Matérias | Geral


Itajaí

Milheiros de Cabeçudas voltam a trampar

Sem poder ficar na calçada ou na areia, comerciantes improvisam pra ganhar o pão de cada dia

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]


Medo, angústia e ansiedade. Esse misto de sensações faz parte da rotina de Rosângela Hilda Pereira, 45, e do marido dela, Milton Carlos de Andrade, 48. Proprietários de um dos quiosques da praia de Cabeçudas, em Itajaí, que foram demolidos pela prefa em agosto para a revitalização da calçada, eles voltaram a trabalhar, agora na condição de ambulantes. Mas a situação piorou. e o casal não sabe o que vai ser da temporada. “A gente vive disso, não tem outra renda”, admite Rosângela.


Desde que a prefa liberou um alvará temporário, válido até março para comercialização de milho e churros na orla, os dois vendedores voltaram a trampar em Cabeçudas. Milton e Rosângela chegaram ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Desde que a prefa liberou um alvará temporário, válido até março para comercialização de milho e churros na orla, os dois vendedores voltaram a trampar em Cabeçudas. Milton e Rosângela chegaram bem cedo ontem de manhã. Mais do que um capricho profissional, essa pontualidade garante a sobrevivência do negócio. “Se a gente chegar muito tarde, não encontra espaço no estacionamento”, revela.



O alvará liberado pela secretaria de Urbanismo proíbe o trampo na areia e na calçada. Qualquer outro ponto pode ser ocupado. “A gente optou pelo estacionamento, que é mais próximo de onde a gente trabalhava. Mas é muito difícil”, conta.

Desde 1º de outubro, quando o casal voltou a trabalhar em Cabeçudas, a família inteira, incluindo a filha Ariana Pereira de Andrade, 26, ajuda a tirar o carrinho de churros da picape. “Quando dá 20h, 20h30, a gente tem que colocar de novo no carro. Imagina isso todos os dias”, lamenta Milton. Ele sugere que a prefa deixe os ambulantes tramparem na areia. “Poderiam colocar um tablado e deixar a gente trabalhar em cima”, palpita.


Ariana morre de pena dos pais. “Me corta o coração ver a mãe trabalhar assim, debaixo de Sol. Cada vez que chove é uma loucura. A gente não sabe o que faz, nem o que pensa”, desabafa.

João Passos Alves, o João do Milho, 65, trabalha há 34 anos em Cabeçudas. Ele voltou a trampar há cerca de 30 dias, depois de dois meses parado. “O prefeito ligou me chamando de volta. Eu não tenho outra renda. A gente vive há mais de 30 anos só disso”, afirma.


Seu João minimiza o incômodo, ao instalar o carrinho de milho e churros sobre um caminhãozinho. Mas as condições de higiene, a falta de água e a desconfiança da clientela o acompanham desde o retorno. “Caiu o movimento em, pelo menos, um terço. Eu já falei pro prefeito fazer um piso sobre a calçada pra que a gente possa colocar o carrinho”, conta.

O auditor fiscal Marcelo Fóes, da secretaria de Urbanismo de Itajaí, deu um bizu na situação ontem à tarde. Ele confirma que os dois ambulantes têm alvará para trampar até março de 2014, quando termina a temporada. “Até o fim do verão, eles vão ter que ficar por aqui mesmo, pois não há outro lugar”, afirma.

Marcelo diz que não há possibilidade de os ambulantes se instalarem na areia da praia, muito menos na calçada. “Pra ocupar a areia, eles deveriam ter a permissão da secretaria de Patrimônio da União”, justifica.

Apesar dos perrengues listados pelos ambulantes, Marcelo diz que o grande problema é com a higiene. “Eles usam um balde pra lavar as coisas. Há uma dificuldade com as condições de higiene”, admite. O auditor carca que ninguém da vigilância Sanitária bateu o olho no local desde o retorno dos comerciantes.

O DIARINHO tentou contato com Luis Antonio Espinosa, diretor de vigilância Sanitária de Itajaí, mas o bagrão estava em uma reunião ontem à tarde e não pôde atender a reportagem.


Prefa enxotou 11 carrinhos

Os quiosques de Rosângela e João do Milho foram dois dos 11 pontos comerciais escorraçados da praia de Cabeçudas em agosto. No local, estão sendo tocadas as obras de revitalização da calçada. A justificativa da prefa é que os carrinhos construídos ao longo dos 700 metros da faixa de areia atrapalhariam o andamento da reforma.

O pessoal ficou chupando dedo entre agosto e outubro, até que o pessoal conseguiu um alvará temporário para voltar a trampar. Segundo Paulo Praun Cunha Neto, secretário de Urbanismo, quando a obra terminar, uma licitação será aberta para a contratação de vendedores. Trocando em miúdos, nem seu João nem dona Rosângela têm a garantia de que irão voltar a trampar. “A questão sobre eles poderem ou não voltar a trabalhar ainda vai ser resolvida pela procuradoria geral do município”, explica.

As obras de revitalização da praia de Cabeçudas não têm prazo definido para terminar.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Clique aqui para fazer o seu cadastro.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Entre em contato com a redação ❯
WhatsAPP DIARINHO

Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






34.239.176.54

Últimas notícias

Nilson Probst denuncia à polícia ameaça de secretário de Segurança

Clima quente em BC 

Nilson Probst denuncia à polícia ameaça de secretário de Segurança

Roberto Carlos volta à Santa Catarina em julho 

ELE VEM 

Roberto Carlos volta à Santa Catarina em julho 

Tele-entrega: Trio de mulheres é preso com quase 25 kg de skunk e haxixe  

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Tele-entrega: Trio de mulheres é preso com quase 25 kg de skunk e haxixe  

Atriz Ilva Niño morre aos 89 anos 

LUTO NA TV

Atriz Ilva Niño morre aos 89 anos 

Festa dos Amigos e Cãominhada mudam de data em BC

ANIVERSÁRIO de BC

Festa dos Amigos e Cãominhada mudam de data em BC

Trabalhadores ficam presos em andaime no último andar de prédio

ITAPEMA 

Trabalhadores ficam presos em andaime no último andar de prédio

Sessão suspensa na Câmara terminou com três vereadores na delegacia

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Sessão suspensa na Câmara terminou com três vereadores na delegacia

Casal de motociclistas morre em acidente na Jorge Lacerda; rodovia está com filas 

ILHOTA

Casal de motociclistas morre em acidente na Jorge Lacerda; rodovia está com filas 

Dazaranha abre hoje o festival da cerveja

Beerfest de itajaí

Dazaranha abre hoje o festival da cerveja

Sessão da câmara que discutia plano diretor é encerrada por "baderna"

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Sessão da câmara que discutia plano diretor é encerrada por "baderna"



Colunistas

Coluna Esplanada

Sucessão

Ideal Mente

Você tem fome de quê?

Anna vai apoiar chapa pura do PL

JotaCê

Anna vai apoiar chapa pura do PL

“Jogos Vorazes: A Cantiga dos Pássaros e da Serpente”

Via Streaming

“Jogos Vorazes: A Cantiga dos Pássaros e da Serpente”

Como o tempo de trabalho rural pode beneficiar sua aposentadoria

Direito na mão

Como o tempo de trabalho rural pode beneficiar sua aposentadoria

O busão voltou

Show de Bola

O busão voltou

Explosão na oficina de motos, catarinense no leilão do Neymar e mais: o que bombou nas redes do DIARINHO

Na Rede

Explosão na oficina de motos, catarinense no leilão do Neymar e mais: o que bombou nas redes do DIARINHO

Niver da Candice

Coluna do Ton

Niver da Candice

Cansado das mesmas coisas na empresa, é hora de mudar?

Mundo Corporativo

Cansado das mesmas coisas na empresa, é hora de mudar?

Colégio Catarinense 4

Histórias que eu conto

Colégio Catarinense 4

Debt Capital Market (DCM): como levantar capital para sua empresa via emissão de dívida

Diário do Investidor

Debt Capital Market (DCM): como levantar capital para sua empresa via emissão de dívida

Coluna Exitus na Política

O CHARME DA POLÍTICA: IGUALDADE E LIBERDADE [1]

Felizes para sempre

Jackie Rosa

Felizes para sempre

Associativismo comunitário em Itajaí: o começo

Coluna Fato&Comentário

Associativismo comunitário em Itajaí: o começo

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Níver da Margot

Gente & Notícia

Níver da Margot

“O mar, quando quebra na praia”

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo



TV DIARINHO


Sob os gritos de "covarde" e com a presença da Polícia Militar, o vereador David LaBarrica (PRD), presidente ...



Podcast

Nevoeiro transforma o céu da região

Nevoeiro transforma o céu da região

Publicado 11/06/2024 19:27



Especiais

“Faltou escala para mostrar as chuvas no mapa”, diz chefe do Inmet em Porto Alegre

RIO GRANDE DO SUL

“Faltou escala para mostrar as chuvas no mapa”, diz chefe do Inmet em Porto Alegre

JBS e FriGol teriam comprado gado ilegal criado na terra indígena Apyterewa

ONG DENUNCIA

JBS e FriGol teriam comprado gado ilegal criado na terra indígena Apyterewa

Passeio verde, arte e vida urbana: mergulho em São Paulo

NA ESTRADA

Passeio verde, arte e vida urbana: mergulho em São Paulo

No Rio Grande do Sul, indígenas temem deixar suas casas pela inundação e perder território

TRAGÉDIA

No Rio Grande do Sul, indígenas temem deixar suas casas pela inundação e perder território

Escolas cívico-militares avançam nos estados

Sem apoio federal

Escolas cívico-militares avançam nos estados



Blogs

David, faz B.O contra Juliana Pavan

Blog do JC

David, faz B.O contra Juliana Pavan

J70 do Brasil ganha Campeonato Mundial Corinthian

A bordo do esporte

J70 do Brasil ganha Campeonato Mundial Corinthian

Qual a mais bonita?

Blog da Jackie

Qual a mais bonita?

A pílula da felicidade

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

“Este muro imaginário de [BC] rica e [Camboriú] pobre que tem que acabar”

LEONEL PAVAN

“Este muro imaginário de [BC] rica e [Camboriú] pobre que tem que acabar”

"No momento que eu implanto o pronto-socorro dentro de uma das alas do Ruth, eu resolvo atender o ser humano e não comprovante de residência e título de eleitor”

Edson Piriquito

"No momento que eu implanto o pronto-socorro dentro de uma das alas do Ruth, eu resolvo atender o ser humano e não comprovante de residência e título de eleitor”

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”

Marisa Zanoni Fernandes

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem”  (Vilfredo)

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)



Hoje nas bancas

Capa de hoje
Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação