Matérias | Geral


Itajaí

Peãozada continua obra embargada do Brava Beach

Obras foram brecadas pela dona justa; empresa diz que conseguiu a suspensão da decisão, mas nem o MP nem tribunal confirmam

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Ninguém do empreendimento Brava Beach Eco Residence, na Praia Brava, em Itajaí, parece estar disposto a obedecer a dona justa. Apesar de o tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC) ter determinado a suspensão das obras no fim de outubro, peões da empresa continuam trampando no local. A cena foi registrada por uma equipe de reportagem do DIARINHO na manhã de ontem.

O condomínio é alvo de denúncias desde 2011, quando a promotora Darci Blatt, da Moralidade Administrativa, apontou uma série de irregularidades no empreendimento aprovado pela prefa peixeira. Baseado ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


O condomínio é alvo de denúncias desde 2011, quando a promotora Darci Blatt, da Moralidade Administrativa, apontou uma série de irregularidades no empreendimento aprovado pela prefa peixeira. Baseado nas denúncias, o Tribunal de Justiça concedeu liminar proibindo a empresa de construir novas torres. Não determinou, contudo, que as obras fossem paralisadas.

Insatisfeito com o canetaço, o promotor Luís Eduardo de Oliveira Souto entrou com recurso pedindo a paralisação completa dos trampos. A dona justa acatou o pedido e, no fim de outubro, ordenou que a peãozada não pregasse mais uma tábua no local, salvo em casos de emergência. “A construção só poderia continuar se as obras fossem consideradas emergenciais. Obras emergenciais são aquelas autorizadas pelo juiz de 1ª instância, neste caso, o doutor Carlos Roberto da Silva”, explica um assessor de comunicação do TJ, que preferiu não se identificar.



A assessoria de comunicação do TJ confirma que não foi intimada pelo Ministério Público (MP) a respeito da possível autorização do magistrado. “Quando o juiz concede uma autorização emergencial, obrigatoriamente o TJ é notificado”, garante o funcionário.

Ainda de acordo com o bagrinho, nenhuma nova decisão foi publicada depois que a dona justa deferiu o recurso do MP. “A empresa entrou com uma série de embargos alegando que a decisão não estava clara, que estava obscura”, explica.

O DIARINHO entrou em contato com o promotor Luís Eduardo de Oliveira Souto, ontem à tarde, e ele confirmou que apenas obras emergenciais estavam autorizadas no terreno do Brava Beach. “A decisão é clara quando diz que eles devem fazer apenas obras emergenciais”, disse o doutor, através da assessoria de imprensa do MP.


Advogado diz que obra é legal

Márcio Dornelles, advogado do Brava Beach, garante que a empresa não desobedeceu a dona justa. Ele explica que a construtora entrou com um recurso contra a decisão judicial e também com um pedido de efeito suspensivo. “Nós entendemos que houve contradições na decisão que proibiu a continuação das obras”, alega Dornelles, que tá tranquilo e não acredita em penalizações. “Enquanto o recurso não for julgado, o efeito suspensivo nos dá essa condição de continuar a obra”, acredita.

O juiz Carlos Roberto da Silva, encarregado do caso, foi procurado pelo DIARINHO ontem à noite, mas está de férias. A assessoria explicou que o juiz substituto, Leandro Rodoldo Paach, ainda não está a par do caso, por isso não poderia se manifestar.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






34.236.192.4

TV DIARINHO


Confira os destaques desta terça-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 09/08/2022

Publicado 09/08/2022 20:22



Especiais

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás

conexão

Networker aproxima Balneário Camboriú das celebridades

Sem medo do trabalho

Dona Terezinha toca uma confecção aos 84 anos



Blogs

Blog do JC

Desencantou

Blog do Ton

Blumenau ganhará o primeiro lounge bar em formato rooftop

A bordo do esporte

Seleção Brasileira de Vela faz sessão de treinos contra a Argentina

Blog Doutor Multas

Desentupidora de pia em Moema: chegada rápida, orçamento sem compromisso e garantia no desentupimento

Blog da Ale Francoise

Inclua inhame no seu dia!

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”

Willian Cardoso, o Panda

"Saquarema provavelmente vai ser meu último mundial, aí eu vou estar focado no brasileiro”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação