Matérias | Reclamações


Itajaí

Carinha comprou moto nova na Toni Center, mas cabrita só deu encheção de saco

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]


O técnico do trabalho Aristides Sibério da Paixão, 30 anos, resolveu botar a boca no trombone sobre um perrengue que enfrenta há pouco mais de um ano. Em outubro de 2012, ele comprou uma baita moto no valor de R$ 12,8 mil, parcelada em 36 vezes. Mas antes mesmo de Aristides quitar a segunda parcela, a cabrita apresentou problemas. A motona CB300 começou a morrer em movimento 40 dias depois da compra. Até hoje, ninguém conseguiu descobrir qual é o defeito da duas rodas e Aristides recorreu às pernas, buso e mototáxi para circular pela city peixeira. Enquanto isso, a moto está parada, e o cara continua desembolsando quase 400 pilas por mês.


Aristides passou por três sustos antes de decidir evitar ao máximo andar com a cabrita. “Três vezes, quase me acidentei. Numa delas me revoltei e fui até a delegacia abrir um boletim de Ocorrência ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Aristides passou por três sustos antes de decidir evitar ao máximo andar com a cabrita. “Três vezes, quase me acidentei. Numa delas me revoltei e fui até a delegacia abrir um boletim de Ocorrência”, conta. “E na Toni Center [onde comprou a CB], eles sempre me enrolam. Queriam que esperasse um ano, para perder a garantia”, carca. Na primeira vez que Aristides levou a moto à loja para falar sobre o problema, foi aconselhado a esperar chegar em mil quilômetros rodados para “amaciar” a moto.



Quando a quilometragem chegou à marcação indicada, o problema ainda existia, e o cara voltou à Toni Center. A moto ficou na loja para revisão, mas retornou depois de alguns dias ainda sem funcionar totalmente. Ao todo, Aristides fez oito reclamações oficiais na concessionária. O problema voltava de tempos em tempos, e a resposta da loja era sempre a mesma: o defeito não foi encontrado.

Empresa vai oferecer troca


No dia 29 de outubro, rolou audiência no Procon peixeiro. Aristides pediu uma moto nova e se prontificou até a pagar a diferença de preço caso o modelo fosse mais caro. Mesmo assim, não teve resposta. “O Procon deu 10 dias pra resolver. Me chamaram na Toni Center e avaliaram minha moto em 8 mil. Mas é muito pouco, isso é absurdo”. O Procon deu dez dias para a loja tomar uma providência, e o prazo termina hoje. De acordo com Marcos Sérgio Dalçoquio, gerente de pós-venda, a Toni Center já tem uma proposta para o cara. O mandachuva, porém, não deu detalhes. Só adiantou que vai envolver uma troca, e garantiu que a ideia é tentar fazer um acordo que beneficie o cliente.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.239.95.36

Últimas notícias

PROMOÇÃO 

Últimos dias do sorteio de prêmios do mês das mães na Viacredi

Carregador garantido

GWM oferece carregador grátis para Linha Haval H6

Retomada

Grêmio volta a jogar pela Libertadores nesta quarta

ITAPEMA

SUV clonado é apreendido com crianças pequenas na BR 101

NAS TELONAS

Harry Potter volta a ser exibido no cinema de Itajaí e BC

54 ANOS DE CARREIRA

Chitãozinho e Xororó anunciam nova turnê nacional e passam por Balneário Camboriú

SEGURANÇA 

SC ganha novos peritos criminais e médico-legais

BOMBINHAS

Mulher vira refém do namorado em pousada; pedido de ajuda foi pelo Whats

Balneário Camboriú

Comando Regional da PM tem novo comandante 

Paradesporto

Balneário Camboriú terá 74 paratletas no Parajasc



Colunistas

Direito na mão

Aposentadoria para PCD: entendendo as regras e benefícios para quem tem redução de capacidade para o trabalho

JotaCê

Peeter faz visita ao JC

Show de Bola

Começou a Segundona

Coluna Esplanada

Pouco avanço

Coluna Exitus na Política

Viver de pedras, desejar esponjas

Na Rede

Acidente com ônibus escolares, expedição de surfistas para o RS e mais: se liga nos destaques do DIARINHO na internet 

Coluna do Ton

Vibes da Turquia

Mundo Corporativo

Líderes espiritualizados em tempos difíceis ainda é possível?

Histórias que eu conto

Armação da infância 3

Coluna Fato&Comentário

Associativismo comunitário em Itajaí: o começo

Via Streaming

Tudo pelo dinheiro

Ideal Mente

O desamparo da infidelidade

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Jackie Rosa

Niver da Chris

Gente & Notícia

Níver da Margot

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo



TV DIARINHO


O vídeo é impressionante, mas é falso. Não existe megaprojeto de prédio de 1200 metros de altura para ...



Podcast

Vídeo de megaprojeto de Elon Musk pra BC é falso

Publicado 28/05/2024 16:13



Especiais

DENÚNCIA

Vendedores denunciam serem forçados a vender cartão do Itaú em esquema milionário

NA ESTRADA

Pôr do sol de tirar o fôlego é atração o ano inteiro na praia de Armação

RIO GRANDE DO SUL

A história de luta de um quilombo que resiste às enchentes em Porto Alegre

DADOS INÉDITOS

Em meio ao lixo das chuvas no Rio Grande do Sul, catadores não conseguem trabalhar

NÚMEROS

No Brasil, 3 a cada 4 vivem em cidades com mais risco de desastres por chuvas



Blogs

Blog do JC

Pai Atanásio diz que governo ainda tem maioria

Blog da Jackie

Sasha Meneghel

A bordo do esporte

Mata o Velho, regata divertida de ILCA no YCSA

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Marisa Zanoni Fernandes

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)

João Paulo

"Essa turma que diz defender a família ajudou a destruir a boa convivência em muitas famílias. Na defesa de um modelo único, excludente"

Entrevistão Peeter Grando

“Balneário Camboriú não precisa de ruptura, mas de uma continuidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação