; município de Itaipava teria 70% do território da city peixeira

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]


O projeto conhecido como o novo “trem-bala da alegria”, aprovado pelo Senado na semana passada e encaminhado para a presidenta Dilma Rousseff (PT) canetear, está mobilizando uma pá de gente na região da foz do rio Itajaí. Além da tchurma que quer emancipar o distrito de Monte Alegre da capital da pedra, agora tem um grupo de empresários e políticos tentando criar um novo município, do outro lado da BR-101, reunindo 12 localidades rurais de Itajaí para formar um município que a princípio se chamaria Itaipava, tranformando a city-peixeira numa Itajaí-mirim.


A ideia seria abocanhar a maior parte do município peixeiro, juntando as comunidades do Limoeiro, Brilhante 1 e 2, Estivador, Campeche, Laranjeiras, Arraial dos Cunhas, Paciência, Baía, Km 12, Itaipava ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


A ideia seria abocanhar a maior parte do município peixeiro, juntando as comunidades do Limoeiro, Brilhante 1 e 2, Estivador, Campeche, Laranjeiras, Arraial dos Cunhas, Paciência, Baía, Km 12, Itaipava e Canhanduba, o que corresponde a uma área de 70% do município de Itajaí. Para isso, uma comissão emancipatória está sendo oficializada, tendo como presidente o empresário Vendelino Raimondi e como vice-presidente o ex-vereador Nilson Germano, que é ligado ao partido Progressista, [o mesmo do prefeito itajaiense Jandir Bellini].



A comissão deu um bizu na tarde de ontem na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) pra dar um plá com o técnico legislativo e chefe de gabinete da liderança do PP, Rubem César Farah, com a finalidade de buscar “orientação” referente aos procedimentos necessários para conseguir a independência.

Farah diz que tem sido cauteloso, porque ainda tem que esperar a presidenta Dilma sancionar a lei, o que deve rolar nos próximos dias. “Há uma série de exigências, pareceres técnicos, área demográfica, arrecadação etc”, considera o dotô. No entanto, o carinha, que já acompanhou a emancipação de um punhado de municípios, diz que o povo já pode recolher as assinaturas.


Itaipava em números*:


Área territorial: cerca de 200 km²

Habitantes: 25 mil

Eleitores: 8 mil

Arrecadação/ano: 120 milhões de reales

Localidades: 12 [Limoeiro, Brilhante 1 e 2, Estivador, Campeche, Laranjeiras, Arraial dos Cunhas, Paciência, Baía, Km 12, Itaipava e Canhanduba]


* LEVANTAMENTO DA COMISSÃO EMANCIPATÓRIA

Comissão foi inspirada pelo distrito de Monte Alegre

O empresário Vendelino Raimondi, 55 anos, que é presidente da comissão emancipatória, conta que a ideia de separar o lado de lá da BR-101 foi inspirada no movimento do distrito do Monte Alegre, que está querendo se emancipar da capita da pedra. “Nós vimos o movimento deles no DIARINHO e acreditamos que podemos fazer o mesmo. Encontramos alguma resistência do pessoal com mais de 60 anos, proprietários de terra, mas os mais jovens estão apoiando a ideia”, diz Raimondi, que mora desde que nasceu no Arraial dos Cunhas. Ele é amigo de moradores do Monte Alegre, em Cambu [inclusive a vereadora Jane Stefenn (PSDB), que apoia a emancipação do Monte Alegre].

Pra tentar mobilizar o povão, a tchurma já formou uma comissão, que ainda não foi formalizada, integrada por 19 pessoas, representantes das 12 localidades que fariam parte da nova city. O grupo já fez três reuniões e agora pretende realizar uma grande assembleia com os moradores, nessa sexta-feira, às 20h30, na capela Arraial dos Cunhas, na beiradinha da estrada de Brusque, rodovia Antônio Heil, no quilômetro 11.


Apesar de ter um ex-vereador ligado ao PP na vice-presidência da comissão e de ter dado um plá com o chefe de gabinete da liderança dos progressistas na Alesc, Raimondi jura que o movimento não tem nada a ver com politicagem e que nenhum membro da comissão tem interesse em exercer cargos públicos se o novo município for criado um dia. “Nós não queremos misturar política, para fazer uma coisa sem vícios. O Nilson foi vereador, mas está há nove anos afastado da política. A nossa comissão, que é formada por empresários e líderes comunitários, quer que a qualidade de vida das pessoas que moram aqui seja melhor”, discursa o presidente da comissão que mora a 11 quilômetros do centro de Itajaí.

Como a lei especifica que a comissão emancipatória deve recolher assinatura de 20% dos eleitores do distrito, Raimondi espera conseguir apoio de, no mínimo, 1600 moradores/eleitores, pois segundo levantamento feito pela comissão, as 12 comunidades possuem cerca de oito mil votantes.

Além de Itaipava, outro nome sugerido pro novo município seria Brilhante, mas essa etapa só seria vista num segundo momento, depois do recolhimento das assinaturas, estudo de viabilidade e aprovação dos deputados estaduais para a realização de um plebiscito.

Tem gente cabreira com essa história

A ideia de criar um novo município com território corresponde a mais de 70% da city-peixeira, criando uma Itaipavona e uma Itajaizinha, não está agradando a todo o mundo não. Parte do povão que vive no entorno da estrada de Brusque não estava nem sabendo que essa história estava rolando. Ana Francisca Demarch, que é presidenta da associação de Moradores de Itaipava, só ouviu falar dessa história pelo diz que me disse. “Não fui convidada pra reunião nenhuma e acho muito estranho eles passarem por cima dos representantes das associações de moradores”, carca.

Ana Francisca acha que a emancipação só beneficia diretamente a tchurma que envolvida na comissão, pois teriam interesse político no divórcio do lado de lá da BR-101. “Eu acredito que os moradores não vão apoiar esse ideia, porque não estamos preparados, não temos estrutura. Eles fizeram um grupo, formaram essa comissão que só interessa a eles”, ressalta a líder comunitária.

Para o professor e cientista político Eduardo Guerini, o projeto de lei complementar do Senado [98/2002] que define as regras pra criação, incorporação, fusão e desmembramento de municípios não ganhou o apelido de “trem bala da alegria” por acaso. O sabichão considera que, na prática, os pequenos municípios sofrem com a incapacidade de gerar receitas próprias, ficando dependentes de repasses do governo federal e do Fundo de Participação dos Municípios. “É evidente que grupos manipulam a população, fazendo o povo acreditar que haverá algum tipo de melhoria na vida das pessoas. Hoje, se formos pensar em eficiência administrativa, muitos municípios deveriam voltar a ser anexados”, afirma Guerini.

Segundo o cientista político, o outro lado da BR-101 não conseguiria se manter apenas com a sua produção agrícola, prestação de serviços e empresas no setor de logística. “Enquanto se fala em desenvolvimento regional, buscando ações efetivas praa esse desenvolvimento, não podemos falar em criar mais municípios, gastando dinheiro com estrutura de câmara de vereadores, prefeitura, secretarias, fórum,” carca Guerini.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.239.95.36

Últimas notícias

SEGURANÇA 

SC ganha novos peritos criminais e médico-legais

BOMBINHAS

Mulher vira refém do namorado em pousada; pedido de ajuda foi pelo Whats

Balneário Camboriú

Comando Regional da PM tem novo comandante 

Paradesporto

Balneário Camboriú terá 74 paratletas no Parajasc

CULTURA 

Itajaí e BC entram no circuito de espetáculos nacionais de teatro 

Coisas da internet

Vídeo de megaprojeto de Elon Musk em Balneário Camboriú é totalmente fake

PENHA

Motociclista que caiu da moto morreu atropelado na variante

SAÚDE BUCAL

Itajaí terá mutirão pra atendimento odontológico gratuito; veja como participar

Solidariedade

Barra e fornecedora de água doam 30 mil litros para o Rio Grande do Sul

Esporte

Ouro de Itajaí: equipe de ginástica rítmica participa do Catarinense juvenil



Colunistas

Direito na mão

Aposentadoria para PCD: entendendo as regras e benefícios para quem tem redução de capacidade para o trabalho

JotaCê

Peeter faz visita ao JC

Show de Bola

Começou a Segundona

Coluna Esplanada

Pouco avanço

Coluna Exitus na Política

Viver de pedras, desejar esponjas

Na Rede

Acidente com ônibus escolares, expedição de surfistas para o RS e mais: se liga nos destaques do DIARINHO na internet 

Coluna do Ton

Vibes da Turquia

Mundo Corporativo

Líderes espiritualizados em tempos difíceis ainda é possível?

Histórias que eu conto

Armação da infância 3

Coluna Fato&Comentário

Associativismo comunitário em Itajaí: o começo

Via Streaming

Tudo pelo dinheiro

Ideal Mente

O desamparo da infidelidade

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Jackie Rosa

Niver da Chris

Gente & Notícia

Níver da Margot

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo



TV DIARINHO


Dois menores de 17 anos foram presos e acusados de furtos a comércios. A dupla é a principal suspeita ...





Especiais

DENÚNCIA

Vendedores denunciam serem forçados a vender cartão do Itaú em esquema milionário

NA ESTRADA

Pôr do sol de tirar o fôlego é atração o ano inteiro na praia de Armação

RIO GRANDE DO SUL

A história de luta de um quilombo que resiste às enchentes em Porto Alegre

DADOS INÉDITOS

Em meio ao lixo das chuvas no Rio Grande do Sul, catadores não conseguem trabalhar

NÚMEROS

No Brasil, 3 a cada 4 vivem em cidades com mais risco de desastres por chuvas



Blogs

Blog do JC

Pai Atanásio diz que governo ainda tem maioria

Blog da Jackie

Sasha Meneghel

A bordo do esporte

Mata o Velho, regata divertida de ILCA no YCSA

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Marisa Zanoni Fernandes

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)

João Paulo

"Essa turma que diz defender a família ajudou a destruir a boa convivência em muitas famílias. Na defesa de um modelo único, excludente"

Entrevistão Peeter Grando

“Balneário Camboriú não precisa de ruptura, mas de uma continuidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação