Matérias | Polícia


Itajaí

Perícia confirma que o tiro que matou dono da Embraed foi à queima-roupa

Tá marcado para amanhã o anúncio oficial da nova diretoria do grupo que era comandado pelo empresário Rogério Rosa

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A perita Lúcia Beduschi, coordenadora do Instituto Geral de Perícia (IGP) de Balneário Camboriú, revelou ontem que o tiro que atingiu o peito do empresário Rogério Rosa, 60 anos, no domingo de manhã, foi à queima-roupa. A informação reforça a tese da principal linha de investigação da polícia para explicar a morte do dono da construtora Embraed: um suicídio. Isto porque um tiro à queima-roupa mostra que ele não teria fugido ou mesmo reagido a um possível ataque do assassino.

Além do funcionário de plantão do IGP da Maravilha do Atlântico, outro perito criminal e um auxiliar técnico de Florianópolis vieram dar apoio no trampo de apurar vestígios sobre o que aconteceu na cobertura do empresário. De acordo com Lúcia, a equipe manezinha veio dar o reforço porque o caso seria de grande repercussão, já que Rogério Rosa era considerado um dos homens mais ricos da região.

No closet da cobertura do prédio Bevely Hills, na avenida Atlântica, os peritos fizeram a análise completa do local. O cenário da morte, comenta a chefona dos peritos, foi alterado devido à tentativa ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Além do funcionário de plantão do IGP da Maravilha do Atlântico, outro perito criminal e um auxiliar técnico de Florianópolis vieram dar apoio no trampo de apurar vestígios sobre o que aconteceu na cobertura do empresário. De acordo com Lúcia, a equipe manezinha veio dar o reforço porque o caso seria de grande repercussão, já que Rogério Rosa era considerado um dos homens mais ricos da região.

No closet da cobertura do prédio Bevely Hills, na avenida Atlântica, os peritos fizeram a análise completa do local. O cenário da morte, comenta a chefona dos peritos, foi alterado devido à tentativa dos bombeiros de salvar a vida do empresário. A arma – um trezoitão - e a bala que atravessou o peito de Rogério Rosa também foram recolhidas e continuam sendo estudadas.



Lúcia diz que, além de analisar cada detalhe do cômodo onde Rogério foi encontrado, os médicos legistas ainda fizeram uma série de análises no corpo do dono da Embraed. Foi coletado sangue, urina, mucosa do estômago e material que fica embaixo da unha. “Pra ver se existe possibilidade de haver algum componente tóxico no corpo”, explica a perita. Além disso, foi feito o exame residuográfico, que mostra se há algum resquício de pólvora nas mãos e nos dedos do empresário.

Também foram feitas análises de resíduos no corpo da única pessoa que estava no apartamento na hora do tiro: a jovem Ana Cristina Araújo, 20, que se apresentou à polícia como namorada de Rogério. A moça também foi submetida a um exame de lesão corporal no IML, para ver se tinha alguma lesão ou possível marca de agressão.

Os resultados de todas as análises só devem ficar prontos daqui a um mês. “As coletas são na hora, mas depende do uso de reagentes, de processamento de laboratório pra dar o resultado, o que leva, em média, 30 dias, que é o prazo do inquérito policial”, diz a chefona do IGP.


Vídeos ainda não foram analisados

Até ontem, conta ainda perita, a polícia Civil não havia pedido as análises das imagens das câmeras de monitoramento do edifício Beverly Hills. Ela ressalta que a perícia é necessária para que os vídeos possam servir como provas no inquérito policial. “As imagens só vão ter valor depois que forem transformadas num laudo de perícia. Isto exige a intervenção e a análise de um perito criminal. Só as imagens anexadas ao inquérito não têm força probatória”, observa.

 

Cobertura está fechada desde domingo

Desde domingo, quando Rogério Rosa, um dos homens mais ricos de Balneário Camboriú, foi encontrado morto no closet do seu apartamento, ninguém mais entrou ou saiu da cobertura do Bevely Hills. Até ontem, o luxuoso edifício que fica na esquina da avenida Atlântica com a rua 4400, na Barra Sul, continuava fechado, informou um funcionário do prédio.


Na segunda-feira desta semana, o delegado Osnei Valdir de Oliveira, chefão da divisão de Investigação Criminal (DIC), responsável pelo caso, informou que o apartamento estaria liberado, porque todas as perícias já foram feitas. Mesmo assim, nenhum familiar pintou no local macabro até o meio-dia de ontem, revelou o funcionário.

O trabalhador confirmou que só existem câmeras de segurança na parte externa do apartamento e são os porteiros que têm acesso aos monitores. “As imagens ficam gravadas por 15 dias.Depois, são apagadas automaticamente”, disse. “Não existe câmera dentro do apartamento. Lá está tudo lacrado, ninguém vê”, afirmou o funcionário.

Pelo que contou ainda o trabalhador, Rogério não faltava à malhação diária na academia que havia no Beverly Hills. Estava sempre por lá por volta das 8h30 da matina, de segunda a sexta-feira.

Tiras vão fuçar a vida do empresário


Tentando resolver o caso sem deixar lacunas abertas, a polícia já começou a tomar o depoimento de familiares e funcionários da Embraed. O objetivo é escarafunchar a vida do empresário Rogério Rosa para ver se ele estava com algum grave problema pessoal.

Quem será ouvido, o delegado Osnei Valdir, da divisão de Investigação Criminal (DIC), prefere não revelar. Mas o dotô diz que será gente bem próxima de Rogério. “Tudo está levando ao suicídio, mas pra afirmar com certeza, só depois que recebermos o laudo da perícia”, destaca o policial.

Sobre a revelação de que o tiro que matou Rogério Rosa ter sido à queima-roupa, o delegado afirma que não tem qualquer informação sobre isso e que nada lhe foi repassado.

O dotô Osnei espera ter os laudos do IGP em mãos entre 10 e 30 dias e garante que os peritos não lhe passaram nenhum laudo preliminar. “Se foi um tiro à queima-roupa, reforça ainda mais a tese de suicídio”, especula, fazendo questão de repetir que não recebeu nenhuma informação sobre isso.

Fez fortuna do nada

Rogério Rosa, que era filho de pescador e de uma dona de banca de peixe e já vendeu até cachorro-quente, fez fortuna construindo prédios de luxo entre Itajaí e Balneário Camboriú. Às 8h da manhã do domingo passado, foi encontrado com um tiro no coração. Na página 20 desta edição você lê matéria sobre a sucessão na construtora Embraed.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.200.27.215

Últimas notícias

Nova C&A

5 dicas pra renovar o guarda-roupa com peças a partir de R$ 89,90

Série B

Após reformulação no elenco, Chapecoense recebe o Ituano na estreia da Série B

Superliga masculina

Joinville Vôlei vence o Bauru no tie-break e força terceiro jogo da semifinal

Barra Velha 

Menina de oito anos é perfurada por agulha usada no PA

Catarinense

Camboriú tem dois zagueiros confirmados para a segundona

NA ESTRADA

Melhor hotel do mundo fica em Gramado e vai abrir, também, em Balneário Camboriú

Dengue

Vacinação chega a pessoas de até 59 anos

RElâmpago italiano

Maserati revela primeiro carro elétrico conversível de luxo

AEGEA

Colaboradores das empresas Aegea de SC assumem compromisso de reduzir acidentes de trabalho

Brasileiro

Avaí visita o Operário-PR na estreia da Série B



Colunistas

JotaCê

Osmar Teixeira com chefões do PSD

Coluna Esplanada

Senhor dos cargos

Gente & Notícia

Dudinha em Londres

Ideal Mente

E quem cuida de quem cuida?

Direito na mão

Trabalho sem carteira assinada conta para aposentadoria?

Show de Bola

Empréstimos feitos

Via Streaming

Visões de uma guerra de interesses

Na Rede

Agroboy mais gato dos EUA, última casinha de BC e romance no ar: confira os destaques das redes do DIARINHO

Histórias que eu conto

Armação da infância I

Coluna do Ton

Parabéns Ale

Mundo Corporativo

Dicas para líderes desorientados e equipes perdidas

Foto do Dia

Pintura ensolarada

Coluna Exitus na Política

Janelas fechadas

Jackie Rosa

Simplesmente Gisele

Coluna Fato&Comentário

Coleção bicentenário: a construção da Matriz

Coluna Existir e Resistir

Bloquinho do Sebastião Lucas resgatando e revivendo os saudosos carnavais

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste

Artigos

Aniversário da praça dos Correios



TV DIARINHO


Um protesto nacional aconteceu nesta quinta-feira. Trabalhadores portuários cruzaram os braços por seis ...





Especiais

NA ESTRADA

Melhor hotel do mundo fica em Gramado e vai abrir, também, em Balneário Camboriú

NA ESTRADA COM O DIARINHO

6 lugares imperdíveis para comprinhas, comida boa e diversão em Miami

Elcio Kuhnen

"Camboriú vive uma nova realidade"

140 anos

Cinco curiosidades sobre Camboriú

CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 



Blogs

Blog do JC

Baixinho rebaixado

A bordo do esporte

CBVela investe na formação de treinadores de vela

Blog da Ale Francoise

Cuidado com os olhos

Blog da Jackie

Catarinense na capa da Vogue

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Ana Paula Lima

"O presidente Lula vem quando atracar o primeiro navio no porto”

Carlos Chiodini

"Independentemente de governo, de ideologia política, nós temos que colocar o porto para funcionar”

Osmar Teixeira

"A gestão está paralisada. O cenário de Itajaí é grave. Desde a paralisação do Porto até a folha sulfite que falta na unidade de ensino”

Omar Tomalih

“Balneário Camboriú hoje é o município que está com o maior controle, com o menor número de notificações de casos de dengue”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação